Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

O SALMISTA DAVI E O RAPPER GABRIEL PENSADOR: CRENTE QUE TEM PROMESSA NÃO MORRE

Posted by Eliseu Antonio Gomes on sexta-feira, outubro 26, 2007 with 9 comments

Introdução
.
Aos leitores desse blog faço um pedido inusitado. Antes de passar ao segundo parágrafo leia o último, entre no link para participar da pesquisa e só depois prestigie-nos aqui.
.
“Atenta para mim e ouve-me, ó SENHOR meu Deus; ilumina os meus olhos para que eu não durma o sono da morte” – Salmo 13.3.
.

Existe uma rapper carioca chamado Gabriel O Pensador, ele gravou uma canção com a mesma indagação que inicia o Salmo 13. Tanto a poesia bíblica quanto a secular são compostas com versos que nasceram de uma angústia profunda, então, a pergunta: Até quando?
.
Antes que alguém diga que faço comparação de igualdade de valores entre letras sacras e seculares, refuto totalmente essa acusação. Não faço sacrilégio, apenas traço o paralelo sobre duas poesias, a bíblica e a extra-bíblica, porém ambas com expressões vindas da alma. Sei reconhecer os graus de espiritualidades distintos. Descreverei minha distinção algumas linhas abaixo.
.
Para não dar nenhuma margem à ambigüidade, antecipadamente, declaro que acho importante aos líderes evangélicos possuirem formação acadêmica. A teologia é excelente suporte aos ministros do Evangelho.
.
Crente que tem promessa não morre
.

A oração do salmista, trecho entre àspas supracitado em negrito, descortina um momento do estado de ânimo depressivo dele. Chega a fazer uma solicitação, aparentemente insana, ao pedir a Deus para não morrer. Mas, sendo ele íntimo do Criador, olhando para trás, com certeza fez o pedido porque tinha em mente os profetas transladados. Deve ter se lembrado de Enoque, Elias e a interrogação sobre a não-localização do corpo de Moisés.
.
Ou seja, na cabeça de Davi não existia loucura alguma ao abraçar esse desejo de não querer conhecer o sono da morte. Talvez, olhando o caos em redor, tenha se indignado amargamente e almejou o que soube ter acontecido com Enoque.
.
Existe diferença em quem sofre angústia com Deus e quem sofre sem Deus.

No caso do rapper, a sua poesia não vislumbra a esperança do escape para o alto. Gabriel o Pensador começa e termina seus versos se perguntando “até quando”.
.
Nós, se de fato conhecemos a Deus intimamente, podemos ensejar o mesmo que Davi.
.

Primeiro porque Enoque e Elias simbolizam os cristãos que serão arrebatados. Há nas Escrituras Sagradas uma promessa de arrebatamento à Igreja do Senhor Jesus. Na caminhada terrena é salutar ao crente conservar viva essa esperança.
.
Uma das consequências da fé na promessa do arrebatamento é o chavão “crente que tem promessa não morre”. Estou na fase de querer entender porque, asperamente, alguns pentecostais deploram esse chavão. Acho que deveria haver criticas e interpretações bíblicas, contrárias e à favor, com menos pressa sobre esse assunto.
.
Leitura bíblica e devoção
.

Em segundo lugar, quem ama a Palavra de Deus absorve-a diariamente, assim como o organismo recebe o oxigênio. Existe uma simbiose entre o ar e o organismo humano que só é notado o tamanho da sua real importância quando ela se acaba.
..
Quem, não sendo vítima de um afogamento, procura desesperadamente por oxigênio se estiver respirando sem problemas? Ninguém! No entanto a Palavra de Deus é mais importante do que a mecânica dos pulmões. Mais do que o desespero do pulmão de quem procura e não encontra o ar deveria ser o desespero da pessoa que deixa de praticar a Palavra de Deus.


O crente que se entrega sinceramente a Deus recebe de Deus a força do hábito para amar ao Criador e ao próximo. Está registrado nas Escrituras o mandamento do amor e quem entrega seu coração a Cristo passa, voluntária e prazerosamente, a amar com muita naturalidade, tal qual o exercício pulmonar de respirar e expirar - não é necessário nenhum esforço mental.


Toda pessoa que procura se aproximar de Deus mesmo sem jamais ter cursado uma faculdade, nunca ter se assentado nas cadeiras de heresiologia, hermenêutica – exegese, passa a amar a Deus e ao próximo como a si mesmo e se habitua a pôr tais matérias acadêmicas em práticas. Ele medita dia e noite nas Escrituras Sagradas e diuturnamente pratica-a.

O processo de crescimento espiritual


A pedagogia de Deus é super interessante: tudo é delineado pela linha mestra chamada amor.
Quem ama ao Senhor respeita o semelhante como a si mesmo e antes de criticar alguém se coloca no lugar desse alguém tentando entender o porquê ele errou ou supostamente errou. Faz isso inconscientemente, meditando na Palavra de Deus.


E por meditar na Palavra, troca os sentimentos que o impelem a retrucar aborrecimentos, abandona argumentos que o induzem a lustrar seu ego e passa a agir apenas segundo às argumentações bíblicas. Por causa disso tem imparcialidade, mesmo que esteja envolvido na situação conflitante.


Em descrição simplificada: quem lê e se entrega ao que o Senhor pede é uma pessoa que nega-se a si mesmo, diminui-se e permite que à vontade de Deus cresça e apareça ativamente em todo o seu agir.

Como a telogia define a morte


Voltando a definição do termo morte, na Bíblia Sagrada existem mais de um sentido para ela. É usada para o sentido da morte terrena e também da espiritual. O jargão “quem tem a promessa não morre" não está se referindo à morte terrena, está tratando da morte espiritual.
.
Morte física
.
O bom amante da Palavra de Deus faz uso da exegese em Hebreus 11.

Os heróis da fé, como Abraão e Moisés receberam a promessa com um objetivo meramente circunstancial, que era tomar posse de um espaço físico, a terra santa. O Criador não revelou a eles característica do porvir além túmulo.

Ora, se se tratava de uma localização geográfica, a morte física deles é narrado pelo escritor do livro aos Hebreus, capítulo 11, como algo natural à esfera física. A morte ali não é no sentido espiritual, portanto, fazer menção daquele texto para criticar o jargão da imortalidade da matéria humana dos crentes é uma argumentação equivocada e de causar espanto quando proferidas por alguns protestantes portadores de admirável currículo acadêmico.

Morte espiritual


Existe o consenso entre todos os evangélicos que a terra santa simboliza o céu. A Igreja tem a promessa de entrar na Jerusalém Celestial. Lá não haverá morte.


É unânime a crença de que Jesus é a Vida. Sem Cristo, dizemos, não herdaremos a vida eterna.
.

Jesus em uma só frase fez menção das duas mortes. Lemos o que Ele disse em Mateus 8.22: deixa os mortos (espirituais) enterrarem os seus mortos (físicos).

Cristo ao morrer fisicamente destruiu a morte espiritual (2ª Timóteo 1.10).

Mortos vivos e vivos mortos: discernindo


Como saber quem está vivo ou morto espiritualmente? Meditando na Palavra de Deus que nos capacita responder.


Alguns têm nome de vivos, mas estão mortos (Apocalipse 3.1). Quem são esses cadáveres espirituais? São os que se proclamam seguidores de Jesus, porém, não amam seus irmãos (1ª João 3.14).

Concluindo


Não importa o quê e nem porquê agimos se deixamos de agir através do amor. O amor é mais importante do que qualquer objetivo. Deus é amor. Quem age sem amor age sem Ele.
.
.

E.A.G.
.
P.S.:
.

Esse artigo se originou após ler e responder a pesquisa do nosso amado irmão Pr Geremias do Couto. Participe também. Aqui
.
Por favor, não se sintam escandalizados. Explico: a menção de um cantor lá no título desse post, além da intenção de refletir sobre o que Deus nos diz, também é objetivando levar essa postagem para horizontes além dos habituais blogueiros e leitores evangélicos. Vários internautas entram no buscador Google e nos similares dele pesquisando o nome artístico Gabriel O Pensador.
Youtube: Francine: vídeo com louvor contendo a frase em debate.

Que o Senhor abençoe a todos.


[ATUALIZADO EM 31/10/2007 - 10h35]
Reações:

9 comentários:

  1. Amado irmão Eliseu,

    Para você a palavra “morte”, no jargão citado, significa “morte espiritual”; mas para os triunfalistas significa morte física. É essa a idéia que esse jargão, que se tornou até versículo, quer dizer. A sua proposta de uma interpretação diferente do jargão é válida, mas não traz o sentido real com que ele é usada nos púlpitos desse país. Se fosse usada, como o amado irmão pensa, então não haveria problemas.
    Para muitos, ele não vai morrer enquanto não ver toda a sua família salva, ter casa própria, ter um carro na garagem, ter um grande ministério... O texto de Hb 11 mostra algo diferente! Ali eram pessoas justas, que tinham promessas terrenas, que morreram em sofrimento e foram ter comunhão eterna com Deus (a maior das promessas)!
    Logo concluímos que esse jargão, como muitos outros, é extra-bíblico e chega a ser anti-bíblico.
    Creio que nessa semana, esse tema será de um importante debate, tanto nesse blog, como no blog do pr. Geremias do Couto.

    Gutierres Siqueira
    www.teologiapentecostal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Caro Elizeu Gomes!
    Graça e Paz!
    Em que pese ter entendido perfeitamente sua postura, diante de uma interpretação do ponto de vista esíritual, sou levado a concordar completamente com o comentário do nosso irmão Gutierrez.
    Falo por mim, mas acredito que, outros tantos pastores pensam também igualmente:
    Amamos e queremos o melhor para todos, no entanto, o efeito causado pelo supracitado jargão nas pessoas leigas, é exatamente o que disse Gutierrez.
    Como pastor, não raras vezes temos que estar respondendo perguntas e confortando pessoas que foram decepcionadas por terem acreditado, não da forma que o irmão interpretou, mas da maneira literal (morte física).
    Acredito que seu artigo não denigre nossa linha de pensamento, mas acrescenta um sentido real que infelizmente os referidos pregadores não teem ensinado em nossos púlpitos, e é justamente isso que tem gerado distorções na mente de muitas pessoas, pois se sentem como que vendo miragens no deserto, ou seja, poderiam até fazer reclamação no PROCON DIVINO.
    Desculpe a comparação, mas é só para me fazer entender.
    Amigo e irmão Elizeu Gomes, em tendo convicção que estou pensando errado, é meu dever reconhecer e mudar de rota. Estou aberto para tanto, porém não é o que aconteceu por enquanto, pelo menis nessa questão.
    Repito, entendí perfeitamente seu posicionamento, porém o mesmo só acrescenta o que já penso.

    ResponderExcluir
  3. Pastor Carlos Roberto e Gutierres

    Existe um louvor com essa frase (crente com promessa não morrerá). Os meus ouvidos jamais se sentiram "arranhados" com a letra porque recebia os versos dentro do sentido explicado por mim neste post.

    Não contrario o que dizem sobre existir quem pregue de forma distorcida sobre a promessa de imortalidade espiritual, contida nas Escrituras aos que perseverarem até o fim crendo na autoridade do nome do Filho de Deus (João 3.16-18).

    Acho importante, porém, trazer à tona quem são eles, nominando quem fale essa heresia.

    Confesso minha ignorância: não os conheço.

    Julgo esse debate importante. Aguardo novas manifestações.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Prezados,
    Postarei aqui o mesmo comentário q postei no blog do Pr. Geremisa, tendo em vista tratar do mesmo tema: Quem tem promessa morre?

    Pergunta importante essa, inclusive venho tentando debate-la, e essa é um ótima oportunidade.

    Inicialmente precisamos levar em consideração as diversas variáveis que a pergunta comporta, ou seja, qdo se analisa a possibilidade da morte de um pessoa ante a promessa de Deus, devemos separar algumas possíveis situações, quais sejam:

    1) A pessoa que recebeu a promessa desviou dos caminhos do Senhor: Obviamente que nesta situação o promissário pode morrer, eis que as promessas (no caso as individuais) são condicionais, então, qdo a pessoa desvia ela não cumpriu com a sua parte.

    2) A pessoa que recebeu a promessa não desviou, porém, não aceitou as promessas de Deus, ou seja, saiu da vontade dele no que tange aos seus desígnios - Nessa possibilidade, também, entendo que o promissário pode vir a falecer, extamente por ter seguido o livre arbítrio e não ter aceito as divinas promessas.

    3) A pessoa que recebeu a promessa não desviou e nem saiu da vontade de Deus no que tange à promessa - Nesse caso é que o debate se complica, entendo que aqui o debate se torna mais caloroso, pois, devemos considerar que Deus é fiél, e a pessoa tb têm se mantido fiél.

    Apesar de aparentemente a reposta ser um não, de forma que a pessoa não venha a morrer enquanto a promessa não se cumprir, posto que mantem-se nos planos de Deus, entanto, se assim entenderemos estaremos atribuído ao promissário, pelo menos temporariamente, a condição de imortalidade, enquanto a promessa não se cumpra. Assim, segundo a palavra de Deus, não vejo possibilidade de uma pessoa ser imortal, mesmo que temporariamente, malgrado fundamentado na promessa.

    Obviamente que o tema é tormentoso e levanta vozes de todos os lados, mas afirmo meu entendimento no sentido de que em todas as situações é possível que o promissário morra.

    Volto ao assunto mais adiante.

    Valmir Milomem

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente, acho que o irmão Elizeu deveria ler o blog do pastor Ciro Zibordi, pois ele mostra com clareza que "Crente que tem promessa não morre" é um chavão pra lá de batido. Qual crente não tem promessa??? Se fosse assim, nenhum de nós morreria... Desculpe, irmão Elizeu, mas o senhor forçou...

    Cléber Ribeiro, 18 anos, Apucarana-PR

    ResponderExcluir
  6. Amado irmão Cleber

    Eu conheço o blog do irmão e Pr Ciro Sanches Zibordi. E, apesar de não possuir intimidade com ele, nada contra ou à favor, congregamos por muitos anos tendo o mesmo pastor regional, Valdir Nunes Bícego (in memorian), em São Paulo. Ele seguiu sua vida e mudou-se para o Rio de Janeiro e é um pastor. Eu não quis ser, questão de reconhecer ter ou não chamada pastoral, preferindo a carreira profissional secular.

    Sabe, amo a Palavra de Deus. E gosto de anunciar o amor de Deus, ganhar almas para Jesus, entretanto, apesar de entender possuir o dom da palavra sei que nem todos que a possuem, COMO EU, são, em sua essência, pastores.

    Leio os artigos dele e até já o tenho mencionado em artigos do meu blog, já coloquei link do blog dele entre os meus blogs indicados.

    Meditemos na Palavra de Deus, ela é a nossa regra de fé e condução ao céu.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Amado irmão Cleber

    Eu conheço o blog do irmão e Pr Ciro Sanches Zibordi. E, apesar de não possuir intimidade com ele, nada contra ou à favor, congregamos por muitos anos tendo o mesmo pastor regional, Valdir Nunes Bícego (in memorian), em São Paulo. Ele seguiu sua vida e mudou-se para o Rio de Janeiro e é um pastor. Eu não quis ser, questão de reconhecer ter ou não chamada pastoral, preferindo a carreira profissional secular.

    Sabe, amo a Palavra de Deus. E gosto de anunciar o amor de Deus, ganhar almas para Jesus, entretanto, apesar de entender possuir o dom da palavra sei que nem todos que a possuem, COMO EU, são, em sua essência, pastores.

    Leio os artigos dele e até já o tenho mencionado em artigos do meu blog, já coloquei link do blog dele entre os meus blogs indicados.

    Meditemos na Palavra de Deus, ela é a nossa regra de fé e condução ao céu.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. eu acredito que a morte aqui no testo em questão não e fisica pois todos que receberam promessas no pasado morreram fisicamente,é certo que receberam em vida aquelas promessas que se cumpririam aqui neste mundo,porém eles almejavam e acreditavam em uma promessa eterna ou seija que a vida iria proseguir na etenidade. pois esta é a esperança de que se morremos com cristo tambem com ele viveremos, há uma promessa, de que os que morrem em cristo ressucitarão primeiro. é isso que importa acrédita nessas palavras feita não por teólogos , mas por cristo autor e consumador da nossa fé.

    ResponderExcluir
  9. Temos um artigo na net que pode ajudar esclarecer sobre o tema Crente que tem promessa não morre?
    Coloquei um ponto de interrogaçao aqui, porque a intençao e verificar a palavra de Deus,
    Veja:
    www.estudobiblico.org

    limk:
    http://www.estudobiblico.org/artigos/quem-tem-promessa-n-o-morre

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net