• Livro sobre Blogs Evangélicos

    O livro foi escrito por um grupo composto por blogueiros cristãos consagrados e reconhecidos no Brasil, trazendo reflexões valiosas a respeito da utilização dessa ferramenta para a divulgação e defesa do evangelho na internet

  • Selo #20milBlogs

    "A UBE agora tem mais de 20.000 blogs associados. Gloria a Deus! E como manda a nossa tradição rsrsrsr... Publicamos um Selo comemorativo! (Em duas cores)."

  • Aplicativo UBEblogs

    Instale agora este aplicativo

  • Rede UBE

    Afilie-se

  • Quem somos

    A UBE nasceu em 30 de agosto de 2007 com o selo dos três peixinhos. Era um sonho dos irmãos Valmir Nascimento Milomem, Altair Germano e Esdras Costa Bentho de congregar blogueiros evangélicos para publicar conteúdo cristão na internet . Até setembro de 2008 a administração e moderação da comunidade

  • Os selos clássicos do UBE Blogs

    Escolha um dos selos cuja cor mais combina com o layout do seu blog e mostre a todos os internautas que faz parte do movimento virtual de blogueiros cristãos que mais cresce na Blogosfera Brasileira.

  • Salmos 133:1

    "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união."

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

EBD - Lição nº 6: Conselhos Gerais

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on segunda-feira, agosto 03, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 09/08/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I –  O CUIDADO COM O REBANHO.
II – O TRATO COM O PRESBITÉRIO.
III – CONSELHOS GERAIS.
   
                O REBANHO PERTENCE A DEUS. CUIDEMOS COM AMOR                              



I – O CUIDADO COM O REBANHO.

1.1       O cuidado com os anciãos.

Falar de ancião é preciso compreender os conflitos sentimentais e emocionais que atingem as pessoas na chamada boa idade.
1 – É preciso respeitar e amar acima e além de tudo.
2           – É preciso ter muita paciência com eles e acompanha-los antes que façam algo reprovável.
3           – Conhecer os fatores desencadeantes dos conflitos: Sentimento de perda,  de abandono e drama de consciência.
SENTIMENTO DE PERDA – A sensação de não reter nada daquilo que conquistou na vida.
SENTIMENTO DE ABANDONO – Há sempre bons motivos para achar que ninguém o quer.
DRAMA DE CONSCIÊNCIA – A boa idade é o momento da avaliação dos feitos na vida e geralmente culmina com a sensação de quem fez tudo errado.

Pouca gente tem paciência com idosos ou anciãos.

Não há qualquer programa que envolva os anciãos para uma vida melhor, sem falar na vida cristã; refiro-me a vida social e inclusiva.

Até hoje, só participei uma única vez na cidade Hortolândia, igreja presidida pelo pastor  Edson Maltez, a convite do  meu amigo Deusdedit Souza Borges. que realizou o “culto da melhor idade”, com a presença de anciãos da igreja. Muito bom.

1.2 O cuidado com as mulheres idosas e viúvas.

O mesmo tratamento dado aos idosos deve ser dado às mulheres idosas e principalmente às viúvas, geralmente solitárias e sem recursos.

1.3 O cuidado com os ministros.

Este é um caso à parte e que merece cuidados.
Por toda igreja por onde passei, recomendei cuidados especiais com os pastores e sempre renderam bons resultados.

A maioria dos obreiros trabalham sem qualquer remuneração ou com remuneração muito aquém das necessidades e por esta razão, a igreja precisa assisti-los.

Os professores de escolas bíblicas dominicais, podem contribuir em muito, fazendo com que os alunos entendam que o pastor é uma pessoa humana sujeito as mesmas necessidades.
 Dois textos que completa qualquer ideia sobre o pastor encontramos em Hebreus 13:7 e 17.
.

II O TRATO COM O PRESBITÉRIO.

2.1 Acusação contra os presbíteros.

Acusação contra os presbíteros...
Hoje, não sei como anda isto, mas, já houve época em que ministérios faltavam com respeito com pastores e presbíteros que eram trocados de maneira bruta e a causa era muitas vezes, um telefonema de crente insatisfeito com o seu pastor por razões pessoais. Já aconteceu comigo.

Trocavam o obreiro de cidade sem se preocuparem com o ano escolar dos seus filhos, daí, a revolta de muitas famílias e filhos por considerarem o tamanho da injustiça praticada contra seus pais.

Diz o autor: “... Encobrir os erros daqueles que pecaram não é  solução, pois, “Deus não tem o culpado por inocente, Nm”. 28:13.”

Normalmente pessoas insanas que se levantam contra o seu pastor, sempre usa suas justificativas no plural;  “nós não concordamos, nós não queremos...” como se tivessem procuração de toda igreja.


2.2 A repreensão aos presbíteros.

Aqui temos um assunto muito sério.

Há crentes que são verdadeiros “xiitas” com relação ao erro de outro; querem trucidar; não exercitam misericórdia, não conhecer a palavra “esquecer”. Isto tudo é lamentável.

Claro está que quando o Apóstolo orienta Timóteo sobre como lidar com esses problemas, não estabeleceu regra doutrinária, mas, uma saída para que igreja não sofresse com as faltas dos presbíteros.

Penso que Paulo queria que o corpo de presbíteros julgasse o faltoso, sem, contudo, perder o senso de justiça, respeito e amor. É preciso compreender Paulo por todas as suas palavras nas epístolas e não isolar este conselho.
  
2.3 O cuidado com a saúde.

Cuidar da saúde é fundamental a todos principalmente quem vive uma vida sedentária.

É pecado o obreiro frequentar uma academia? Percebi que muitos exercícios feitos na academia são usados como tratamento fisioterápico.

À medida que a idade avança, há uma perda de massa óssea e um atrofiamento, portanto, muitos exercícios são necessários e a academia reúne o treinamento aeróbico com o físico, sendo isto, muito importante além é claro, da alimentação.

Não há qualquer proibição acerca disto, exceto quando se transforma numa obsessão.


III – CONSELHOS GERAIS.

3.1 Aos que não respeitam a sã doutrina.

O pessoal que não respeita a sã doutrina tem encontrado muita facilidade em nosso meio e muitos dos nossos ignoram a verdade e imitam os falsificadores da Palavra de Deus.

É inaceitável que um obreiro sem conhecimento das doutrinas fundamentais conduza uma igreja e infelizmente, vê-se muitos assim, sendo percebido pela maneira como empurram os cultos com louvores e corinhos e nem se dá ao prazer de ouvir quem entenda do assunto.

3.2  Aos que querem ser ricos.

Paulo já entendia do assunto e orientava Timóteo acerca disto.

Qual é a causa de tanta ostentação no meio dos pastores. Carros blindados, mansões com piscina, jatinhos, fortunas armazenadas como se Jesus nunca mais voltasse.

A vontade de acumular riquezas tem virado febre. Há muitos que avaliam o sucesso do pastor pelo lastro econômico.

Enquanto isso...  - O Senhor virá e pedirá contas -.   

3.3 Conselhos aos ricos.

Nada é mais prazeroso na vida que tornar alguém feliz com algo que você tenha contribuído.

Boas obras não salvam, mas, as obras praticadas pelo oficial romano e sua contínua oração, chamaram a atenção de Deus, refiro-me a Cornélio, Atos 10.

A pior coisa que existe no ser humano é a arrogância e pior ainda quando a riqueza é fruto de atitudes desonestas.

Guarde-nos o Senhor.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

EBD Lição nº 5: Apostasia, fidelidade e diligência no ministério

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on quarta-feira, julho 29, 2015 with 1 comment

EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 02/08/2015.

PONTOS A ESTUDAR:

I – A APOSTASIA DOS HOMENS.
II – A FIDELIDADE DOS MINISTROS.
III – A DILIGÊNCIA NO MINISTÉRIO.


Que haja dedicação ao ensino.


I – A APOSTASIA DOS HOMENS.

1.1 A apostasia.

Heresia é a divulgação de ensinamentos com erros propositais de interpretação ou vícios. Não penso que seja simplesmente por não entender um ou outro texto e que esse entendimento não comprometa o conjunto da obra; a coisa é bem pior.

Apostasia é a iniciativa de afastar-se abraçando esses erros. Recusa a obedecer ao evangelho e suas verdades doutrinárias. “Apostatarão alguns da fé dando ouvidos...” (I Tm 4:1).

Quem dá ouvidos às heresias, enche o coração e logo demonstra pela mudança de atitudes e palavras.

O autor faz menção da apostasia no A.T. e declara que a mesma era vista como “adultério espiritual”. Pior ainda, fragilizou e desnudou o povo de Deus, que foi comparado pela visão do profeta Ezequiel, a uma prostituta Ez.37. Apesar de ser uma reprimenda, esse texto é uma declaração de amor sempiterno declarada pelo Senhor. (Deus não abandonou Israel para sempre).

1.2 Doutrinas de demônios.

Vejam que situação, que exige de nós muita oração pelos pastores que militam diante das igrejas. Sempre que falamos algo a respeito das contradições, muitos crentes ficam nervosos.

O que fazer? Perguntar se os apóstolos se calariam diante de tanta confusão religiosa e doutrinária.

Calar é dar autenticidade às mentiras como se fossem verdades.

É preciso saber combater o mal.

Não concordamos também com a maneira debochada com que muitos criticam certos “pastores” nas redes sociais.

Evitar falar nomes de pessoas é mostrar prudência para evitar uma eventual confrontação jurídica.

Se atacarmos os erros amparados somente na Bíblia, os contenciosos ficarão embaraçados. Eles só gostam de discutir “ideias” teológicas.

1.3 Espíritos enganadores.

Está muito difícil saber se o que mais explora a fé humana são os espíritos enganadores ou os próprios enganadores.

Claro está que se a Bíblia fala de “espíritos enganadores” ditos pelo apóstolo Paulo é que se firma o reconhecimento pela existência deles. Quem ousa discutir a autoridade apostólica; não confundir com autoridade dos falsos após-tolos que tem surgido no cenário neopentecostal. (II Co 2:11).

II A FIDELIDADE DOS MINISTROS.

2.1 O bom ministro.

a. Quando o autor explica a origem da palavra “ministro” deixando entrever que se trata de um diácono, isto por si, mostra que na igreja do Senhor não há maiores nem melhores; mal comparando a um time de futebol e suas posições. Todos são jogadores, porém, a posição de cada um define o que e como fazer.

b. Serve a igreja ensinando, exortando e discipulando, mostra o quão cuidadoso é os que assim fazem, ao invés de tentar ganhar o povo com agrados e sorrisos, ainda que necessários.

c. Zela pela vida espiritual, é zeloso pela vida do rebanho. É preciso lembrar que o rebanho é constituído de pessoas fracas, fortes, novos convertidos, crianças e idosos. Então, que haja carinho igual e ensinos diferentes para cada grupo.

2.2 Rejeitando as fábulas profanas.

Este tópico tem muito de informativo e dispensa comentários, todavia, sempre é bom ter atenção, pois, infelizmente, há até professores de escolas dominicais que gastam o tempo exercitando suas fábulas, deixando de lado, lições tão ricas como esta, produzida pela CPAD e escritas pelo pastor Elinaldo.

2.3 O exercício físico e a piedade.

Achei muito oportuno o comentário do autor neste ponto. É sabido que a obesidade tem desfigurado muitas vidas. Somos uma sociedade sedentária. Não nos movimentamos na mesma proporção em que nos alimentamos, assim, as gorduras não são queimadas convenientemente, levando-se em conta ainda, os aditivos industriais nos produtos.

Definitivamente, não é pecado usar os recursos de uma academia que além da atividade aeróbica, oferece condicionamento físico.

Alguns cuidados precisam ser tomados, principalmente quando as elegantes e justíssimas roupas usadas sem um camisetão atraem olhares libidinosos nas ruas.

Na academia onde malho, tem um período entregue às moscas e certa feita pensei se não seria útil fazer um pacote para que senhoras das nossas igrejas, e somente elas, pudessem usar para exercícios. Há homens para quem tudo é pecado. A vida é assim; coam mosquito e engolem camelos.

III – A DILIGÊNCIA NO MINISTÉRIO.

3.1 O ensino prescritivo.

O erro de muitos tem sido o desprezo dado ao ensino sistemático das doutrinas bíblicas e da doutrina dos costumes, dos bons costumes.

Ensinar o povo é fortalecê-los a ponto de sequer darem atenção para o lixo apregoado nos nossos arraiais e através das mídias.

Quem ensina, sofre menos. A igreja se livra dos encrenqueiros, dos fofoqueiros e de outros males. Não há quem suporte viver desqualificadamente e querer conviver em uma igreja onde há bons ensinamentos.

3.2 O exemplo dos fieis.

Um jovem pastor diante da igreja e de auxiliares por vezes, bem mais velhos. Sempre tive pastores mais velhos que eu e hoje está invertido. Os pastores que tem presidido sobre a minha vida são mais novos, porém, o carinho e respeito não muda.

O que é importante para o jovem pastor é não fazer como alguns que cursam teologia e assumem igrejas com o nariz empinado, sentindo-se “o senhor dos anéis”. A humildade é uma virtude que além de qualificar aproxima as pessoas.

As palavras acima são extensivas aos professores de escolas bíblicas, homem ou mulher. Homem soberbo e vaidoso é horrível e mulher assim, ninguém suporta.

3.3 O cuidado que o ministro deve ter com o aprendizado.

Eu tenho muito respeito por quem lê a bíblia toda de maneira sequencial e programada. Para mim há uma grande diferença entre ler a bíblia toda e conhecer a bíblia toda.

Não é possível conceber que alguém assuma o lugar de ensinador na igreja e não conheça a principal ferramenta de trabalho.

Em se tratando de EBD é fundamental que o professor conheça bem o que ensina sendo esta a única maneira de não abusar da paciência dos santos.

Quem não gosta de aprender não está apto para ensinar. Pensemos nisso.

terça-feira, 28 de julho de 2015

3º SEMINÁRIO PARA ESCRITORES E ARTICULISTAS

Posted by Ronaldo Corrêa on terça-feira, julho 28, 2015 with No comments
Como desenvolver os talentos de um escritor? E como escrever um texto relevante? Estas e outras perguntas serão respondidas no 3º Seminário para Escritores e Articulistas, que acontece nos dias 07 e 08 de agosto de 2015 na Igreja Assembleia de Deus em Curitiba - PR.  
No transcorrer das palestras, você descobrirá os pequenos segredos que poderão transformá-lo num autor de sucesso.Os seminários serão ministrados por alguns dos melhores profissionais da área editorial evangélica. Entre os palestrantes estão: Pr. Alexandre Coelho, Pr. Ciro Zibordi, Pr. Claudionor de Andrade, Pr. Elinaldo Renovato e Pr. Silas Daniel. Além das participações especiais: Pr. Wellington Junior, Ir.Ronaldo Rodrigues de Souza e Pr. Wagner Gabi. 

VAMOS APOIAR O AUTOR NACIONAL
Uma das principais vocações da CPAD sempre foi apoiar o autor nacional. Pois acreditamos que sem ele jamais teríamos alcançado as metas que o Senhor Jesus estabeleceu-nos na Grande Comissão:  evangelizar e fazer discípulos até aos confins da terra. Aliás, nossa editora é o resultado do abnegado esforço de homens e mulheres que, movidos por um amor, que só o amor de Deus pode explicar, deixaram-nos uma inestimável contribuição em artigos, ensaios, revistas e livros.
Emílio Conde foi um dos primeiros frutos de nossa Casa Publicadora. Apareceu ele num momento em que as letras evangélicas ensaiavam os primeiros passos, e ainda lutavam por se firmar num solo que era propriedade exclusiva da Igreja Católica. O irmão Conde fez literatura e da melhor qualidade, apesar de não ser reconhecido como literato. Em virtude de seu pioneirismo, passou a ser conhecido como o apóstolo da imprensa evangélica brasileira. Devido ao pioneirismo de Emílio Conde, o Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembléias de Deus resolveu criar uma academia que não se limitasse às atividades acadêmicas, mas que funcionasse como uma oficina para os novos valores. Foi assim que nasceu a Casa de Letras Emílio Conde, cujo principal objetivo é apoiar o autor nacional.
Neste Seminário de Escritores e Articulistas, esperamos que os seus talentos multipliquem-se e venham a redundar em maior glória àquele que, embora nenhum livro houvesse escrito, inspirou as maiores obras da literatura universal.
Inscreva-se e torne o seu sonho realidade!



PALAVRA DO PR. JOSÉ WELLINGTON BEZERRA DA COSTA
De boas palavras transborda o meu coração. Ao Rei consagro o que compus; a minha língua é como a pena de habilidoso escritor (Sl 45.1). A Assembleia de Deus no Brasil tem um forte compromisso com a literatura evangélica. Desde a sua fundação, nossa igreja vem trabalhando incansavelmente na promoção da página impressa. Mesmo quando não tínhamos uma editora, já publicávamos jornais, hinários e revistas de Escola Dominical. E damos graças a Deus porque jamais nos faltaram homens e mulheres consagrados às letras.Em cada geração, o Senhor nos tem levantado escritores e autores, a fim de promovermos o Evangelho de Cristo através de artigos, lições bíblicas e livros.
Se hoje nos encontramos na vanguarda da literatura evangélica em nosso país é porque o Senhor tem levantado pessoas dedicadas a esse ministério. Por isso, damos as boas-vindas aos participantes do 3º Seminário para Articulistas e Escritores. Tenho certeza de que, no final destes trabalhos, muitas vocações adormecidas serão despertadas e muitos talentos serão refinados. E, assim, daremos continuidade à tradição literária da Assembleia de Deus em nossa pátria.
Em Cristo,
Pr. José Wellington Bezerra da Costa
Presidente da CGADB



CURRÍCULO DOS PALESTRANTES

Pr. Alexandre Coelho
Formado em Letras e Direito, pastor auxiliar na AD em Bonsucesso e trabalha na CPAD há 15 anos, como Gerente de Publicações. Co-autor dos livros Davi - as Vitórias e Derrotas de um homem de Deus, Vencendo as Aflições da Vida e Profetas Menores.
Pr. Ciro Zibordi
Pastor, professor de Hermenêutica, Exegese e Teologia Sistemática, autor e articulista, Bacharel em Teologia, formado em Letras e  RelaçõesInternacionais. Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e da Casa de Letras Emílio Conde; colunista do CPAD News; articulista do articulista do Mensageiro da Paz, autor dos livros: Erros que os Pregadores Devem Evitar (3 volumes); Procuram-se Pregadores como Paulo, entre outros. 

Pr. Claudionor de AndradeBacharel em Teologia; Membro da Casa de Letras Emílio Conde; Consultor Literário da CPAD; Comentarista da Revista Lições Bíblicas para Jovens eAdultos da CPAD.

Pr. Elinaldo RenovatoComentarista das Lições Bíblicas e autor de diversos livros, como Perigos da Pós-Modernidade, Deus e a Bíblia e Colossenses,todos publicados pela CPAD. É também pastor da Assembleia de Deus em Parnamirim – RN e membro fundador da Casa de Letras Emílio Conde.
Pr. Silas Daniel
Pastor, jornalista, conferencista, editor-chefe de Jornalismo da CPAD e autor dos livros "A Sedução das Novas Teologias", ganhador do Prêmio Areté da Associação de Editores Cristãos (ASEC) como melhor obra de apologética cristã lançada no país em 2008; "Habacuque - A Vitória da Fé em Meio ao Caos", "Como Vencer a Frustração Espiritual" e "A História dos Hinos que Amamos", dentre outros.
Pr. Wagner Gabi
Pastor, mestre em Teologia e Educação; Licenciado em Direito e Major Capelão R/1 do Exército Brasileiro; Presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Betânia de Ação Social; Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil; Membro Fundador da Casa de Letras Emílio Conde; Escritor: “Manual Cívico Jurídico do Cristão” (CELUZ), “Relações Públicas e  Humanas para Líderes Cristãos” (CPAD), “Teologia Sistemática Pentecostal” Tema: Angelologia (CPAD), “As Doenças do Século” (CPAD), “Planejamento e Gestão Eclesiástica” (CPAD).



3º SEMINÁRIO PARA ESCRITORES E ARTICULISTAS
Dia 07/08 (sexta-feira)Programação
19h30 Culto de abertura
20h00 Como apresesentar seu livro a uma editora - Pr. Alexandre Coelho
Dia 08/08 (sábado) Programação
09h00 às 09h30A editora e o autor - Ronaldo Rodrigues de Souza
09h30 às 10h30A Bíblia Sagrada como Livro-texto do Escritor - Pr. Wagner Gabi
11h00 às 12h00 O Perfil do Escritor e os Estilos Literários - Pr. Claudionor de Andrade
12h00 às 14h00 Almoço
14h00 às 15h00 O escritor na Era Digital - Pr. Ciro Zibordi
15h00 às 16h00 Como Escrever Artigos Jornalísticos - Pr. Silas Daniel
16h30 às 17h30O escritor como Autoridade Espiritual - Pr. Elinaldo Renovato
18h00 às 19h30 Jantar
19h30Culto de Encerramento

Serviço
Evento: 3º Seminário de Escritores e Articulistas
Local: Igreja Assembleia de Deus Curitiba - PR
Avenida Cândido de Abreu, 367- Centro Cívico - Curitiba - PR

Incrições
Telefone: (21) 2406-7352 ou 2406-7400
E-mail: eventos@cpad.com.br

O significado das Bodas

Posted by Cintia Kaneshigue on terça-feira, julho 28, 2015 with 4 comments


Essa semana eu completei 13 anos de união conjugal. Entre tantas coisas que já aconteceram comigo e meu marido durante este tempo, continuamos juntos firmes e fortes para a honra e glória do Senhor Jesus.

Em um mundo como o nosso, onde os relacionamentos matrimoniais são descartáveis, até mesmo entre alguns que fazem parte da igreja - situação esta que me deixa muito perplexa - fica cada vez mais raro presenciar as comemorações de bodas. Por este motivo apresento aqui este pequeno texto, especialmente aos casais vencedores em Jesus!

O que são Bodas?

Bodas é o nome da celebração das festas de casamento, sejam elas no civil ou religioso. As bodas são comemoradas todos os anos e a cada ano recebe um significado e uma denominação diferente.

O termo boda tem sua origem no latim "vota" que significa "promessa". Boda é uma celebração de casamento, o nome é mais usado no plural: bodas e se refere aos votos matrimoniais, feitos no dia do casamento. Para cada ano de bodas existe um material que representa a nova etapa, e já é uma celebração tradicional na cultura ocidental comemorar o aniversário de bodas.

A tradição das bodas surgiu na Alemanha, onde era costume de pequenos povoados, oferecer uma coroa de prata aos casais que fizessem 25 anos de casados, e uma de ouro aos que chegassem aos 50. Então, com o passar dos séculos, foram criadas outras simbologias para os anos seguintes, e quanto mais tempo de casado, maior é a importância do material, que vai do mais frágil ao mais resistente.

Nome das Bodas

Além dos nomes das bodas de casamento, também é possível encontrar listas com nomes de bodas de namoro, para comemoração dos meses e anos. É importante considerar que as listas não são oficiais, e por isso muitas vezes há diferenças na designação de algumas classificações.


1º. ano: Bodas de papel
2º. ano: Bodas de algodão
3º. ano: Bodas de couro ou trigo
4º. ano: Bodas de flores frutas
5º. ano: Bodas de Madeira ou ferro
6º. ano: Bodas de açúcar ou perfume
7º. ano: Bodas de latão ou lã
8º. ano: Bodas de barro ou papoula
9º. ano: Bodas de cerâmica ou vime
10º. ano: Bodas de estanho ou zinco
11º. ano: Bodas de aço
12º. ano: Bodas de seda ou ônix
13º. ano: Bodas de linho ou renda
14º. ano: Bodas de marfim
15º. ano: Bodas de cristal
20º. ano: Bodas de porcelana
25º. ano: Bodas de prata
30º. ano: Bodas de pérola
35º. ano: Bodas de coral
40º. ano: Bodas de esmeralda
45º. ano: Bodas de rubi
50º. ano: Bodas de ouro
55º. ano: Bodas de ametista
60º. ano: Bodas de diamante
65º. ano: Bodas de platina
75º. ano: Bodas de brilhante ou alabastro

Normalmente as alianças de casamento são confeccionadas em ouro, simbolizando a indestrutibilidade dessa união. Nas joalherias, tradicionalmente são produzidas alianças específicas para as bodas de prata e bodas de ouro.

O anel é usado como sinal de comprometimento. A aliança foi utilizada a primeira vez pela Civilização Romana repetindo-se esta tradição até hoje em outros povos.

As alianças de casamento assumem um papel de grande importância nessa comemoração, pelo próprio significado do nome dado a essa jóia. Aliança: ato ou efeito de aliar. Enfatizemos o que é aliar: a palavra tem origem no latim ("alligare"), significa  ligar-se, confederar-se, combinar, agrupar, unir,  unir em casamento, harmonizar.

Manifeste-se aqui

Gostaria que você compartilhasse no espaço de comentários seu depoimento de vitória no casamento, com certeza o testemunho edificará muitas pessoas que vivem em crise no lar por e já pensam em desistir do seu compromisso com Deus e seu cônjuge.



Com as informações de Portal da Família - http://www.portaldafamilia.org/datas/bodas/bodas.shtml


segunda-feira, 27 de julho de 2015

O pentecostalismo não é um apêndice do Evangelho

Posted by Eliseu Antonio Gomes on segunda-feira, julho 27, 2015 with No comments

No ano passado o instituto Pew Research apresentou o resultado de uma pesquisa realizada na América Latina, apontando que a maioria dos protestantes nessa região identifica-se com o Pentecostalismo. Em 18 países e em Porto Rico, 65% de protestantes diz pertencer a uma igreja que é parte de uma denominação pentecostal, ou identifica-se pessoalmente como um cristão pentecostal, independentemente de sua denominação.

Esse fenômeno, chamado pelos especialistas de “pentecostalização”, também faz parte da realidade brasileira. Afinal, o crescimento da população evangélica no Brasil deve-se em grande parte ao desenvolvimento das igrejas de tradição pentecostal. Segundo o Censo/IBGE de 2010 seis de cada dez evangélicos são de igrejas pentecostais, representando o grupo que mais cresceu em relação ao Censo de 2000: passaram de 10,4% em 2000 para 13,3% em 2010.

Se por um lado esses dados nos trazem alegria, com a constatação do florescimento do pentecostalismo moderno - a partir de 1900, nos Estados Unidos, por Charles Parham, prosseguindo para Los Angeles (na famosa Azusa Street, 312), em 1906, com Willian Joseph Seymour e, finalmente, Chicago, em 1907, com Willian Durham, e depois no Brasil, nos idos de 1910 - por outro, nos chamam também à responsabilidade para o resgate do pentecostalismo clássico, diante do surgimento de práticas, doutrinas e experiências que destoam dos seus postulados bíblicos originais.

Na obra Panorama do Pensamento Cristão Gregory J. Miller escreve que “acentuando a experiência de Deus na conversão e também uma dotação especial pelo Espírito Santo para o serviço e ministério cristãos (Atos 2.4; 1 Coríntios 12), os pentecostais trouxeram energia para o evangelismo e missões mundiais”. Miller ainda diz que... 

 [Conclusão da leitura em CPAD News ]

sábado, 25 de julho de 2015

EBD Lição nº 4: Pastores e diáconos

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on sábado, julho 25, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 26/07/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I – QUEM DESEJA O EPISCOPADO.
II – QUALIFICAÇÕES E ATRIBUIÇÕES DOS PASTORES E DIACONOS.
III – O DIACONATO.
IV – SERVIÇO – RAZÃO DE SER DO MINISTÉRIO.

                                  Valorizar o que tem nas mãos e no coração

                                  

  
I – QUEM DESEJA O EPISCOPADO.

1.1       Excelente obra deseja.

Por algum motivo eu deixaria a relação entre episcopado e pastor meio de lado. Basta ler atentamente Ef. 4:11.

Gosto dessa expressão, episcopado, equivalente a presbítero ou bispo como a seguinte: “Excelente obra deseja”.

A diferença entre pastor e presbítero está na condição e forma de chamada. Consideremos o pedido de Paulo a Tito em 1:5 em relação a Ef. 4:11.


1.2 A chamada.

Em 1.1 excelente obra deseja e em 1.2 a chamada, portanto, está definida a diferença.

Não significa que “desejar”  represente uma pessoa oferecida.

Todos os pastores são presbíteros, mas, nem todos os presbíteros são pastores.  IPd. 5:1.

Ser pastor é ter uma chamada que reveste o seu presbitério tornando visível para a igreja mediante a atuação no governo dela.

A chamada não é uma invenção do homem; Deus chama e capacita. Atos 13.1-3.

Se alguém diz ter chamada, verifique com a igreja onde congrega se este é o pensamento do povo.  ICo 4:1. “Que os homens nos considerem...”.

1.3 O preparo.

A preparação do obreiro não substitui o dom.

Um homem preparado sem o dom não é sensível de forma suficiente para que possa alcançar os corações.

O dom não dispensa o preparo que melhora o desempenho e abrilhanta o ministério do obreiro, torna-o mais útil para o que foi chamado.


II QUALIFICAÇÓES E ATRIBUIÇÕES DOS PASTORES E DIÁCONOS.

2.1 Atribuição dos pastores.

Penso que uma das características que todos gostam de ver no seu pastor, é personalidade.  – Conjunto de características psicológicas que mostram o jeito de ser, de agir e a individualidade do past

Uma segunda característica igualmente importante é o pastor não derrapar nas próprias palavras. Todos querem perceber que a palavra na boca do pastor é sempre a verdade.

2.2 Qualificações espirituais e ministeriais.

O autor apresenta uma lista de qualificações que devem ser lidas com calma para que os alunos entendam.

Entre as qualificações o autor aponta para o conhecimento bíblico e podemos acrescentar que na medida do possível, o conhecimento seja universal.

Quando o evangelho teve inicio no Brasil, o país vivia muito abaixo da linha razoável de educação sendo, portanto, comum, ver-se pastores analfabetos, mas, cheios da graça do Senhor e de sabedoria.

O país cresceu e a maior parte da população passou a ter acesso ao curso superior, sendo, portanto, incompreensível que um pastor assuma o pastorado como deveria ser igualmente proibido alcançar cargos público como presidentes,  governadores, prefeitos e cargos nas assembleias.

2.3 Qualificações familiares.

Recomendo a leitura deste tópico com seus alunos, mas, recomendo também que antes de estabelecer juízo de valor sobre qualquer pastor por conta dos seus filhos, recomendo que considere o que disse o profeta e sacerdote Samuel ao resignar-se do cargo e o que disse sobre os filhos em comparação ao que faziam os filhos de Elí.

ISm 12:1-4 “(...) em nada nos defraudastes...”.
ISm. 2:29 “Por que dais “coices” contra o sacrifício e contra a minha oferta de manjares que ordenei na minha morada e honras a teus filhos mais do que a mim...”.  (HONRAS A TEUS FILHOS MAIS DO QUE A MIM).

Na atual conjuntura, há muitos pastores que tem filhos distanciados e isto não os impedem de continuar exercendo o ministério, porém, deve afastar os filhos rebeldes do convívio da igreja, mas, nunca da sua casa. Com amor se ganha.

Não posso deixar de comentar que há pastores que tem filhos afastados e rebeldes por verem seus pais sofrerem injustiças no ministério.  Isto não se pode esconder. Não se pode partir um bolo e impedir que todos da mesa participem dele, pelo menos um pedacinho.

Quanto a separar jovens solteiros para o ministério, principalmente se estes não exercem de fato o pastorado, fica muito estranho, já que nossa igreja sempre requereu do pastor, convivência familiar completa; que fosse casado.

Este tópico é polêmico e o professor precisa ter pulso para não entregar a sua aula para algum aluno contencioso.

2.4 Qualificações morais.

Muito rico este tópico e recomendo a leitura dividida com os alunos.
Pastor que bebe, endivida-se de maneira não justificada, trata moças e senhoras com malícia, cobiçoso, ganancioso e outros adjetivos não servem nem para ser porteiro da igreja.


III – O DIACONATO.


3.1 a 3.3 Os diáconos chamados e a qualificação.

Perceba-se que a igreja “primitiva” consolidou a nomeação de diáconos por necessidade de atendimento à mesa, ou seja, as necessidades dos membrados.

Entendo que a qualificação para ser crente, diácono ou pastor, devem ser as mesmas.

“Não entendo que o diácono seja ‘CONSAGRADO”  como alguns dizem.  A nomeação de diácono é local enquanto a igreja precisa e enquanto o nomeado permanecer fiel. Esta posição, não diminui em nada o ser diácono, salvo para aqueles que dão mais valor ao título que o próprio exercício da função.

Servir bem como diácono é gozar da confiança da igreja e do ministério que poderá abrir espaço para o bispado.


IV – SERVIÇO – RAZÃO DE SER DO MINISTÉRIO.

4.1-3 O exemplo do mestre, de Paulo e de Timóteo.

Por qual motivo homens deixam de tomar como exemplo a vida e o legado deixado pelo Senhor, por Paulo, Timóteo e dos demais pastores que com eles andaram.

Há pastores que ficam ricos, riquíssimos  à custa da benevolência do povo de Deus.

Nunca vendi uma agulha aproveitando-me dessa benevolência e até aqui, o Senhor tem me ajudado; filhos bem formados com vida confortável. Posso morrer tranquilo.

Certa feita fui convencido por uma pessoa,  gerente do banco que cuidava da minha conta à uma reunião no ginásio do Ibirapuera; era empresarial, mas, parecia um culto, com testemunho e ostentação de riquezas e conquistas. Percebi que havia muitos pastores nessa reunião que estimulava a venda de produtos em forma de pirâmide e nessa, muitos usavam a sua influência na igreja.
Quer ser ministro? Seja ministro da verdade e de verdade.

 Não se falou em mulher até aqui, por motivos óbvios sem que isto pareça desprezo à classe feminina que desde os dias de Cristo, sempre se mostrou muito útil ao ministério.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Carlos Roberto Silva acompanhado da esposa
 Sarah Virgínia Silva. 
A COMADESPE é a Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo e Outros. Possui cerca de 100 ministérios conveniados, que congrega cerca de dois mil pastores e evangelistas. As igrejas ligadas a Comadespe estão em sua maioria estão sediadas no Estado de São Paulo, mas também agrega igrejas de outros estados e outras nações. 

A COMADESPE está vinculada à Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), age de maneira independente, atua em comissões e na própria diretoria da convenção nacional, participa desta forma de todas as decisões que regem as diretrizes da Assembleia de Deus no Brasil. O que mais faz a convenção? A Comadespe dá assistência jurídica e administrativa a seus conveniados, auxilia em processos que buscam o seu crescimento e organização das igrejas também enquanto instituições.

Está sediada na Avenida Prestes Maia, nº 241, 10º andar, conjunto 1020 do Edifício Zarzur, prédio situado no Vale do Anhangabaú, centro do município de São Paulo.

A sua frente exerce atividade diretores escolhidos em plenária com voto aberto a todos os conveniados, e conselheiros indicados por seus ministérios. Cada gestão tem período de 24 meses e a escolha ocorre durante a Assembléia Geral Ordinária (AGO), realizada anualmente de forma itinerante em cidades onde igrejas conveniadas estão sediadas.

O Pr. Carlos Roberto Silva assume a presidência da COMADESPE para o biênio 2015/2017. Pr. Samuel Nunes Damásio - Presidente da Comissão escrutinadora deu posse ao final da 3º sessão plenária realizada durante a 82ª Assembléia Geral Ordinária da Comadespe em São José do Rio Preto à nova mesa diretora da convenção para o biênio 2015/2017.

Havia apenas uma chapa inscrita para a eleição, o processo se deu de forma harmoniosa com a leitura dos componentes dos pleiteantes e a apreciação do plenário que de forma unânime aprovou a eleição dos ministros.

A chapa eleita tem como presidente o Pr. Carlos Roberto Silva, membro da convenção paulista desde 1987, tendo sido consagrado pela própria convenção. Já no ano seguinte veio a assumir a sua primeira função na mesa diretora como Segundo secretário e posteriormente tendo exercido os seguintes cargos; Primeiro secretário, Terceiro Vice presidente,Segundo Vice presidente e Vice Presidente executivo função que ocupava deste 2001.

Em seu discurso, Carlos Roberto Silva agradeceu a confiança dos convencionais e relembrou parte de sua trajetória, "No mundo espiritual a gente não sobe, desce, será um prazer continuar servindo-os, vamos continuar avançando até o dia em que Deus nos permitir, no temor e na graça do Senhor", disse após a posse.

Com propositura do Pr. Edvaldo Florêncio - 3º Vice presidente, o plenário aprovou ainda que sejam externados agradecimentos formais ao Pr. Josias de Almeida Silva, presidente da última gestão, que ficou á frente da convenção nos últimos 4 anos. Além de homenageá-lo com a outorga de Presidente da honra da COMADESPE.

Com informações de:
http://comadespe79ago.blogspot.com.br/p/quem-somos.html
http://www.comadespe.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=195:pr-carlos-roberto-silva-assume-a-presidencia-das-comadespe-pelo-bienio-20152017&catid=1:nacionais&Itemid=3
http://www.pointrhema.com.br/2015/07/comadespe-elege-diretoria-para-para-o.html 

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado (4) Aborto (16) Aconselhamento Pastoral (5) Acordo Ortográfico (3) Africa (7) Altair Germano (53) ANAJURE (8) ansiedade (3) Apologética (18) Arminismo e Calvinimo (2) Arrecadação de Impostos (2) assuntos atuais (6) Ateísmo (5) atitudes (11) audio-books (2) ação coletiva (9) barbárie (8) Belverede (12) Bibliotecas virtuais (5) Blog do Momento (52) Blogagem Coletiva (76) blogagem profética (2) Blogger (15) Blogosfera Cristã (285) blogueiros (13) Boicote (7) Brasil (29) Bíblia (4) Bíblia de Estudo (5) Cadastro (2) Campanhas (10) Caramuru Afonso Francisco (3) Carla Ribas (26) Carlos Nejar (1) Carlos Roberto Silva (7) Carnaval (2) cartunista cristão (1) casamento (24) cenas da vida (6) charge (8) Charles Péguy (1) cidadania (46) Cinema (9) Cintia Kaneshigue (55) Como criar e editar um blog? (104) comportamento (16) Comunicados (57) Concurso no blog (7) Concursos (19) conectados em oração (9) Consciência Cristã (25) Contribuição (2) conversão (10) copa 2014 (4) corporativismo (2) corrupção (23) cosmovisão cristã (238) CPAD (20) CPAD News (8) Creative Commons (6) crianças (12) crianças desaparecidas (8) crime (3) Cristofobia (7) Culto de Missões (4) Denúncias (10) Desafiando Limites (44) Desaparecidos (11) Desarmamento (2) Desastres Naturais (12) Descriminalização da maconha (2) Deus. (11) devocional (105) Dia da Bíblia (8) dia da mulher (7) Dia das Mães (5) Dia de Missões (3) Dia dos Namorados (1) Dia dos Pais (4) Dicas (119) dinheiro (11) direitos humanos (10) discurso (1) Divulgação (8) Domingo da Igreja Perseguida (6) dons espirituais (5) Dr. Luis Pianowski (1) Drogas (4) DVD (2) e-book (29) EBD (86) Ecologia e Natureza (19) Editorial (8) educação (3) Eleições (22) Eleições 2014 (11) Eliseu Antonio Gomes (498) ENBLOGUE (21) Enquete (10) Entrevistas (41) Escola Dominical (7) Escrita (8) Esdras Costa Bentho (12) Esperança (7) Esportes (10) Estudos (14) Etica (2) Etica no Blogar (23) Evangelho (2) Evangelismo (58) Evento (11) exegese bíblica (1) Facebook (5) Família (59) família Cristã (8) Felipe M Nascimento (18) Fidelidade e Infidelidade conjugal (3) filhos (5) Filosofia (3) fim do mundo (2) formação de opinião (4) frases e citações (5) Frida Vingren (1) futebol (9) (5) Geisa Iwamoto (2) Genivaldo Tavares de Melo (93) George Soros (1) Geremias do Couto (13) Geziel Gomes (1) gif (2) governo (4) Graça (12) Guerra Cultural (2) Gutierres Siqueira (16) Haiti (4) História (7) Holocausto (1) homilética (1) HQ (1) Humor (6) idosos (1) igreja (13) Igreja Perseguida (7) Imagens Cristãs (7) inspiração (1) Integridade Moral e Espiritual (13) Intelectualidade (7) Interatividade (2) intercessão (16) internet (33) Internet Evangélica (27) intolerância (2) Islamofobia (1) Izaldil Tavares de Castro (11) J.T.Parreira (2) Jairo de Oliveira (1) Japão (21) jejum (1) Jesus. (14) Jesus: O Homem Perfeito (13) jogos eletrônicos (1) João Cruzué (66) Judeus (1) judiciário (3) Jurgen Moltmann (1) justiça (3) juventude (3) Júlio Severo (8) Kelem Gaspar (17) legislação (5) LGBTS (6) liberdade de expressão (2) liberdade de imprensa (4) liderança (10) literatura (8) livro digital (4) Livros (78) lição de vida (8) Lições Bíblicas Adulto (55) Lições Bíblicas Jovens (2) Lucas Santos (8) Luis Ribeiro (7) Luiz Sayão (1) maconha (3) Magno Malta (2) manifestações copa (1) manisfestação (1) Mantenedores UBE Blogs (3) Manual da UBE (8) Marco Feliciano (21) maridos (2) Marina Silva (1) Mark Carpenter (1) Marl Virkler (1) Marta Suplicy (3) Martinho Lutero (1) Maya Felix (10) Meios de comunicação (5) mensagem (1) mentira (2) missiologia (24) Missão (1) Missão Integral (4) missões (87) morte (4) Motivação (47) mulheres (13) mártires (2) música (4) namoro (4) Natal (33) Nazismo (2) Nietzsche (1) Notícias (87) opinião (31) oração (9) Orkut (13) ortodoxia (1) Pablo Massolar (1) papel de parede (1) parábola (1) passatempos (5) pastores (12) Paul Tripp (1) Paul Washer (1) pena de morte (1) perdão (1) Perseguição política (12) Perseguição religiosa (26) Pinterest (1) PL 122/2006 (64) Plágio (14) PNDH - 3 (17) poder de Deus (8) Poesia (21) polêmicas (8) Política (120) Pornografia (2) portas abertas (1) Português (5) pregação e pregadores (3) Primavera de Sara (2) profecia (3) profecias maias (1) profeta (2) Promoção (39) Protestantes (10) protesto (1) páscoa (3) Rankings (1) Recursos (7) Redes Sociais (41) Reflexão (60) Repúdio (38) ressurreição (2) Retrospectiva (1) Revista Cristã (7) REVISTA FORBES (1) Robin Willians (1) Ronaldo Côrrea (2) Sammis Reachers (92) Saúde Pública (7) SBB (1) Selos (16) Senado Federal (23) SENAMI (1) Sentido da vida (3) Sidnei Moura (8) Silas Daniel (2) Silas Malafaia (30) Sorteios (16) STF (12) suborno (1) Teatro (3) Tecnologias (6) Televisão (14) Templates (8) teologia (6) testemunho (8) trabalho escravo (2) tradução (4) tragédias (2) tribulações (3) Tráfico Humano (9) tráfico sexual (6) tutoriais (9) Twitter (10) UBE (13) UBE 2007 (83) UBE 2008 (120) UBE 2009 (166) UBE 2010 (201) UBE 2011 (239) UBE 2012 (179) UBE 2013 (165) UBE 2014 (161) UBE 2015 (81) UBE NA MÍDIA (4) UBEbooks (6) UOL (5) utilidade pública (12) Uziel Santana (4) vaidade (1) Valmir Nascimento Milomen (116) viagem missionária (5) Victor Leonardo (7) Vida Cristã (119) vida eterna (5) vida real (10) Viktor Frankl (1) VINACC (11) Vinicius Pimentel (1) voto (6) voto evangélico (8) vídeo (54) Wagner Santos (1) Wallace Sousa (70) wallpaper (1) Wellykem Marinho (1) Wilma Rejane (145) Yosef Nadarkhani (7) Zip Net (3)