• Livro sobre Blogs Evangélicos

    O livro foi escrito por um grupo composto por blogueiros cristãos consagrados e reconhecidos no Brasil, trazendo reflexões valiosas a respeito da utilização dessa ferramenta para a divulgação e defesa do evangelho na internet

  • Aplicativo UBEblogs

    Instale agora este aplicativo

  • Rede UBE

    Afilie-se

  • Quem somos

    A UBE nasceu em 30 de agosto de 2007 com o selo dos três peixinhos. Era um sonho dos irmãos Valmir Nascimento Milomem, Altair Germano e Esdras Costa Bentho de congregar blogueiros evangélicos para publicar conteúdo cristão na internet . Até setembro de 2008 a administração e moderação da comunidade

  • Os selos clássicos do UBE Blogs

    Escolha um dos selos cuja cor mais combina com o layout do seu blog e mostre a todos os internautas que faz parte do movimento virtual de blogueiros cristãos que mais cresce na Blogosfera Brasileira.

  • Salmos 133:1

    "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união."

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

EBD LÇ.8 O CUIDADO COM A LÍNGUA.

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on quarta-feira, agosto 20, 2014 with No comments
EBD – LIÇÃO PARA O DIA 24/08/2014
PONTOS A ESTUDAR:
I – A SERIEDADE DOS MESTRES.
II – A CAPACIDADE DA LÍNGUA.
III – NÃO PODEMOS AGIR DE DUPLA MANEIRA.

MEÇA O TAMANHO DA SUA LÍNGUA.




PROPOSTAS DA INTRODUÇÃO: Pensando nesta lição durante o dia, fiquei pensando, por que culpar um membro que tem vital importância em nosso corpo transformando-o em agente ativo quando a doença de falar o que não deve está na alma? A língua e a mente são uma coisa só quando vistas através da palavra de Deus.

I – A SERIEDADE DOS MESTRES.

1.1. O rigor com os mestres.

O mais duro juízo.

Não sei como muitos veem esse texto ou nem veem.
Devemos pensar que todos os privilégios que a função pastoral possa disponibilizar incluindo-se aí, a popularidade não devem levar ao esquecimento, que seremos julgados por nossos atos.

O peso mais severo do julgamento recairá sobre o que ensinamos errado ou simplesmente, deixamos de ensinar o certo.

Como disse Jesus aos Fariseus: “... pois que percorreis os quatro cantos da terra para fazer um discípulo e prosélito e depois os transforma em filhos do inferno duas vezes mais do que vós”.  Mt. 23:15.


1.2 A seriedade com os mestres na igreja.

Há dois aspectos importantes na vida daquele que ensina na igreja:
a) Com a própria vida para que o ensino não seja invalidado.
b) Com a verdade e qualidade do ensino. Os gritos e as vozes militarescas podem ser dispensados quando a Palavra de Deus é valorizada entre os irmãos em sua plenitude.

“Ide e fazei discípulos” para o Senhor e não para si próprios.

1.3 Perfeição que domina o corpo.

Recomendo a leitura deste tópico, chamando a atenção dos alunos para sua riqueza quanto as seguintes considerações:
a) Controlar a língua sem cometer excessos.
b) coração preservado.

Quem pretende servir no ministério, deve avaliar se é uma pessoa controlada, pois, ninguém mais que o pastor da igreja, conhece intimidades dos fieis e a preservação da dignidade deve partir do controle da fala. Isto vale para as lideranças menores no meio da igreja.

Nem nas chamadas “reuniões privadas de liderança” deve o obreiro falar sobre a vida alheia, salvo, assuntos que caíram no domínio público.

Pastor e mulher de pastor que sabe controlar a língua promove a paz na igreja de forma natural.

II – A CAPACIDADE DA LÍNGUA.

2.1 As pequenas coisas no governo do todo.

A comparação feita com o leme dos navios e o freio dos cavalos mostram como o apostolo usou bem essas figuras para que percebêssemos o grande e terrível mal causado por uma língua descontrolada e irresponsável.


2.2 “A língua também é um fogo”.

A língua controlada traz-nos muita paz.

Sempre tive um absoluto respeito por quem estivesse do meu lado compartilhando a direção e administração da igreja, porém, isto nunca foi motivo para confiar particularidades que envolvessem um ou mais membros da igreja no tocante a assuntos a mim confiados.

Nunca gostei de trabalhar como bombeiro na igreja, assim, preservar era preciso.

2.3 Para dominar a língua.

Nunca pensemos que “abrir o leque” falando de alguém para o pastor da igreja vá fazer de nós, heróis.

Temos capacidade de dominar bestas feras e domesticar animais, assim devemos nos esforçar para controlar a nossa língua, domestica-la ou mantê-la sob controle.

                       
III – NÃO PODEMOS AGIR DE DUPLA MANEIRA.

3.1 Bênção e maldição.

Para este tópico, há um texto que devemos considerar e guardar em nosso coração como  um tesouro para ter descanso na alma.

Pv.6:16 – Língua mentirosa, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos.

Conheci muitos casos de pessoas maravilhosas, usadas por Deus, bênção nas ações e maldição no mau uso da língua em outras situações.

Seja uma bênção na sua igreja.

3.2 Exemplos da natureza.
O autor mostra os exemplos tomados por Tiago com elementos da própria natureza.
- A fonte das águas
- Os frutos produzidos por uma árvore.

É muito duro, olhar-se para uma pessoa e perceber duas; a que fala o que diz ser e a que é de verdade por sua dupla ação.

Leve-se em conta que o autor considera o fato de muitos bendizerem a Deus e maldizer o próximo.  Isto não é incomum e com certeza, tem causado muitos danos espirituais a esse tipo de fonte.

O professor deve levar os alunos a pensarem com seriedade nas questões acima.

3.3 Uma única fonte.

Este tópico é curto e rico em seu conteúdo, leia ou peça que leiam, chamando a atenção para o vigor dessas palavras.

O novo nascimento proporciona qualidade completa de vida que inclui o controle da língua e o zelo que devemos ter com todos os que convivem conosco em santa comunhão nas igrejas.

Quero aproveitar para lembrar que é comum novos convertidos abrirem o coração para aqueles que o acompanham e é preciso ensina-los a preservar detalhes da vida e quando compartilhadas, preservar para não expô-los de maneira negativa.



domingo, 17 de agosto de 2014

Entrevista com o Pr Antônio Paniago da Missão Vida Nova em Moçambique

Posted by Cintia Kaneshigue on domingo, agosto 17, 2014 with No comments

Entrevista concedia pelo Pastor Antonio Paniago via online para Cintia Kenashigue

Casal Antonio Paniago e Sandra Nabuko


O senhor é natural de onde?

Sou natural de Campo Grande, MS, nascido em 13 de junho de 1960.

O senhor é casado? Tem filhos?

Sou casado há 31 anos com a mesma esposa, a pastora Sandra Nobuko Sakata Paniago, minha companheira em todo tempo. Antes de me casar tive um filho chamado Thiago Sata Paniago (in memorium, faleceu há quatro anos, deixando três filhos) frutos de um relacionamento antes de conhecer minha esposa Sandra. Quando nos casamos, ela registrou e criamos eles. Depois, tivemos um casal de filhos, o Rodolfo Akira Sakata Paniago, missionário juntamente com a sua família em Moçambique, e a Natália Agecir Sakata Paniago, levita, casada, e morando no Brasil.

Conte-nos um pouco da sua história como cristão.


Somos cristãos há mais de 18 anos. Começamos a frequentar a Igreja em 1995, no Japão, na cidade de Ayase, onde Deus maravilhosamente trabalhou em nossas vidas completando esta obra no dia 27 de Novembro de 1996. E ainda nos deu um ministério. Isto ocorreu na igreja Assembleia de Deus presidida pelo Pastor Susumo Ikeizumi, o qual teve juntamente com Deyse Paniago, minha irmã caçula, uma participação digna de registro em nossa conversão. Retornamos no ano 1997 ao Brasil onde eu e meu filho Rodolfo fomos discipulados e batizados, minha esposa já era batizada. Logo, fomos aproveitados pelo ministério para trabalhar na obra. Tomamos gosto pela leitura sistematizada da Bíblia Sagrada e admirava o conhecimento bíblico e teológico profundo do amado e saudoso Presbítero Odócio Gregório, que se tornou nosso Gamaliel. Ao sair do serviço, reuníamo-nos para o estudo bíblico em sua casa. E também começamos a estudar através do curso do intituto biblico chamado ETAD, e logo fomos dar aula na escola bíblica de nossa congregação Desejei desesperadamente ter este conhecimento e me coloquei a estudar a Palavra de Deus. Em 1999 nosso coração começou arder por Missões e no ano 2000, com a chamada mais forte e com a bênção do ministério, retornamos ao Japão, agora com a família. Antes pensávamos que seria por pouco tempo, mas a partir de um culto, realizado no ano de 2002 em um acampamento aos pés do monte Fuji, em Yamanakako, entregamos a nossa vida para a obra missionária, quando Deus começa a revelar seu propósito quanto a Missões. Deus nos despertou para começar plantar igreja, primeiramente na cidade de Kakegawa-Shi na província de Shizuoka Ken no Japão, onde se tornou a nossa base Missionaria.

Como o senhor veio parar no Japão?

Claro que hoje eu entendo que tudo isso fazia parte de um propósito divino. No ano de 1990, eu trabalhando no Eletrosul, sendo alcoólatra, com vida promíscua, meus cunhados desejaram vir ao Japão pela primeira vez e minha esposa quis vir com eles. Decidi acompanhá-los, estava de férias e aproveitei. Ao chegar, decidi junto com minha esposa que não retornaríamos, ficaríamos para lutar com o objetivo de terminar um projeto de construção. Pedi licença à empresa, que nos atendeu, e assim fiquei até ter um encontro com Deus, quando fui liberto de 22 anos da dependência do álcool, cigarro e outras droga, e tive a reestruturação do casamento. Deus fez tudo novo...

Como o senhor vê a comunidade evangélica no Japão e países da África?

Sabe, é notório que são dois extremos bem distintos. Na África, nos países onde passei e nos instalamos, o povo nasce dentro da idolatria, a grande maioria das pessoas quando ouve falar de Jesus se entrega sem reservas. se torna submisso à Palavra, respeita a autoridade. É prazeroso ver isso, pois se entregam mesmo, querem estudar, crescer. Isto produz uma satisfação a quem quer fazer discípulos, enquanto no Japão a maior...

Conte-nos como nasceu a Missão Vida Nova, seu desenvolvimento e também os projetos para o futuro. O povo africano têm dado abertura para a Palavra de Deus?

Como dito acima, no ano 2000 nosso coração ardeu por Missões e em 2002 recebemos a revelação de Deus e entregamos nossas vidas à obra missionária. Plantamos igrejas, primeiramente na cidade japonesa de Kakegawa-Shi, província de Shizuoka Ken, que se tornou a nossa base Missionaria. 

E havendo em nós o desejo de passar para as pessoas o que ganhamos de Deus, a Vida Nova, nasce agora a Missão Vida Nova. 

No ano de 2006, conhecemos o Irmão chamado Marcos Astorcondor, da cidade de Lima, irmão caçula do Pastor Miyer Astorcondor, que na época congregava conosco em nosso ministério. Começamos a apoiá-lo e iniciamos um trabalho com as crianças, ensinando princípios bíblicos e também dando lanche. 

No ano seguinte iniciamos a igreja no Peru, na cidade de Lima, com os pais destas crianças. Pamplona Alta é uma localidade paupérrima, carente, sem infraestrutura, e enquanto trabalhávamos fomos impelido pelo Espirito do Senhor no inicio de 2008 a ir à África, especificamente à Moçambique, com a bênção do nosso pastor presidente Eliel de Alencar. Em Moçambique fomos em Setembro para espiar a Terra, no ano seguinte retornamos para preparar obreiro e iniciar o trabalho, no posto administrativo de Mafambisse, no distrito de Dondo, na província de Sofala, onde fica a sede do Ministério com a liderança do Pastor Arsenio Luis Zimba e na Vila de Muda que fica no distrito de Nhamatanda também província de Sofala onde logo a seguir iniciamos um trabalho com a liderança com o Presbítero Chezane Luís, e nosso bondoso Deus no concedeu condição de preparar alguns obreiros. 

Em 2010, pudemos iniciar um trabalho na cidade de Nampula , que é capital da província do mesmo nome, localizada no norte de Mocambique, para onde enviamos o Presbítero Sitoe Paulino e sua esposa a Dcª Dorcas, um trabalho que já adquiriu um pequeno terreno e fizemos a construção de um pequeno salão, bem como um quarto e um banheiro. 

Em Abril de 2011, Deus nos levou a comunidade de Mutua onde iniciamos um trabalho, Presbítero Stiven Tavenga Malpissa e Dcª Virginia assumiram a direção. Mutua é uma comunidade paupérrima, Deus nos constrangeu a querer fazer mais por este povo, uma vez que a Igreja tem responsabilidade com o social, fomos orientados a investir na educação. Buscamos Deus, pois não tínhamos condição e Deus bondosamente começou a nos trazer alguns parceiros e a Missão Vida Nova consegue adquirir uma estrutura em Mutua.

Em Fevereiro de 2013 implantamos o projeto EPEFA (Escolinha Pastor Eliseu Feitosa de Alencar) Projeto este em que as crianças entram cedo e tomam o café da manhã, ao decorrer do dia almoçam e lancham, têm higiene como banho e escovação dos dentes. Usamos um método de Educação por principio onde a Bíblia é usada para ensinar as criança a ler e escrever. Deus nos leva a buscar parceiros físicos para adotar as crianças com a quantia de 50 dólares ao mês, para a manutenção da despesa da criança, e também parceiros para adotar o quadro pedagógico e cozinheiro e guarda. Hoje estamos fazendo reforma, trazendo algumas melhorias como água, melhoramento na cozinha e estamos construindo seis banheiros com chuveiro, que é uma novidade na região. Buscamos parceiros para nos ajudar a investir no término da construção. Temos o objetivo de construir mais uma sala de aula. 

No ano de 2012, fomos dirigidos à uma comunidade muito pobre que se chama Biquiri e também Caia, onde estamos preparando obreiros. Em dezembro de 2012, Deus nos mostrou outras nações no continente africano.

Em Março de 2013 enviamos do Brasil, um casal de Missionários, da cidade da Praia Grande-São Paulo, o Presbítero Emerson Marçolar e sua epsosa Roseneide Marçolar. Ele assumiu a igreja de Mutua e ela se tornou cordenadorada EPEFA. Temos o projeto de fazer melhorias nesta igreja. 

Também enviamos no mês de agosto de 2013 o meu filho, o Missionario Rodolfo Akira, para asserar o Pastor Arsenio Zimba,.Temos realizado duas festas anuais em Moçambique, ocasião em que alguns parceiros têm a oportunidade de ir conosco e unidos trabalharmos em pró do Reino de Deus. 

Em fevereiro de 2014, iniciamos mais um ano letivo na escolinha EPEFA, a nossa Diretora Pedagógica, pastora Andrea Fujiwara, se deslocou para realizar a capacitação dos professores, para que eles possam melhor servirem o reino de Deus através da Escolinha. 

Neste mesmo ano, iniciamos mais um projeto, que é o instituto Biblico em Mafambisse, é o unico instituto do distrito de Dondo, cuja incumbência é preparar e formar obreiros do nosso ministério e das demais igrejas.

Como é para o senhor se deparar com uma realidade tão diferente da qual nós decasséguis vivemos, lá em Moçambique?

O que mais mexeu comigo foi quando eu e minha esposa saímos da primeira vez de Moçambique e quando nos embarcamos e nos acomodamos, percebi que ela chorava e ao mesmo tempo tentava sufocar o choro. Perguntei o que se passava, entre lágrimas me disse a frase mais linda que já ouvi: "Nós podemos fazer alguma coisa por este povo e nós vamos fazer algo por eles em nome de Jesus." Eu pude entender o quanto podíamos fazer, e entendi que o nosso limite é o céu e pelo lado de dentro, e que nós como igreja do Japão temos um potencial muito grande e não conhecemos este poder. A Missão Vida Nova vem com esta proposta de nos unir em favor do reino de Deus.

O senhor, ou alguém de seu ministério em Moçambique, já sofreu algum tipo de perseguição?

Claro que sim, já fomos perseguidos pelos religiosos, levados aos tribunais de postos administrativos. Mas Deus nos deu vitoria. No começo, encontramos religiosos querendo barrar a obra de Deus, fomos intimados, resistimos confiantes na autenticidade da chamada e continuamos,  graças a Deus hoje podemos ver a transformação de vidas, famílias transformadas e todas tendo a mesma experiência que um dia eu tive de receber uma vida nova.

Como podemos contribuir com a Missão Vida Nova?  Nós, aqui no Japão, Brasil ou outras pessoas em outros lugares do Mundo?

Em todas as congregações da Missão Vida Nova o líder e suas famílias servem ao Senhor. Eles estão empenhados na pregação do Evangelho de Jesus Cristo. Eles não possuem emprego, não têm outras fontes de receitas para manter as suas famílias. A Missão Vida Nova te convida a adotar a liderança de uma Congregação. Estimamos que cada pastor precise no mínimo de 100u$ por mês para cumprir as necessidades básicas de sua família. Você poderia aceitar o desafio de ajudar uma família de líder a anunciar o Evangelho assumindo o compromisso ao adotar uma congregação, você receberá em seu e-mail, relatórios mensais do trabalho, podendo acompanhar o ministério e também juntamente conosco visitar o trabalho em Moçambique.

Bem queridos, a Missão Vida Nova também tem o projeto escolinha Pastor Eliseu Feitosa de Alencar, você poderá adorar uma criança por 50 u$ mensal, o dinheiro custeará para esta criança seu café da manhã, almoço, lanche, banho, produtos da higiene bucal, material escolar enviado do Japão e do Brasil, bem como uniforme, um ensino de qualidade chamado "educação por principio" e  lazer.

Poderão também adotar professores da EPEFA por 50 U$ mensais. Poderão nos ajudar na construção de novas salas, por sermos a únicas escola que oferece tudo e não cobra nada, existe intensa procura por vagas.

Pastor, deixe algumas palavras de conclusão para nossos leitores 

Só queria dizer aos amados leitores que juntos nós podemos fazer algo grande, que juntos temos força, por isso vos convido a participar deste projeto de Deus chamado Missão Vida Nova.

sábado, 16 de agosto de 2014

EBD LÇ.7 A FÉ SE MANIFESTA EM OBRAS.

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on sábado, agosto 16, 2014 with No comments
LIÇÃO PARA O DIA 17/08/2014
PONTOS A ESTUDAR:
I – DIANTE DO NECESSITADO, A FÉ SEM OBRAS É MORTA.
II – EXEMPLO VETEROTESTAMENTÁRIOS DE FÉ COM OBRAS.
III – A METÁFORA DO CORPO SEM O ESPÍRITO PARA EXEMPLIFICAR A FÉ SEM OBRAS.




PROPOSTAS DA INTRODUÇÃO:
“A fé não é uma fuga da realidade”. Pensamento importante considerando que muitos têm usado a fé como argumento para viver um mundo de fantasias e causado muitos danos a seara do mestre e aos próximos.
“A fé e a obra são complementares”.

I – DIANTE DO NECESSITADO, A FÉ SEM OBRAS É MORTA.

1.1. Fé e obras.

O autor faz alusão aos postulados de Paulo no tocante à fé e obras para desarmar os que pretendam usar argumentos legalistas para justificar a razão da fé enquanto Tiago harmoniza a fé com as obras tendo estas como fruto do arrependimento cujo exercício fortalece ainda mais a fé no coração do crente.

Indiscutivelmente, tudo o que precisa para a salvação, Cristo aperfeiçoou na sua morte, agora, precisamos de atitudes que o glorifique ainda mais, em nossas vidas.

1.2 O cristão e a caridade.

O professor pode ler este tópico para seus alunos ou apenas citar a sua importância em todo o contexto da lição, encerrando com uma pergunta: O que tem sido feito em relação a  ajudar o necessitado?
Mostrar-lhes importantes textos que tratam dessa responsabilidade cuja falta pode comprometer a salvação por viver-se uma fé sem vida de fé.
Pv. 21:13 “O que tapa o seu ouvido ao clamor do pobre, clamará e não será ouvido.”.  – E não será ouvido.

1.3 A “morte” da fé.

- Segundo o autor:  “A concepção de fé apresentada em Tiago é a confiança em Deus...”.

Essa confiança em Deus se projeta em nossa ação no sentido de alcançar o próximo, principalmente os mais necessitados. Como podemos afirmar que temos fé em Deus desprezando o semelhante? Lamentavelmente, parece que nunca fomos ensinados a servir e não falo da “teoria do serviço cristão”.

II – EXEMPLO VETEROTESTAMENTÁRIOS DE FÉ COM OBRAS.

2.1 Não basta “crer”.

Consideremos a importância do enunciado do autor no tocante a crença comum em Deus.
Crença comum em Deus é a crença popular ou resultado das nossas tradições religiosas, sem qualquer compromisso com Deus nos termos dos testamentos deixados como herança escriturística da sua expressa vontade.

2.2 Abraão.

Nem precisa gastar muito tempo contanto em aula, toda trajetória do patriarca, até o Monte Moriá. Falar da importância da fé do patriarca de Israel que é o maior exemplo de entrega a Deus, independente do quanto pareça difícil para nós.

Quero chamar a atenção para as palavras do Senhor após Abraão ter provado que não haveria obstáculos para a verdadeira adoração: “Agora sei que tu temes a Deus e não me negastes o teu único filho.”.  Gn.22:12.

2.3 Raabe.

Raabe se sobressai tanto quanto Abraão por sua fé atuante em favor dos espias de israel o que denota, fé em Deus, da maneira como Deus aprecia nos seus.

Observe-se que a justificação de Raabe e de Abraão não é referida por Tiago como sendo, as obras pelas obras, mas, a fé mediante as obras o que muda o completo e perfeito sentido.

Que seja assim conosco; façamos para que o mundo veja o significado da nossa fé em Cristo.


III – A METÁFORA DO CORPO SEM O ESPÍRITO PARA EXEMPLIFICAR A FÉ SEM OBRAS.

3.1 Uma analogia do corpo sem espírito.

Confesso que apreciei a expressão do autor quando fala: “...um corpo vivo sem o espírito e a alma.”.  corpo + espírito e alma, somente para lembrar a confusão que muitos fazem desses dois elementos com naturezas independentes, mas, um quanto ao valor da natureza espiritual do homem. Assim entendemos no mesmo texto, a citação: “...um corpo alma em sociedade”.

Assim, como um corpo não vive sem a natureza espiritual, alma e espírito,  a fé sem as obras é morta.

Este assunto devia ser levado mais a sério por nossas igrejas para o bem da membresia.
3.2  Da mesma maneira: fé sem obras é morta.

Espera-se que os professores controlem os ânimos, pois, todos gostam de falar sobre o assunto.

Vamos aos fatos, finalizando:

a) Os trabalhos sociais de uma mega igreja substitui o trabalho formiga dos crentes?

b) Os trabalhos sociais de uma mega igreja atendem os lamentos de muitos crentes necessitados dentro das igrejas?

Minha análise pessoal.
As chamadas mega igrejas pelo poder econômico que possuem, via de regra, apresentam um serviço social, investindo uma insignificante parcela do que detém com vistas a mostrar que fazem acontecer, penso muito e não consigo me convencer do contrário.

De outro lado, os crentes fazem suas contribuições e salvo, honrosas exceções, cruzam os braços achando que a igreja já cumpre o papel social.

Penso que essa característica de igreja institucional tem abandonado o ensino bíblico da carta de Tiago e assim, temos uma geração de crentes apáticos quanto os deveres de fazer movimentar a fé mediante as obras.

Abramos os olhos enquanto é tempo.



A verdade sobre profecia de morte de Eduardo Campos

Posted by Wilma Rejane on sábado, agosto 16, 2014 with No comments


A suposta profecia não falou de morte


Wilma Rejane


Confesso: pesquisei muito sobre a suposta profecia feita por uma irmã da Assembléia de Deus em Abreu e Lima (Pernambuco) prevendo a morte de Eduardo Campos,  nada de concreto encontrava.  Fiquei receosa de comentar ou republicar algo nesse sentido, por dois especiais motivos:

- A profecia que circula não é clara e tanto poderia estar descrevendo sua morte como sua vitória a presidência da República:

" Grande será o cortejo para ti, homem de honra. A tua vida está em minhas mãos, e na esteira do tempo, determinarei os teus dias"

- Nenhum pastor ou quem quer que seja da Assembléia de Deus em Abreu e Lima (Pernambuco) se pronunciou sobre o ocorrido. Obs: Após publicação desse artigo(no blog Tenda na Rocha) o pastor presidente da igreja emitiu nota, veja no final desse artigo.

Julguei confiável então, republicar  artigo do pastor Jarbas Aragão  em  Gospel Prime , ele traz informações detalhadas e de fontes seguras sobre o caso :

***

Após a morte de Eduardo Campos, ex-presidenciável falecido esta semana, surgiram dezenas de matérias elogiando a sua vida e trajetória política.

Infelizmente, como acontece muitas vezes também surgiram muitas noticias falsas. Uma delas, que ganhou notoriedade nos últimos dias é que ele seria filho de um presbítero da Assembleia de Deus e que teria recebido uma profecia sobre sua morte em um culto.


O portal Gospel Prime pesquisou a biografia do pai de Eduardo, Maximiano Accioly Campos, falecido em 1998, e verificou que essa informação não procede. Na página com a biografia de Maximiano, do Instituto que leva o seu nome, consta que ele era advogado e escritor.

Na notícia que vem sendo veiculada nas redes sociais e em alguns sites gospel, é citada uma reportagem da revista Época dando conta que Eduardo chegou a liderar o conjunto de jovens da igreja por 4 meses. Uma pesquisa no site da Época aponta que essa informação jamais foi veiculada pela revista, nem faz parte da extensa matéria de capa dedicada à sua biografia ano passado.

Várias agências de notícia divulgaram que sua mãe, Ana Arraes, passou mal durante uma missa realizada em sua casa em memória de Eduardo que reuniu 150 pessoas. É no mínimo questionável que a esposa de um presbítero da Assembleia (que presume-se também seria evangélica) chamasse um padre e um bispo para realizar uma missa em sua casa e não um pastor para fazer um culto.

A imagem dele recebendo oração (e a suposta profecia) também foi compartilhada e comentada milhares de vezes nos últimos dias nas redes sociais. A maior parte das postagens traz o mesmo texto enganoso, que carece de fontes legítimas, e segundo o Google foi publicado pela primeira vez no site O Fuxico Gospel. A parte que merece destaque é:

“A atenção dos presentes foi para uma cena de profecia em que uma das irmãs enquanto cantava dirigiu ao candidato, pôs a mão sobre sua cabeça, bateu no peito com a seguinte frase: “Grande será o cortejo para ti, homem de honra. A tua vida está em minhas mãos, e na esteira do tempo, determinarei os teus dias. Após citar tais palavras, a cantora cantou, e tomou seu assento. A expressão do candidato Eduardo Campos não foi das boas, ficou pensativo e o tempo todo com a cabeça baixa ao lado do seu assessor mesmo que parte do povo presente acreditava ser uma referencia a sua vitória presidencial”.

Outra versão do texto diz “Alguns Pastores e irmãos que estavam próximo dele afirmam que Deus falou assim: ” Todo o poder está em minhas mãos, sou o dono do universo, A quem eu quero exalto e quem quero abato! Sabes tu que eu o Senhor posso te fazer subir e chegar ao último degrau?


A fotografia da mulher orando por ele é verdadeira e a profecia foi testemunhada por várias pessoas presentes, contudo não nos termos que vem sendo divulgados. O pastor Oséas Lemos, que estava no culto, postou a imagem no Facebook dia 13 de agosto, com o comentário “Cuidado irmãos! Já tem gente fazendo críticas e isso porque não guardaram as palavras e agora estão insinuando que Deus falou o que não falou, dou graças a Deus que consegui guardar as palavras que ouvi Deus falar para ele como se fosse para mim”.

O portal Gospel Prime entrou em contato com o autor da fotografia, Kleber Nunes. Ele declarou: “Postei a foto e não imaginava que iria repercutir tanto. Garanto que não houve nenhuma profecia sobre a presidência nem que isto iria acontecer ”. Esclarece ainda que a foto foi tirada em 2013, na comemoração dos 10 anos do pastor Roberto José dos Santos frente à presidência da COMADALPE.

Não se questiona que Deus tem todo o poder, que conhece o futuro e que pode “abater” qualquer um se assim desejar. Mas as matérias que afirmam que a morte de Campos foi profetizada e o “cortejo” seria fúnebre estão equivocadas. Nossa preocupação é evitar o sensacionalismo envolvendo o nome de Deus na esteira de uma tragédia como essa.

O problema que se apresenta é duplo. Primeiramente, a facilidade com que se divulga material com conotação evangélica de caráter duvidoso e a velocidade com que se espalha nas redes sociais, sem uma verificação das fontes. Em segundo lugar, acaba pondo em cheque a atuação de Deus. Sabedor de todas as coisas, Deus não poderia ter mentido ou se enganado, muito menos pego de surpresa. Logo, a profecia em questão não poderia apontar para uma futura presidência.

NOTA DE ESCLARECIMENTO - Via Point Rhema


Nestes últimos dias, têm sido veiculadas por meio da internet muitas postagens especulativas sobre uma mensagem de morte que teria sido proferida ao nosso querido ex-governador Eduardo Campos, por ocasião de sua presença em um culto na Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Abreu e Lima.

 Quero dizer que NÃO tem procedência tais afirmações, já que em nenhum momento daquela reunião foi ouvido, por qualquer dos presentes, nada que venha corroborar a possibilidade do vaticínio de sua morte. Também NÃO procede a afirmativa de que seu pai era presbítero da igreja. Pelo que percebemos, há pessoas mal intencionadas que ficam fazendo postagens sem nenhum conhecimento dos fatos, e outros que as curtem, comentam e compartilham sem nenhum senso crítico responsável. Sempre publicamos reuniões e fatos relevantes de nossa igreja para a comunidade cristã. 

Em nenhum momento isto foi sequer publicado ou ventilado por nós nesta página ou em qualquer outro lugar. Não sabemos de onde partiu tais especulações. Vimos pedir a todos que não se deixem levar por tais postagens. É momento de serenidade, reflexão e oração pelas famílias enlutadas, que merecem todo o nosso respeito e consideração. 

Que Deus Abençoe.

Pr. Roberto José dos Santos


segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Morre Robin Willians aos 63 anos

Posted by Cintia Kaneshigue on segunda-feira, agosto 11, 2014 with No comments
Robin Willians em Patch Adams
Aos 63 anos de idade, o veterano ator Robin McLaurim Williams  foi encontrado morto na segunda-feira (11) em sua casa em Tiburon, na Califórnia. Nascido em Chicago, no dia 21 de julho de 1951, ficou famoso por interpretar o alienígena Mork na série de televisão 'Mork & Mindy' (1978).

Depois de experimentar sucesso como humorista em espetáculos de stand-up comedy, desfrutou de maior sucesso em Hollywood. O ator terminou ganhando papéis de destaque em diversos filmes dos anos 80 e construiu uma notável carreira no cinema. Williams foi protagonista nas comédias 'Popeye' (1980), 'Uma Babá Quase Perfeita' (1993) e 'A Gaiola das Loucas' (1996), também comoveu o público em dramas como 'Bom Dia Vitenã' (1987), 'Sociedade dos Poetas Mortos' (1989), 'Tempo de Despertar' (1990), 'O Pescador de Ilusões' (1991) e 'Gênio Indomável'.

Além de um Oscar como ator coadjuvante pelo filme 'Gênio Indomável' de 1998, ele foi premiado com dois prêmios Emmy, seis Globos de Ouro, dois prêmios do Screen Actors Guild e seis Grammys.

Começou com ele a fase de vozes de artistas famosos em desenhos animados, quando aceitou dublar em 1996 o gênio da lâmpada de Aladin, na produção da Disney. Seu último filme, uma comédia, “Absolutely Anything” é uma atuação de dublagem, empresta a voz para um cachorro, junto com a trupe inglesa Monty Python.

Participou da série de filmes 'Uma Noite no Museu' ao lado de Ben Stiller, e chegou a gravar as cenas da mais recente sequência do longa, cuja filmagem terminou há três meses e no momento está em fase de pós-produção com previsão de estreia no Brasil em 2015.

William havia retornado à televisão, participou da série  'The Crazy Ones', lançada pela CBS, ao lado de Sarah Michelle Gellar, que interpretava sua filha. O programa teve poucos episódios e foi cancelado.

Apesar da carreira bem sucedida, teve uma turbulenta vida pessoal. Lutou contra problemas de saúde, o vício de cocaína e álcool por décadas e passou por dois divórcios.

No final dos anos 70 e começo dos anos 80, Robin Williams combateu o vício em cocaína, droga que largou após a morte por overdose do amigo e comediante John Belush - a quem havia visitado na noite da morte. Apesar de ter se livrado deste vício, o ator continuou tendo problemas com alcoolismo. Em 2006, ingressou voluntariamente em uma clínica de reabilitação para tratar desta patologia depois de uma recaída após 20 anos de sobriedade. Em 2013, Williams voltou à clinica de reabilitação para fazer manutenção do tratamento contra o vício em álcool. No mês passado, se internou outra vez pelo mesmo motivo, estava em um setor da Hazelden Addiction Treatment Center, em Minnesota, que possui um programa focado em manter a sobriedade por longo prazo. 

Casou três vezes: com Valerie Velardi, entre 1978 e 1983; com Marsha Garces, entre 1989 e 2008; e com Susan Schneider, com quem estava casado desde 2011. O ator era pai de quatro filhos: Zachary Pym, do primeiro casamento; Zelda Rae e Cody Alan, do segundo casamento; além do adotivo William Reeve, único filho do casal Dana Reeve e Christopher Reeve (o mais famoso ator de Superman), de quem o ator era muito amigo.

Segundo revelou a representante de Robin Willians à revista 'Variety', o ator vinha lutando contra uma depressão nos últimos tempos. No momento, autoridades do departamento forense suspeitam que Williams tenha cometido suicídio por asfixia. Às 22 horas do domingo passado foi a última vez que o ator foi visto vivo.


Nota pessoal: apreciei muito os papéis que ele interpretou, infelizmente a Bíblia é clara quando diz: "Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?" -  Marcos 8.36. Ele passou a carreira inteira fazendo outras pessoas sorrirem, mas o seu fim foi trágico, provavelmente, se suicidou. 

Apesar do dinheiro e da fama, estas não foram suficientes para garantir a felicidade, a saúde mental e espiritual. Triste fim para alguém que alegrou a tantos.

Com informações de Uol e Yahoo

Atualizado 12/08/2014 às 11h03


domingo, 10 de agosto de 2014

EBD Lição nº 6: A verdadeira fé não faz acepção de pessoas

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on domingo, agosto 10, 2014 with No comments
Por Genivaldo Tavares de Melo

EBD – LIÇÃO PARA O DIA 10/08/2014

PONTOS A ESTUDAR:
I – A FÉ NÃO PODE FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS.
II – DEUS ESCOLHEU OS POBRES AOS OLHOS DO MUNDO.
III – A LEI REAL, A LEI MOSAICA E A LEI DA LIBERDADE.


Proposta de introdução:

A discriminação contra pessoas de classe social inferior é vergonhosa e ultrajante. Em muitas igrejas, essa vergonha e ultraje parecem sujeiras difícil de limpar ou não há vontade para se fazer a limpeza.

I – A FÉ NÃO PODE FAZER ACEPÇÃO DE PESSOAS.

1.1 Em Cristo, a fé é imparcial.

O professor deve ler este tópico para os alunos onde o autor considera o primeiro verso da epístola, como um chamamento à responsabilidade; que não tenhamos a fé em Nosso Senhor, fazendo acepção de pessoas e finaliza dizendo: “...É, portanto, inaceitável que exista tal comportamento discriminatório e preconceituoso entre nós”.

Particularmente, penso que os que agem de maneira discriminatória na igreja, ou no ministério, não têm consciência da proporção desse mal-feito, mas a Palavra do Senhor e a atuação do Espírito de Deus em nossas vidas nos dão essa visão.

O que falta? Colírio nos olhos.

1.2 O amor de Deus tem de ser manifesto na igreja local.

Aos que possuem as melhores condições sociais e financeiras, parece ser uma tentação irresistível priorizar as melhores oportunidades e lugares, e ainda acreditar que o privilégio é simplesmente questão de honrar.

Por que todos vós sois um em Cristo e assim, devemos conviver.

1.3 Não sejamos perversos.

É uma forte tendência fazer julgamento pela aparência e sentenciar pessoas ao desprezo e isolamento baseado em impressões superficiais. Isso ocorre com frequência.

II – DEUS ESCOLHEU OS POBRES AOS OLHOS DO MUNDO.

2.1 A soberana escolha de Deus.

Os pobres têm sido alvos de muita discussão no presente século. 

São alvos de bajulação nas épocas de eleição,

Deus ama os pobres de verdade, constatamos ser assim por tê-los escolhidos para serem ricos e herdeiros do Reino - reino preparado por Ele ainda antes da fundação do mundo.

2.2 A principal razão para não desonrar o pobre.

Chegamos a um ponto extremamente importante,

Impressiona saber que era comum nos dias do apóstolo havia tamanha acepção de pessoas dentro das reuniões de culto.  Porém, esse comportamento vergonhoso não foi deixado por menos,  pela revelação de Deus e capacidade de discernir, Tiago fez duras admoestações a respeito sobre este comportamento. 

Desonrar o irmão pobre para fazer “média” com os poderosos não é boa coisa. Já vi casos de pessoas agirem com rigor sobre pessoas pobres, somente para mostrar serviço ao patrão rico.

“Cometeis pecado...” diz o apóstolo. Verbo sempre no presente; é a Palavra de Deus.

2.3 Desonraram o Senhor.

Gosto de irmãos que falam corajosamente, sem animosidade nem ranço de revanchismo ou desabafo.

Gostei desta lição e gostei muito deste tópico em que o autor expressa:  “...quaisquer tipos de discriminação devem ser combatidos com rigor na igreja local”.

Que os pastores realizem as cerimonias de casamento com a mesma alegria e disposição como fazem com as filhas dos mais aquinhoados.

E por incrível que pareça, há casos em que irmãos pobres são abandonados  no momento em que mais precisam, dando-se pouca importância às recomendações bíblicas que exige atenção e consolação aos mais carentes em tempos de aflições. Quando se trata de funeral de ricos, ninguém sente dificuldade até de faltar no serviço.

III – A LEI REAL, A LEI MOSAICA E A LEI DA LIBERDADE.

3.1 A Lei Real.

A Lei Real estabelece regra a ser cumprida por todos. Ao obedecê-la tratamos todos como “iguais”; esse é o lado maravilhoso que encontramos nas igrejas, a única instituição que valoriza o pobre pela Palavra de Deus. O pobre sobre degraus e os ricos descem para nivelamento, e isto é feito pela lei do amor.

3.2 A Lei Mosaica.

Em Cristo, a concepção bíblica sobre mandamentos diferem da concepção religiosa e até da concepção moral ou humana.

É importante que se entenda que não adianta valorizar e cumprir um mandamento e deixar outros de lado tornando-se réu de todos os demais mandamentos.

Tudo isto quer dizer que Deus não aceita uma boa religiosidade se questões importantes são desprezadas.

O preconceito é péssimo em qualquer circunstância.

3.3 A Lei da Liberdade.

Apesar de parecer uma vida cheia de exigências, na verdade, nada mais suave que a Lei da Liberdade em Cristo.

Temos toda liberdade como qualquer cidadão de fazer o que vem à cabeça, todavia, por amor a Cristo, escolhemos o que é saudável para nossa vida individual, familiar e em comunidade, procurando sempre o bem-estar de todos.

Disse o Senhor: “... porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. Mt.11:30.

Quando aprendermos a abençoar os que estão próximos de nós também somos abençoados. Assim, continuemos abençoados pelo Senhor.

A lição não propõe que desprezemos o rico por que é rico; há também o preconceito com pessoas por suas posses.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

A estranha calmaria entre a tempestade e a bonança

Posted by Eliseu Antonio Gomes on sexta-feira, agosto 08, 2014 with No comments
Por Mônica Sampaio

Raios, trovões, gritaria, quebra-quebra, ameças ... um terrível vendaval devastando o lugar, jogando no chão tudo o que encontra pela frente... ondas gigantes tremendamente ameaçadoras quebrando os cascos da embarcação, que já está prestes a naufragar.

De repente, o silêncio. Olha para um lado, olha para o outro, e nem um cisco de poeira em suspensão. Tudo, absurdamente, está como se nada tivesse acontecido.

Parece que passou um furacão "invisível" naquele lugar, mas só você sentiu.

Isso já aconteceu com você? [Continue a leitura no blog Agradabilidade].

Mônica Sampaio de Melo é integrante da comunidade UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos, escritora e radialista, congrega na Assembleia de Deus Vitória em Cristo situada no Recreio dos Bandeirantes- Rio de Janeiro - RJ e edita o blog Agradabilidade

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

2014 (2) abaixo-assinado (2) abençoando (1) Aborto (15) Abraão (2) Aconselhamento Pastoral (5) Acordo Ortográfico (3) Altair Germano (49) ANAJURE (7) Apocalipse (1) Apologética (15) assuntos atuais (15) Ateísmo (3) atitudes (12) audio-books (1) avivamento (1) ação coletiva (10) barbárie (6) Belverede (9) bibliografia (1) Bibliotecas virtuais (3) black bocs (1) Blog do Momento (51) Blogagem Coletiva (74) blogagem profética (3) Blogger (14) Blogosfera Cristã (272) blogueiros (10) Boas vindas (1) Boicote (8) Brasil (20) Bíblia (3) Bíblia de Estudo (7) Cadastro (2) calvinismo (1) Campanhas (13) Carla Ribas (20) Carlos Minc (2) Carlos Nejar (1) Carlos Roberto Silva (5) Carnaval (1) casamento (17) cenas da vida (12) charge (4) Charles Péguy (1) China (1) cidadania (39) Cintia Kaneshigue (50) ciência (1) clamor (2) Como criar e editar um blog? (103) comportamento (8) Comunicados (54) Concurso no blog (7) Concursos (19) conectados em oração (8) conscientização (2) Consciência Cristã (19) Conto (1) contras (1) Contribuição (2) conversão (7) copa 2014 (3) coragem (1) corporativismo (2) corrupção (21) cosmovisão cristã (217) CPAD (13) CPAD News (5) CPI do Tráfico Humano (10) Creative Commons (6) crianças (8) crianças desaparecidas (8) crime (2) crowdfunding (1) Culto de Missões (6) cura gay (1) David Botelho (1) Denúncias (10) desabafo (1) Desafiando Limites (43) Desafio aos blogueiros (4) Desaparecidos (13) Desarmamento (2) Desastre Rio de Janeiro (4) descriminalização das drogas (1) Deus. (13) devocional (100) Dia da Bíblia (7) dia da mulher (7) Dia das Mães (5) Dia de Missões (3) Dia dos Pais (4) Dicas (114) dinheiro (7) direitos humanos (9) dissertação (1) Divulgação (12) Domingo da Igreja Perseguida (6) dons espirituais (5) Dr. Luis Pianowski (1) Dracaena (1) Drogas (1) e-book (25) e-books (3) EBD (36) EBI (1) Eclesiastes (1) Ecologia e Natureza (14) Editorial (8) eduardo campos (1) educação (1) Eleições (21) Eleições 2014 (4) Eliseu Antonio Gomes (481) ENBLOGUE (20) Enquete (10) Entrevistas (38) Escola Dominical (5) Escrita (8) Esdras Costa Bentho (12) Esperança (10) Esportes (5) Estatuto (1) Estudos (16) Etica no Blogar (23) Evangelismo (55) Evento (14) exposed (1) Facebook (5) Família (54) família Cristã (2) Felipe M Nascimento (11) Ferramenta LIVRO (3) Ferramenta TEATRO (2) Ficção (1) Fidelidade (1) filhos (3) Filmes (5) Filosofia (3) fim do mundo (4) financiamento coletivo (1) finanças (2) formação de opinião (7) Formspring.me (1) frases e citações (4) Frida Vingren (1) futebol (2) (7) Férias (1) gastos copa do mundo (1) Geisa Iwamoto (2) Genivaldo Tavares de Melo (40) Geremias do Couto (12) Geziel Gomes (1) gif (1) governo (6) Graça (13) Guerra Cultural (2) guerra espiritual (1) Gutierres Siqueira (15) História (5) homofobia (2) HQ (1) Humor (4) Identidade (1) idosos (1) igreja (14) Igreja Perseguida (7) Imagens Cristãs (7) impostos (2) incoerência (2) indicação bibliográfica (1) indignação (1) infidelidade conjugal (2) inspiração (3) Intelectualidade (7) Interatividade (2) intercessão (19) internet (33) Internet Evangélica (27) intolerância (3) Izaldil Tavares de Castro (10) J.T.Parreira (1) Jairo de Oliveira (1) Japão (16) jejum (1) Jesus. (1) jogos eletrônicos (1) Jorge Luis Borges (1) João Cruzué (61) judiciário (3) Jurgen Moltmann (1) justiça (2) juventude (1) Júlio Severo (8) Kelem Gaspar (17) legislação (4) LGBTS (1) liberdade de expressão (2) liberdade de imprensa (4) liderança (8) literatura (8) livro digital (1) Livros (68) lição de vida (10) Lucas Santos (8) Luis Ribeiro (7) maconha (2) Magno Malta (1) manifestação (1) manifestações copa (1) manipulação midiática (1) manisfestação (1) Mantenedores UBE Blogs (3) Manual da UBE (8) marcha (1) Marco Feliciano (18) maridos (1) Marta Suplicy (3) Martinho Lutero (1) mastectomia (1) Matusalém (1) Maya Felix (10) Meios de comunicação (1) mentira (4) missiologia (21) Missão Integral (5) missões (86) morte (1) Motivação (41) mulheres (3) mártires (1) música (3) nacional (1) namoro (2) Natal (33) Nietzsche (1) Notícias (86) opinião (28) oração (6) Orkut (13) ortodoxia (1) Pablo Massolar (1) pagamento (1) papel de parede (1) passatempos (4) pastores (7) Paul Washer (1) pena de morte (1) perdão (1) Perseguição política (9) Perseguição religiosa (21) PL 122/2006 (60) Plágio (13) PNDH - 3 (17) poder de Deus (6) Poesia (20) polêmicas (6) Política (106) Pornografia (2) portas abertas (1) Português (5) Primavera de Sara (2) profecia (1) profecias maias (1) profeta (1) Promoção (39) Protestantes (12) protesto (1) prós (1) páscoa (3) Rankings (1) Recursos (8) Redes Sociais (40) Reflexão (54) Repúdio (34) ressurreição (1) Retrospectiva (1) Revista Cristã (7) REVISTA FORBES (1) Robin Willians (1) Ronaldo Côrrea (2) Sammis Reachers (85) Sara (2) Saúde Pública (4) SBB (1) Selos (16) Senado Federal (19) SENAMI (1) Sentido da vida (3) Sidnei Moura (3) Silas Daniel (2) Silas Malafaia (28) Sorteios (16) STF (9) suborno (1) Teatro (2) Tecnologias (6) Televisão (9) Templates (8) teologia (4) testemunho (6) trabalho escravo (1) tradução (4) tragédias (2) tráfico sexual (5) tutoriais (9) Twitter (10) UBE (9) UBE 2007 (83) UBE 2008 (120) UBE 2009 (166) UBE 2010 (201) UBE 2011 (236) UBE 2012 (173) UBE 2013 (159) UBE 2014 (135) UBE NA MÍDIA (4) UOL (5) urnas (1) utilidade pública (12) Uziel Santana (2) vaidade (1) Valmir Nascimento Milomen (107) viagem (2) viagem missionária (4) Victor Leonardo (7) Vida Cristã (106) vida eterna (2) vida real (13) Viktor Frankl (1) VINACC (13) Vinicius Pimentel (1) vídeo (50) Wagner Santos (1) Wallace Sousa (67) wallpaper (1) Wellykem Marinho (1) Wilma Rejane (136) Yosef Nadarkhani (7) Zip Net (3) África (3) ética (1) Ônibus Mágico (1)