• Livro sobre Blogs Evangélicos

    O livro foi escrito por um grupo composto por blogueiros cristãos consagrados e reconhecidos no Brasil, trazendo reflexões valiosas a respeito da utilização dessa ferramenta para a divulgação e defesa do evangelho na internet

  • Selo #20milBlogs

    "A UBE agora tem mais de 20.000 blogs associados. Gloria a Deus! E como manda a nossa tradição rsrsrsr... Publicamos um Selo comemorativo! (Em duas cores)."

  • Aplicativo UBEblogs

    Instale agora este aplicativo

  • Rede UBE

    Afilie-se

  • Quem somos

    A UBE nasceu em 30 de agosto de 2007 com o selo dos três peixinhos. Era um sonho dos irmãos Valmir Nascimento Milomem, Altair Germano e Esdras Costa Bentho de congregar blogueiros evangélicos para publicar conteúdo cristão na internet . Até setembro de 2008 a administração e moderação da comunidade

  • Os selos clássicos do UBE Blogs

    Escolha um dos selos cuja cor mais combina com o layout do seu blog e mostre a todos os internautas que faz parte do movimento virtual de blogueiros cristãos que mais cresce na Blogosfera Brasileira.

  • Salmos 133:1

    "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união."

(A+) (A-)

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

A importância de planejar a vida e estabelecer metas

Posted by Wallace Sousa on quinta-feira, setembro 03, 2015 with No comments

A importância de planejar a vida e estabelecer metas


Este breve artigo é fruto da leitura do livro “A Tríade do Tempo“, de Christian Barbosa, que comecei a ler recentemente, não apenas porque é um assunto importante e atual como também é algo que preciso implementar em minha vida. E pode ser, também, seu caso, quem sabe.
Não faz muito tempo, nós vimos uma declaração muito infeliz da mandatária maior da nação, em que ela assim se expressou: “não vamos colocar uma meta…”. Essa frase foi motivo de chacota Brasil afora e até mesmo no exterior, colocando em dúvida a capacidade gerencial de nossa presidente. Agora, falando mais sobre nossa vida cotidiana, você sabe por que é importante fazer um planejamento em sua vida e estabelecer metas?
Ora, o principal motivo é que, sem metas, nós somos aqueles que saem de algum lugar para chegar em lugar algum, ou seja, colocam em prática aquela música que diz algo mais ou menos assim: “deixa a vida me levar… leva eu”. Mas, se você não é daqueles que querem se deixar levar pela vida, mas querem viver a vida de seus sonhos, então planejar é essencial.
E, para isso, você precisa estabelecer metas. E essas metas devem ser estabelecidas respeitando-se o seguinte. Elas devem ser:

Pessoais: as metas devem ser suas, não as de outra pessoa. Elas devem expressar o que você quer alcançar, atingir, ou seja, os alvos devem ser seus e não os dos outros.
Escritas: mais importante do que você ter uma meta é saber qual é ela e deixar registrada para saber se está agindo para alcançá-la. Uma meta não tem valor se não estiver registrada.
Possíveis: tenha cuidado ao estabelecer suas metas para não se deixar levar e colocar metas impossíveis ou inatingíveis (e ainda querer dobrá-las depois… risos). As metas devem ser factíveis, se não elas podem desestimular em vez de motivar.
Importantes: as metas também devem ser importantes, caso contrário você não vai lhes dar o valor adequado e nem se esforçar por atingi-las. Assim como tudo na vida, as metas também devem ter um valor em si mesmas para não caírem no ostracismo.
E então, gostou deste artigo? Avalie, compartilhe e deixe um comentário! Espero que ele lhe tenha sido útil.
Que Deus nos abençoe e até à próxima!


www.ubeblogs.net

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

CORAÇÕES VAZIOS E RESSECADOS

Posted by Izaldil Tavares de Castro on segunda-feira, agosto 31, 2015 with 2 comments
CORAÇÕES VAZIOS E RESSECADOS


Olhos atentos, os poucos que não estão alienados, percebem a avalanche de infelicidade que despenca sobre as almas expostas às câmeras das televisões - esses insaciáveis abutres eletrônicos. A população brasileira, mormente a urbana, afunda numa vida inócua, enquanto se agarra aos inúmeros "shows", nas disputas de sambas carnavalescos, no assustador uso das drogas (licitas ou ilícitas), fica apática diante da criminalidade geradora da morte ininterrupta. O que falta a toda essa massa humana informe? Tudo!

Quando o homem exclui Deus da sua vida, quando não admite a direção divina em suas decisões, quando não tem, durante o dia, um momento sequer para reconhecer-se pecador carente da misericórdia divina, quando não levanta o olhar aos céus, reconhecendo a onipotência de Deus, passa "alimentar-se" da comida venenosa que este mundo maligno oferece, decai na dignidade: passa a ter um coração vazio e ressecado. É um morto-vivo a caminho do inferno.

Ev. Izaldil Tavares de Castro.

www.ubeblogs.net

sábado, 29 de agosto de 2015

EBD LÇ 10 - O LÍDER DIANTE DA CHEGADA DA MORTE

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on sábado, agosto 29, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 06/09/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I –  A CONSCIÊNCIA DA MORTE NÃO TRAZ DESESPERO AO CRENTE FIEL.
II – O SENTIMENTO DE ABANDONO.
III – A CERTEZA DA PRESENÇA DE CRISTO.

                       O FIM DE UMA CARREIRA BEM CONDUZIDA.



I – A CONSCIÊNCIA DA MORTE NÃO TRAZ DESESPERO AO CRENTE FIEL.

1.1       Seriedade diante da morte.

Não se pode negar que a morte é um duro golpe quando ocorre por medidas violentas e isso era comum nos tempos apostólicos como nos dias de hoje.

Claro que há uma diferença enorme, morrer por confessar a Cristo e morrer vítima da violência urbana.

De qualquer maneira, todos nós temos consciência que um dia iremos e o mais importante é ter a certeza que tivemos uma vida honrada. A ninguém causamos qualquer dano.

Lendo todas as declarações do apóstolo, sabemos o quanto esse momento representava para ele, pelo que declarou: “O viver é Cristo e o morrer é ganho”, Fl. 1:21.

Sejamos fieis!

1.2       A certeza da missão cumprida.

“Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé”. 2Tm.4:7.

Que missão cumprimos hoje? Somos mais inteligentes que eles, que padeceram pela causa do Mestre?

Vivemos na era do “refri” e da pizza, comemos, nos empaturramos e adoramos ir ao culto de domingo para pregar para crentes, ouvir o coro da igreja ou dele participar. Morremos por obesidade e suas consequências.

Particularmente, há muitos nobres, que dedicam suas vidas a construir outras, evangelizar, ganhar vidas para o reino de Deus, mas, não é a regra geral.

Se quisermos de fato combater o bom combate não poderá ser de tristeza por que o time da nossa preferência foi rebaixado.

Cada uma deve saber que combate quer ter sabendo que Deus dará o galardão aos que forem fieis.

  
II -  O SENTIMENTO DE ABANDONO.

2.1 O clamor de Paulo na solidão.

A solidão é um sentimento que apavora. Não sei como se pode viver sem amigos e não sei por que muitos não conseguem fazer amigos.

Os escritos de Paulo mostravam o quando ele valorizava uma amizade sincera vista em Timóteo, Filemom e outros.

FILEMOM – “Escrevi-te confiado na tua obediência...”, “prepara-me também pousada”.
TIMÓTEO – “Desejando muito ver-te lembrando-me das tuas lágrimas para me encher de gozo”. 2Tm 1:4.

Na velhice somos ainda mais carentes de ter bons amigos.

Que o Senhor nos dê muitos amigos.
  
2.2 A serenidade dos últimos dias.

Os momentos finais da vida de Paulo, trouxe para nós o conhecimento da sua inquietação e das necessidades comuns a todo ser.

Traz a minha televisão, o meu notebook... Os elementos de convivência eram outros e Paulo queria duas coisas:

A capa para encarar o inverno.
Os livros para ter a sua mente ocupada na prisão.
Paulo nunca escondeu as suas limitações como homem.

“Miserável homem que sou...” Rm 7:24.

A minha pergunta é; com tantas evidências de que o Evangelho não faz de nós um super homem, qual é o motivo de muitos se colocarem diante do povo de Deus como perfeitos, duros, capazes e acima de todas as fraquezas?

Reconhecer fraquezas e limitações diante do povo mostra-lhes como somos iguais na área da vida e isto dá mais credibilidade aos ouvintes.
  
2.3 Preocupações finais com o discípulo.

Se eu  tivesse tido um Alexandre  latoeiro  na minha vida, contaria isto ao meu sucessor, mas, jamais daria uma relação de todos os que me importunaram de alguma forma. O ser humano mesmo sendo problemático não deve necessariamente ser um ímpio.

O ímpio é sempre inteligente, sabe onde morder e Deus não aceita sua presença na adoração.  Salmo 50:16 “Mas ao ímpio diz Deus: Que fazes tu em recitar os meus estatutos e em tomar a minha aliança na tua boca.”.

As vezes o ímpio não é importunado por que via de regra é pessoa bem posicionada no meio da igreja e quando é daqueles que tem posses e gosta de fazer presença, fica mais difícil ainda.

Certa feita um obreiro que iria me substituir, ficou zangado, por que não dei a lista dos que gostam de incomodar o pastor.

III – A CERTEZA DA PRESENÇA DE CRISTO.

3.1 Sozinho perante o tribunal dos homens.

Nada mais duro para o obreiro que sentir-se sozinho e às vezes isto acontece com qualquer um.

No caso de Paulo, o momento foi muito sério, pois, estava sendo entregue a Corte Romana, sendo julgado e qualquer presença de amigos seria um conforto para ele.

A postura do apóstolo não foi de reclamar e até nisso nos deixou um grande legado, pois, há pessoas que quando se sentem só, resolve falar mal do ministério e dos seus pastores.

Há pastores que são desleixados e interesseiros, só reconhece amigos quando estes estão em evidência; se por saúde ou por idade se afastam, os tais simplesmente os abandonam no ostracismo.

Muitos falam mal da rede social, mas, para mim, tem sido uma bênção, pois, além de aproximar amigos, traz também os de longe e por ela, podemos comunicar as boas coisas do Reino de Deus.

Paulo não podia desfrutar de tão grande oportunidade.

3.2 Sentindo a presença de Cristo.

Tudo e todos podem falhar, mas, uma vida sincera aproxima Deus cada vez mais e nessa hora, a sua consolação basta para qualquer de nós.

Paulo se sentiu consolado. Pode haver maior consolação que esta?

Façamos para os outros aquilo que queremos que eles nos façam.



3.3 Palavras e saudações finais.

“Fiquei livre da boca do leão”. V.17.
Certamente Paulo se referia a parte da história que o levaria a Roma.  Quando apela para o direito de cidadania romana,  além de evitar ser entregue aos judeus, o possibilita pregar aos gentios em Roma.
 Atos 22:27, sem perder a consciência de que a sua vida estava chegando ao fim.

“O Senhor me livrará de toda má obra” II Tm 4:18 completa o pensamento anterior com relação ao que tinha para fazer em Roma.

Que preciosa lição, com este capítulo usado pelo comentarista Elinaldo Renovato, fomos abençoados. Lição para muito tempo ainda.

Tudo o que lemos na lição bíblica deste trimestre, até aqui e teremos ainda até o final, nos leva a pensar em Paulo com o mais profundo respeito pelo que ele representou para todos nós com seus escritos que certamente foram validados pelo Senhor.

Essa é uma das razões que me levam a ignorar a falácia dos teólogos das discussões sobre se somos Arminianos ou Calvinistas.

Nem um nem outro. Tudo quanto escreveram, representa um grande legado para o povo evangélico, todavia, não são eles o fundamento dos apóstolos, mas, tanto quanto nós, precisam edificar sobre o fundamento dos apóstolos.

Tudo quanto foi escrito para o nosso ensino foi escrito.  Rm. 15:4.



domingo, 23 de agosto de 2015

EBD LÇ.9 - A CORRUPÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS.

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on domingo, agosto 23, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 30/08/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I –  OS TEMPOS TRABALHOSOS.
II – PAULO, UM EXEMPLO DE OBREIRO EM TEMPOS DIFÍCEIS.
III – O ENSINO DA PALAVRA DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS.

                      POR TRÁS DA MÁSCARA, A CORRUPÇÃO.



I – OS TEMPOS TRABALHOSOS.

1.1       Nos últimos dias.

Escrever sobre este assunto quando uma igreja co-irmã (seu líder, óbvio) é acusada de receber contribuição do dinheiro desviado da Petrobrás e um outro líder evangélico de expressão nacional acaba de anunciar novas núpcias, causa-nos profunda tristeza.

O mal está entrando em nossa casa ou já entrou.

O que combater primeiro.  As heresias, a bagunça generalizada em forma de liturgia ou a imoralidade protagonizada por muitos ministros?

Esse assunto é tão palpitante que se o professor não segurar as rédeas, os alunos tomam conta, cada um com o seu próprio desabafo.

É preciso tomar muito cuidado para não fazer dos acontecimentos que ora assistimos,  tema principal das pregações, pois em nada contribuiria para o bem estar dos irmãos.

1.2       Falsa aparência.

Quando o líder não zela pela sua moral, imaginem o que ele passa de ensinamento e exemplos.

O tempo está tão confuso que as pessoas não ligam para o mau procedimento dos seus líderes, consideram-no de qualquer maneira; “homem de Deus”.

É como se prevalecesse essa máxima: Nós não nos incomodamos com ele e ele não se incomoda conosco. Estamos quites!

O juízo de Deus será sem misericórdia.
IPd. 4:17 – “Já é tempo que o julgamento comece pela casa de Deus e se primeiro começa por nós, qual será o fim dos que são desobedientes.”.


II -  PAULO, UM EXEMPLO DE OBREIRO EM TEMPOS DIFÍCEIS.

2.1 Um obreiro exemplar.

Um obreiro exemplar constrói ministros exemplares.

Carta de Paulo a Tito 2:9 “Em tudo te dá  por exemplo de boas obras; na doutrina, mostra incorrupção,  gravidade, sinceridade.”.


2.2 Modo de viver.

Inquieta-nos muito ouvir pregadores batendo forte em suas igrejas, cobrando conduta sem avaliar a própria conduta.

É uma pena que as pessoas vejam pecado somente nas questões morais mais conhecidas como; adulterar, mentir ou roubar.

Eu vejo pecado nas mentiras, na falta de respeito e da sinceridade, na falta de  consideração de uns para com os outros, na inércia e na omissão. Esses males estão arraigados em muitas vidas roubando-lhes a autoridade.

Jo.8:7 “Aquele que dentre vós está sem pecado seja o primeiro a atirar pedra contra ela.”.

A igreja está sendo enfraquecida por dois grandes motivos.

- Falta do ensino bíblico sistemático e consistente.
- Pregadores envolvidos com interesses mesquinhos.


2.3 Intenção, fé longanimidade e amor.

Deus é Deus de compaixão, se não fosse, muitos já teriam caído.

Lm. 3:22.  Diz que a sua misericórdia é a causa de não sermos consumidos.

Mt. 18:28.  Na parábola do credor incompassivo, Jesus fala de um homem perdoado que não soube perdoar e isto é muito sério quando aplicada em nossas vidas.

Um pastor líder recebe um telefonema acusando o pastor local. O pastor líder, sem pensar na família desse obreiro e dos seus dramas, envia um caminhão e sem qualquer aviso troca-o de cidade de forma abrupta e intempestiva. Essas atitudes já ocorreram em muitas partes do nosso território e ainda acontece, sob a alegação de que: “orei e Deus mandou...”.

Melhor deixar o tapete no lugar? Levantar o tapete causa escândalo?

Se deixarmos tudo quieto por puro respeito humano, as coisas tenderão a piorar, mesmo sabendo que elas são cumprimento das profecias e que será impossível deter o avanço do mal até que Cristo venha.


III – O ENSINO DA PALAVRA DE DEUS EM TEMPOS DIFÍCEIS.

3.1 O valor do ensino bíblico.

Recomendo a leitura pausada deste tópico oferecida pelo comentador.

Levar em conta que sem o ensino bíblico a igreja enfraquecerá suas defesas (igreja local) e o mal se instalará com muita facilidade.

Saber que há obreiros despreparados para o ensino total, mas, que deve reconhecer isto e valorizar quem esteja do seu lado, capaz de supri-lo.

Um obreiro ou pastor que valoriza o ensino bíblico terá sempre a gratidão da igreja.

Saber que nem todos tem apreço à Palavra de Deus e fogem dos cultos de ensino, sabendo que há casos em que a culpa é do próprio obreiro ou pastor.

3.2 Combatendo o “espírito do Anticristo”

O autor afirma e é bíblico, texto citado, IJo 2:18, lembra-nos que muitos se tem feito anticristos dando-nos a perceber que é já a última hora.

O texto citado deve fortalecer o nosso pensamento que nada pode nos escandalizar por sabermos de antemão do surgimento de toda impiedade, dentro e fora da igreja (local).

Baseado em Ap. 3:14 sétima carta à igreja de Laodicéia, igreja local, muitos chamam o nosso tempo de “era de Laodicéia”; basta ler e comparar.

Como principais ataques, o autor do comentário diz que duas frentes são as mais usadas: Relativismo e  leis infames.

Principalmente pela internet, o diabo tem trabalhado de maneira acelerada usando os homens como veículos de propagação do relativismo e isto têm invadido muitas igrejas; é lamentável.

Por liturgias viciadas e cânticos inebriantes sem qualquer consistência nos ensinos bíblicos.



3.3 A Palavra de Deus e seus referenciais éticos.

Muitos questionam a razão de atacarmos tanto, as heresias no seio da igreja e as leis espúrias no seio da sociedade.

Sempre aplico a máxima que o nosso silêncio é a morte dos inocentes.

No silêncio, a certeza de que eles estão certos e nós, igreja, errados.

Sempre questionei essa coisa de orar e deixar Deus agir, quando tentam aplicar isto em todos os momentos.

Não temos qualquer dúvida de que Deus age quando achar por bem, todavia, não podemos esquecer que nesta dispensação, muitas coisas passam, por que Deus vê o mundo através de Cristo e não há qualquer proibição de apelarmos para o direito quando a situação exigir.

Quantas leis já teriam passado; lei do aborto, do casamento gay na sua plenitude, da ingerência nas escolas de grupos libertinos, para conduzir nossas crianças ao envolvimento com a chamada diversidade.

Obviamente é preciso ser inteligente e sutil para atacar os males do presente século assim como Paulo atacou o pluralismo na Grécia e também em Éfeso. O uso da inteligência não faz mal a ninguém.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Alerta: PORNOGRAFIA - A Droga do Século XXI

Posted by Wallace Sousa on quarta-feira, agosto 19, 2015 with 1 comment
vício digital

Alerta: PORNOGRAFIA - A Droga do Século XXI

Por Wallace Sousa, da Diretoria da UBE.

Se você ainda não se deu conta do motivo por trás da ideologia de gênero e educação sexual que está se tentando introduzir nas escolas, desde as séries iniciais, leia este artigo e fique estupefato:

O que se pretende com isso é expor as crianças ao mais devastador narcótico já inventado pelo ser humano: a pornografia. Inclusive, esse narcótico virtual não é apenas extremamente viciante, danoso e remodelador (deformador) do cérebro daquele que se expõe ou a ele é exposto, mas seus efeitos são praticamente permanentes pela incapacidade que o cérebro tem de expulsá-lo!

Pais, professores, educadores cristãos e líderes envolvidos com crianças, jovens e adolescentes das mais variadas faixas etárias devem ficar cientes dos males potenciais que a pornografia causa no ser humano a nível cerebral, tal qual outra droga qualquer, como a nicotina (cigarro), álccol, cocaína, heroína ou crack, só que mais viciante e persistente.

E, o que é pior, protegida e promovida por leis.

A pergunta que se faz é: como se pode combater uma droga que está tão disseminada na sociedade, disponível para praticamente qualquer pessoa, a qualquer tempo e que dispõe de proteção legal?

Agora perceba que a feitiçaria que a Bíblia condena, tal como está em Apocalipse 18.23, abaixo, tem uma raiz bem interessante:
E luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias.
Apocalipse 18:23
Sim, a palavra φαρμακεία, em grego, é traduzida por feitiçaria, que além de significar administração de medicamentos, refere-se a práticas mágicas e ocultismo, conforme a referência do dicionário Strong's Greek: 5331. Os feiticeiros, então, eram aqueles que lidavam e adminsitravam poções mágicas (lembra dos caldeirões das feiticeiras) dos filmes?

Logo, enfeitiçar é também drogar, administrar drogas para manipular as pessoas, e nessa definição podemos incluir os atuais TRAFICANTES DE DROGAS. Então, viciar pessoas na pornografia desde cedo significa criar um exército de pessoas que, no futuro, vão exercer cargos estratégicos, atuar em diversas áreas, assumir posições políticas e que poderão ser, de algum modo, manipuláveis e controláveis.

E, pior ainda, muitos que ficaram expostos a esse tipo de influência não o sabem e não admitem que possam estar sob algum tipo de controle ou influência, mas que agem, de algum modo, para agradar àqueles que estão por trás dessa iniciativa.

Percebeu o grau de controle que se pode ter assim? E que estamos prestes a ver os piores efeitos possíveis que essa política alcançará com a abrangência dos serviços de internet rápida e os avanços da pornografia imersiva (a ser experimentada em 3-D, ou seja, em 3ª Dimensão).

E mais: ninguém estará imune a ela. Ninguém.

Em outro post traremos a tradução do artigo "The Social Xosts of Pornografy" (O custos sociais da pornografia), onde são discutidos os impactos na vida social em vários níveis.

Um novo narcótico

Outro dia, eu ouvi um cara dizer que Starbucks era ''o maior comerciante de drogas dos Estados Unidos.'' Sendo um culpado daquela espécie de "traficante", eu vou me recusar a discutir os méritos de tal acusação. 

Mas e se eu falei para você que a internet é a maior comerciante de drogas nos Estados Unidos?''  

Um corpo crescente de pesquisa apoia tal afirmação no que se refere a um novo "narcótico": a pornografia na internet. A Pesquisa nacional em Uso de Drogas e Saúde estimou que em 2008 existiam 1.9 milhões de usuários de cocaína. 

De acordo com a Agência de Inteligência Central, existem estimados 2 milhões de usuários de heroína nos Estados Unidos, com cerca de 600.000 a 800.000 considerados viciados crônicos. Compare estes números aos 40 milhões de usuários regulares de pornografia online na América.  

Pesquisas neurológicas tem revelado que o efeito da pornografia na internet no cérebro humano é tão potente - se não mais - quanto substâncias químicas que causam dependência como cocaína ou heroína. 

Em uma declaração antes do Congresso, o Dr. Jeffrey Satinover, um psiquiatra, psicanalista, física e ex Membro da Psiquiatria em Yale, alertou:  

Com o advento do computador, o sistema de entrega para esse estímulo de dependência [pornografia na internet] tem se tornado quase livre de resistência.  

É como se nós imaginássemos uma forma de heroína 100 vezes mais potente do que antes, usada na privacidade da sua própria casa e injetada diretamente no cérebro através dos olhos. Está disponível agora em quantidade ilimitada por uma rede de distribuição autorreplicante, glorificada como arte e protegida pela Constituição.  

Embora a pornografia, de uma forma ou de outra, tenha [sempre] estado presente na história humana, seu conteúdo e a maneira que as pessoas a acessam e a consomem tem mudado drasticamente nas últimas décadas com o advento da internet e as tecnologias relacionadas.  

Há três razões principais por que a pornografia na internet é radicalmente diferente das formas anteriores:

sua (1) frugalidade (K. Doran, professor assistente de Economia na Universidade de Notre Dame, estima que 80% a 90% dos usuários de pornografia visualiza o conteúdo gratuito on-line);
(2) acessibilidade (24/7 de acesso em qualquer lugar com uma conexão à internet) e, o mais importante;
(3) o anonimato.

Esses três fatores combinados com a descrição experimental de pornografia na internet com pessoas reais realizando atos sexuais reais enquanto o espectador observa criou um potente narcótico, no sentido mais literal.  

No entanto, muitos argumentam que a pornografia é apenas "discurso", uma forma de "expressão" sexual que deve ser protegida como um direito constitucional sob a Primeira Emenda.  

A questão dos direitos da Primeira Emenda é, inegavelmente, o obstáculo final para esclarecer a partir de um ponto de vista legal, e eu assumo essa pergunta no ensaio de amanhã do Discurso Público.   

Hoje eu começo a minha análise a partir de uma perspectiva científica, porque os achados neurológicos recentes têm exposto a pornografia da internet como sendo algo muito, muito mais do que mero "discurso".  

Pornografia na Internet: O Novo Narcótico  

Embora o termo "dependência de drogas" tipicamente seja reservado para substâncias químicas ingeridas fisicamente (ou inaladas ou injetadas) no corpo, a pornografia na Internet - consumida através dos olhos, afeta quimicamente e fisicamente o cérebro de um modo semelhante às substâncias químicas ilegais.   

William M. Struthers, professor de psicologia na Wheaton College, explica em seu livro Wired for Intimacy: How Pornography Hijacks the Male Brain que a pornografia funciona "através do mesmo circuito neural, tem os mesmos efeitos no que diz respeito à tolerância e à abstinência, e tem todas as demais evidências de um vício."  

Isso ocorre porque as mesmas partes do cérebro reagem tanto às substâncias ilegais como à excitação sexual.  Dopamina, a substância química provocada pela excitação sexual e pelo orgasmo, é a mesma substância química que desencadeia as ligações de dependência no cérebro.  

Como Donald L. Hilton Jr., MD, um neurocirurgião e professor clínico associado de neurocirurgia da Universidade de Texas, observa:  

A pornografia é um feromônio visual, uma poderosa droga cerebral de 100 bilhões de dólares anuais que está mudando a sexualidade ainda mais rapidamente através da ciber-aceleração da Internet.   Ela é "desorientadora" e "perturbadora da comunicação no pré-encontro entre os sexos por estragar o clima."  

Pense no cérebro como uma floresta onde trilhas são usadas por excursionistas que caminham pelo mesmo caminho repetidamente, dia após dia. A exposição a imagens pornográficas cria trilhas neurais semelhantes que, ao longo do tempo, tornam-se mais e mais "bem pavimentadas", conforme elas são repetidamente percorridas a cada exposição à pornografia.   

Essas rotas neurológicas eventualmente tornam-se a via principal na rede do cérebro por onde as interações sexuais são trilhadas. Assim, um usuário de pornografia "criou inconscientemente um circuito neurológico" que torna sua perspectiva padrão para questões sexuais regida pelas normas e expectativas da pornografia.  

Essas "trilhas cerebrais" são possíveis de serem iniciadas e "pavimentadas" devido à plasticidade do tecido cerebral.  Norman Doidge, MD - um psiquiatra, psicanalista, e autor do New York Times e do best-seller internacional, O Cérebro Que Muda A Si Mesmo - explora o impacto da neuroplasticidade na atração sexual em um ensaio no [artigo] Os Custos Sociais da Pornografia.   

Doidge observa que o tecido do cérebro envolvido com preferências sexuais (ou seja, o que "nos deixa ligados") é especialmente maleável. Assim, estímulos externos - como imagens pornográficas - que ligam coisas previamente não relacionadas (por exemplo, tortura física e excitação sexual) podem afetar neurônios previamente não relacionadas no cérebro para aprender a "inflamar" juntamente para que, da próxima vez, a tortura física possa realmente provocar a excitação sexual no cérebro.   

Este disparo conjunto de neurônios cria "ligações" ou associações que resultam em novos e poderosos caminhos do cérebro que permanecem mesmo depois que os estímulos externos instigantes são retirados.  

À luz da nova ciência do cérebro, a influente comunidade científica (American Society of Addiction Medicine), que costumava acreditar que o vício era primariamente um comportamento, recentemente redefiniu "vício" como uma doença essencialmente cerebral girando em torno do sistema de recompensas neurológicas.   

A poderosa força da pornografia na Internet sobre o sistema de recompensa neurológico claramente a coloca dentro desta nova definição de "vício".  

Alguns poderão argumentar que muitas substâncias e atividades, tais como TV, comida, compras, etc. podem causar - a formação de dependência química no cérebro, mas nós certamente não queremos que o governo regulamente o quanto assistimos TV, o quanto compramos, ou o quanto comemos.   

Enquanto há uma abundância de pessoas com dependência televisiva, de comida e de compras, o Dr. Hilton argumenta que imagens sexuais são "singulares entre as recompensas naturais" porque as recompensas sexuais, diferentemente de alimentos ou outras recompensas naturais, causam "mudanças persistentes na plasticidade sináptica."   

Em outras palavras, a pornografia na internet faz mais do que simplesmente cravar o nível de dopamina no cérebro para uma sensação de prazer. Ela literalmente muda a matéria física no cérebro de modo que novos caminhos neurológicos requeiram material pornográfico a fim de desencadear a sensação de recompensa desejada.  

Então como é que a pornografia na internet se compara a substâncias químicas ilegais que causam dependência tais como cocaína ou heroína? A cocaína é considerada um estimulante que aumenta os níveis de dopamina no cérebro.   

A dopamina é o principal neurotransmissor que a maioria das substâncias viciantes libera, uma vez que provoca uma "subida" e um desejo subsequente por uma repetição dessa elevação, em vez de um sentimento de satisfação subsequente por meio de endorfinas. A heroína, por outro lado, é um opiáceo, que possui um efeito relaxante.   

Ambas as drogas desencadeiam tolerância química, que requer uma quantidades maiores da droga a serem utilizadas a cada vez para se obter a mesma intensidade de efeito.  

A pornografia, tanto pela excitação (o efeito "elevação" da dopamina) e causando um orgasmo (o efeito "relaxante" dos opiáceos), é um tipo de polidroga* que aciona ambos os tipos de produtos químicos que causam dependência no cérebro de uma tacada só, realçando sua propensão viciante bem como o seu poder de instigar um padrão de tolerância cada vez maior.   

A tolerância no caso da pornografia não necessariamente requer maior quantidade de pornografia, e sim novo conteúdo pornográfico como atos sexuais proibidos, pornografia infantil ou pornografia sadomasoquista.  

A excitação sexual é o resultado de picos de testosterona, dopamina e norepinefrina, ao passo que a transcendência e a euforia experimentada durante o orgasmo estão relacionadas com a liberação de opiáceos endógenos.  

Enquanto a pornografia ativa o sistema de desejo* por meio de dopamina, um orgasmo causado pela pornografia não libera endorfinas, que são os produtos químicos que fazem com que nos sintamos saciados.   

Em contrapartida, as endorfinas são liberadas após um orgasmo obtido em relações sexuais com um ser humano real. Esta ausência de satisfação, combinada com a plasticidade competitiva do cérebro, faz com que o cérebro exija cada vez mais novas e excitantes imagens para obter o mesmo resultado químico de antes.  

Enquanto os efeitos viciantes da pornografia na internet são semelhantes a uma combinação de substâncias que causam dependência química, os efeitos da pornografia na internet vão além daqueles [causados pelas] substâncias químicas.  

Por exemplo, "neurônios-espelho" no cérebro nos permitem aprender observando um comportamento e copiando-o.   

O professor Struthers escreve que, por causa dos neurônios-espelho, "Assistir um [vídeo] pornográfico cria uma experiência neurológica na qual uma pessoa participa substitutivamente daquilo que ela está assistindo."  

Essa dependência exclusivamente interativa é ativada pela combinação de estímulos em ambas as partes do cérebro e do corpo; nas palavras de Struthers, usar pornografia "envolve o sistema visual (assistir pornografia), o sistema motor (masturbar-se), o sistema sensorial (estimulação genital), os efeitos neurológicos da excitação e o orgasmo (euforia sexual por meio de opiáceos químicos como a dependência em dopamina no núcleo accumbens e a redução da sensação de medo na amígdala)".  

Outro aspecto do vício em pornografia que supera as características viciantes e nocivas do abuso de substância química é sua permanência. Enquanto as substâncias podem ser metabolizadas e expulsas do corpo, as imagens pornográficas não podem ser metabolizadas e expulsas do cérebro, porque as imagens pornográficas são armazenadas na memória cerebral.   

Embora os viciados em entorpecentes possam causar danos permanentes a seus corpos e cérebros pelo uso de drogas, a própria droga não permanece no corpo após ser metabolizada e expulsa do corpo. Mas com a pornografia, não há prazo de abstinência que possa apagar os "rolos" de imagens pornográficas no cérebro que podem continuar a alimentar o ciclo viciante.  

Em suma, a pesquisa do cérebro confirma o fato crítico de que a pornografia é um sistema de distribuição de droga que tem um efeito distinto e poderoso sobre o cérebro humano e o sistema nervoso.   

Muito mais semelhante à cocaína do que a livros ou discursos públicos, a pornografia na internet não é o tipo de "expressão" que a Primeira Emenda foi concebida para proteger da censura do governo, como eu vou argumentar amanhã. Aqueles que leem livros ou ouvem idéias podem usar suas mentes conscientes para refletir por meio das afirmações e informações.   

Mas, como o dr. Doidge coloca, "Aqueles que usam [pornografia] não têm nenhuma noção sobre a extensão em que seus cérebros são reformulados por ela."  Na verdade, eles não têm idéia de que a pornografia está desenhando "novos mapas em seus cérebros."  

Morgan Bennett é um candidato do JD em Pepperdine University School of Law.

Fonte do original: The Public Discourse - The New Narcotic
Tradução colaborativa: Duolingo

Gostou do artigo? Avalie, comente e compartilhe! Nosso sucesso depende de leitores como você!

www.ubeblogs.net

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

EBD 8 - APROVADOS POR DEUS EM CRISTO JESUS

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on segunda-feira, agosto 17, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 23/08/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I –  OBREIROS APROVADOS POR DEUS.
II – DOIS TIPOS DE VASOS.
III – REJEITANDO AS DISSENSÕES E QUESTÕES LOUCAS
  


 I – OBREIROS APROVADOS POR DEUS.

1.1       Pregam e ensinam sem engano.

Só prega ou ensina com sinceridade quem não tem medo de perder o lugar, da concorrência e da busca à popularidade.

Quem não tem interesses escusos, procurar ser fiel naquilo para o qual foi chamado.

Assim foi Paulo e assim é todos os que têm consciência da responsabilidade em responder a Deus por tudo o que fizer.

Tem gente no nosso meio que é inescrupulosa nesse sentido.


1.2       Pregam com pureza.

Pregar com pureza significa entre outras coisas, pregar com um coração reto.

Significa ainda, não permitir que as pessoas fiquem em torno de si mesmos.

Há muitas igrejas nossas cujos crentes ficaram viciados no homem; os conflitos mostram isso quando se faz troca de pastor em muitas delas.



1.3       Não buscam a glória de homens.

A prática da pregação está muito ligada ao comportamento. Significa que quando não mostram por palavras, mostram por atitudes tais como:
Bajular – já vi pessoas de notoriedade com visível bajulação para manter o ibope.

Interessante que basta olhar para os apóstolos para perceber o quão distante estava dos holofotes e próximo de quem precisava de socorro.

O verdadeiro homem de Deus coloca-se sempre atrás do seu mestre; exalta-o, glorifica-o e evita tudo o que venha macular o seu caráter.

Quem tem coragem de manter uma boa atitude quando o dinheiro está sempre na frente?
.

II -  DOIS TIPOS DE VASOS.

2.1 Vasos de honra.

Esse tópico é muito interessante convém ler repartindo com seus alunos o pensamento do autor.

O crescimento fabuloso das igrejas e o surgimento de outras que não estão muito preocupadas com a questão de moral e ética; isto é lamentável.

Mas logicamente a lição fala de pastor, de obreiro aprovado e se este não for cuidadoso, tudo no seu entorno estará comprometido.


2.2 Vaso de desonra.

Sobre os vasos de desonra, nem precisamos falar muito, sabemos como agem de maneira fria e calculada.

Uma pergunta pode ser feita por qualquer aluno: A igreja não tem como deter isto, tendo mais cuidado nas escolhas de candidatos ao ministério?

Temos dois grandes problemas nesta questão.

1 – Quem faz a indicação nem sempre é o pastor líder que acaba convencido por um ou outro companheiro que faz a indicação por interesse ou amizade com troco.

2           –  A segunda questão tão ruim quanto à primeira tem sido a indicação que muitos fazem com vistas garantir eleição em assembleias das igrejas ou instituições assemelhadas.


Não podemos ignorar que há muitas igrejas e isto é comum entre elas quando o evangelho da bíblia é apenas um pretexto para que seus objetivos financeiros sejam alcaçados.

III – REJEITANDO AS DISSESSÕES E QUESTÕES LOUCAS.

3.1 Rejeitando questões loucas.

Ao tomar contato com a rede social, pude perceber quanta invencionice existe pelos arraiais que precisam ser detidos para não causar maiores danos ao rebanho do Senhor. Não dá para descuidar um só momento.

O pessoal que gosta de criar questões loucas, “adoram” escolas dominicais, pois, o pastor não pode estar em todas as classes ao mesmo tempo e acontecem até mesmo, entre os professores, aqueles que gostam de apresentar novidades.

Não basta escolher professor por que é estudado, tem boa aparência e é bem falante. Precisa gozar da confiança da igreja.

3.2  Não entrando em contenda.

A Bíblia realmente nos ensina que não devemos entrar em contendas. Foi o que procurei fazer durante toda a minha vida em meu ministério e só ganhei enquanto mantive a serenidade, todavia, isto não implica em atitude passiva a todo o momento.

É bom lembrar que quando o obreiro se mete em muitas discussões acaba sendo reprovado pela igreja que não o vê como uma pessoa controlada.

Tudo isto que a lição propõe, vale para os professores de escolas dominicais, pois, exercem um trabalho pastoral com um grupo que lhes foi confiado.


Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado (4) Aborto (16) Aconselhamento Pastoral (6) Acordo Ortográfico (3) Africa (7) alerta (1) Altair Germano (54) ANAJURE (8) ansiedade (3) Apologética (18) Arminismo e Calvinimo (2) Arrecadação de Impostos (2) assuntos atuais (6) Ateísmo (5) atitudes (11) audio-books (2) ação coletiva (9) barbárie (8) Belverede (12) Bibliotecas virtuais (5) Blog do Momento (52) Blogagem Coletiva (76) blogagem profética (3) Blogger (15) Blogosfera Cristã (285) blogueiros (13) Boicote (7) Brasil (29) Bíblia (5) Bíblia de Estudo (5) Cadastro (2) Campanhas (10) Caramuru Afonso Francisco (3) Carla Ribas (26) Carlos Nejar (1) Carlos Roberto Silva (7) Carnaval (2) cartunista cristão (1) casamento (24) cenas da vida (6) charge (8) Charles Péguy (1) cidadania (46) Cinema (9) Cintia Kaneshigue (55) Como criar e editar um blog? (104) comportamento (16) Comunicados (57) Concurso no blog (7) Concursos (19) conectados em oração (9) Consciência Cristã (25) Contribuição (2) conversão (10) copa 2014 (4) corporativismo (2) corrupção (23) cosmovisão cristã (239) CPAD (20) CPAD News (8) Creative Commons (6) crianças (12) crianças desaparecidas (8) crime (3) Cristofobia (7) Culto de Missões (4) Denúncias (10) Desafiando Limites (44) Desaparecidos (11) Desarmamento (2) Desastres Naturais (12) Descriminalização da maconha (2) Deus. (11) devocional (105) Dia da Bíblia (8) dia da mulher (7) Dia das Mães (5) Dia de Missões (3) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (4) Dicas (119) dinheiro (11) direitos humanos (10) discurso (1) Divulgação (8) Domingo da Igreja Perseguida (6) dons espirituais (5) Dr. Luis Pianowski (1) Drogas (5) DVD (2) e-book (29) EBD (90) Ecologia e Natureza (19) Editorial (8) educação (3) Eleições (22) Eleições 2014 (11) Eliseu Antonio Gomes (498) ENBLOGUE (21) Enquete (10) Entrevistas (41) Escola Dominical (7) Escrita (8) Esdras Costa Bentho (12) Esperança (7) Esportes (10) Estudos (14) Etica (2) Etica no Blogar (23) Evangelho (2) Evangelismo (58) Evento (11) exegese bíblica (1) Facebook (5) Família (59) família Cristã (8) Felipe M Nascimento (19) Fidelidade e Infidelidade conjugal (3) filhos (5) Filosofia (3) fim do mundo (2) formação de opinião (4) frases e citações (5) Frida Vingren (1) futebol (9) (5) Geisa Iwamoto (2) Genivaldo Tavares de Melo (93) George Soros (1) Geremias do Couto (13) Geziel Gomes (1) gif (2) governo (4) Graça (12) Guerra Cultural (2) Gutierres Siqueira (16) Haiti (4) História (7) Holocausto (1) homilética (1) HQ (1) Humor (6) idosos (1) igreja (13) Igreja Perseguida (7) Imagens Cristãs (7) inspiração (1) Integridade Moral e Espiritual (13) Intelectualidade (7) Interatividade (2) intercessão (16) internet (33) Internet Evangélica (27) intolerância (2) Islamofobia (1) Izaldil Tavares de Castro (11) J.T.Parreira (2) Jairo de Oliveira (1) Japão (21) jejum (1) Jesus. (14) Jesus: O Homem Perfeito (13) jogos eletrônicos (1) João Cruzué (66) Judeus (1) judiciário (3) Jurgen Moltmann (1) justiça (3) juventude (3) Júlio Severo (8) Kelem Gaspar (17) legislação (5) LGBTS (6) liberdade de expressão (2) liberdade de imprensa (4) liderança (10) literatura (8) livro digital (4) Livros (78) lição de vida (8) Lições Bíblicas Adulto (55) Lições Bíblicas Jovens (2) Lucas Santos (8) Luis Ribeiro (7) Luiz Sayão (1) maconha (3) Magno Malta (2) manifestações copa (1) manisfestação (1) Mantenedores UBE Blogs (3) Manual da UBE (8) Marco Feliciano (21) maridos (2) Marina Silva (1) Mark Carpenter (1) Marl Virkler (1) Marta Suplicy (3) Martinho Lutero (1) Maya Felix (10) Meios de comunicação (5) mensagem (1) mentira (2) missiologia (24) Missão (1) Missão Integral (4) missões (87) morte (4) Motivação (47) mulheres (13) mártires (2) música (4) namoro (4) Natal (33) Nazismo (2) Nietzsche (1) Notícias (87) opinião (31) oração (9) Orkut (13) ortodoxia (1) Pablo Massolar (1) papel de parede (1) parábola (1) passatempos (5) pastores (12) Paul Tripp (1) Paul Washer (1) pena de morte (1) perdão (2) Perseguição política (12) Perseguição religiosa (26) Pinterest (1) PL 122/2006 (64) planejamento (1) planejar (1) Plágio (14) PNDH - 3 (17) poder de Deus (8) Poesia (21) polêmicas (8) Política (120) Pornografia (3) portas abertas (1) Português (5) pregação e pregadores (3) Primavera de Sara (2) profecia (3) profecias maias (1) profeta (2) Promoção (39) Protestantes (10) protesto (1) páscoa (3) Rankings (1) Recursos (7) Redes Sociais (41) Reflexão (61) Repúdio (38) ressurreição (2) Retrospectiva (1) Revista Cristã (7) REVISTA FORBES (1) Robin Willians (1) Ronaldo Côrrea (2) Sammis Reachers (92) Saúde Pública (7) SBB (1) Selos (16) Senado Federal (23) SENAMI (1) Sentido da vida (3) Sidnei Moura (8) Silas Daniel (2) Silas Malafaia (30) Sorteios (16) STF (12) suborno (1) Teatro (3) Tecnologias (6) Televisão (14) Templates (8) teologia (6) testemunho (8) trabalho escravo (2) tradução (4) tragédias (2) tribulações (3) Tráfico Humano (9) tráfico sexual (6) tutoriais (9) Twitter (10) UBE (13) UBE 2007 (83) UBE 2008 (120) UBE 2009 (166) UBE 2010 (201) UBE 2011 (239) UBE 2012 (179) UBE 2013 (165) UBE 2014 (161) UBE 2015 (82) UBE NA MÍDIA (4) UBEbooks (6) UOL (5) utilidade pública (12) Uziel Santana (4) vaidade (1) Valmir Nascimento Milomen (116) viagem missionária (5) Victor Leonardo (7) Vida Cristã (119) vida eterna (5) vida real (10) Viktor Frankl (1) VINACC (11) Vinicius Pimentel (1) voto (6) voto evangélico (8) vício (1) vídeo (54) Wagner Santos (1) Wallace Sousa (72) wallpaper (1) Wellykem Marinho (1) Wilma Rejane (145) Yosef Nadarkhani (7) Zip Net (3)