Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

segunda-feira, 29 de outubro de 2007

PL 122/2006: SENADORES MAGNO MALTA E MARCELO CRIVELLA SOBRESSAEM REPRESENTANDO PROTESTANTES

Posted by Eliseu Antonio Gomes on segunda-feira, outubro 29, 2007 with 7 comments
De Congresso em Foco

Cruzada contra a Lei da Homofobia

Evangélicos querem excluir “orientação sexual” do projeto que torna crime preconceito contra homossexuais. Para senador, proposta legalizará pedofilia

Edson Sardinha

"Acostumados a conquistar fiéis com a oratória, pastores evangélicos querem agora alterar algumas palavras para impedir que a discriminação contra homossexuais seja tratada como crime, passível de até cinco anos de prisão, conforme prevê projeto de lei que deve ser votado na próxima quarta-feira (31) pela Comissão de Direitos Humanos do Senado.
.
Depois de fracassarem na Câmara, onde não conseguiram evitar a aprovação da proposta em novembro do ano passado, os religiosos mudaram de estratégia. Em vez de proporem aos senadores o simples arquivamento do projeto, defendem uma versão mais amena para evitar, segundo eles, que a nova lei atente contra a liberdade religiosa.
.
O texto que está nas mãos dos senadores amplia as leis que já proíbem a discriminação – mas que hoje se restringem a raça, cor, etnia, religião e procedência nacional – para também tipificar como crime o preconceito por “gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero” (veja a íntegra do projeto).
.
Sem acordo
.
Encampada pelo senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), a proposta dos religiosos pretende incluir na nova lei apenas a discriminação por “sexo”. “Nesses termos, não há acordo”, avisa a relatora do projeto, senadora Fátima Cleide (PT-RO). “Isso mata o projeto”, justifica.
.
Em uma última tentativa de acordo, Fátima vai receber hoje (29) um grupo de pastores evangélicos capitaneados por Marcelo Crivella, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus e sobrinho do fundador da entidade, Edir Macedo. Eles querem convencer a relatora a rever o seu parecer, favorável ao projeto apresentado na Câmara em 2001 pela então deputada Iara Bernardi (PT-SP). O texto só não foi votado semana passada por causa da intervenção do senador, que pediu mais tempo para analisar o relatório de Fátima.
.
Para Crivella, o projeto relatado pela petista é inconstitucional e vai contra as liberdades individuais. “Concordo que é preciso garantir os direitos humanos dos homossexuais e acabar com o preconceito e a discriminação. O problema é como fazer isso sem que se fira o direito de liberdade de culto, expressão, fé e opinião”, afirma ao Congresso em Foco.
.
Na opinião do senador, o Projeto de Lei 122/06 é rigoroso demais e prejudica a pregação religiosa. “Não pode haver crítica. Não se pode falar nada, porque o projeto considera isso incitação ao ódio. A lei não pode ser radical”, critica. “Querem proibir o pastor de pregar. Não podem achar que é agressivo o que a bíblia diz. A bíblia diz que é pecado. A bíblia diz que adultério é pecado, mas nem por isso as pessoas saem às ruas apedrejando adúlteros”, acrescenta.
.
Alterações
.
Além de excluir o termo “orientação sexual” da lei contra a homofobia, em seu voto em separado, Crivella também elimina pontos considerados inaceitáveis pelos pastores evangélicos. O mais sensível deles, na visão dos religiosos, é o que prevê até três anos de prisão para quem “impedir, recusar ou proibir o ingresso ou a permanência (de homossexuais) em qualquer ambiente ou estabelecimento público ou privado, aberto ao público”. É o caso, por exemplo, dos templos religiosos (leia mais sobre o projeto).
.
Outro dispositivo excluído pelo bispo da Universal é o que torna crime “impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público” de homossexuais nos quais isso seja permitido aos heterossexuais. “Daqui a pouco vão fazer sexo debaixo das nossas janelas e não poderemos dizer nada, porque será discriminação, será crime”, protestou recentemente o senador Magno Malta (PR-ES), também pastor evangélico e o mais feroz opositor ao projeto no Senado.
.
Crivella também exclui, em sua proposta, o dispositivo que prevê até cinco anos de reclusão para quem recusar, impedir ou prejudicar a entrada e a ascensão de homossexuais, em função da orientação sexual, em “qualquer sistema de seleção educacional, recrutamento ou promoção funcional ou profissional”.
.
“Os homossexuais também têm de aprender a lidar com a diferença de pensamento e opinião. O Estado não pode se meter na religião. Caso esse projeto vire lei, o pastor homossexual não vai poder ser demitido. Os professores dos institutos bíblicos e das escolas dominicais também não, porque têm vínculo empregatício”, reclama o senador fluminense.
Inaceitável.
.
Para o coordenador-executivo da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), Igo Martini, a proposta defendida pelos religiosos é inaceitável e mantém o caminho aberto para a homofobia. “A gente quer saber de qual sexo ele (Crivella) está falando”, afirma, em referência à exclusão do termo “orientação sexual” do projeto de lei.
Na avaliação de Martini, a mudança proposta pelos evangélicos descaracteriza por completo o projeto original. “Assim não vai ter mais lei de combate à homofobia. Esse projeto não nos dirá mais respeito”, considera.
.
“Se a homossexualidade é um pecado, na visão deles, não vamos interferir nisso. Não aceitamos é a violência. Se um bom pastor tem de ser expulso da igreja só porque se descobriu que ele é gay, é claro que isso é preconceito”, critica.
.
O coordenador-executivo da ABGLT também denuncia a existência de uma espécie de campanha de contra-informação, promovida por grupos religiosos, para dificultar a aprovação do projeto de lei. “Estão criando fatos para convencer a todos de que queremos criar uma lei da mordaça. Não é verdade”, reclama.
.
Bestialidade e aberração
.
O exemplo mais claro disso, na opinião de Igo Martini, foi o pronunciamento feito há duas semanas por Magno Malta, no qual o senador afirmou que a criminalização da homofobia é o primeiro passo para tornar legais anomalias como a pedofilia e a necrofilia (atração sexual por cadáveres).
.
"Qualquer indivíduo agora pode levar uma jumenta pra dentro de Casa, porque o Ibama só pune se for animais exóticos ou silvestres. A bestialidade de levar uma jumenta é uma opção sexual, ninguém pode dizer nada. Necrofilia, opção sexual”, disse o senador, em aparte a um colega (veja o vídeo com as declarações de Magno).
.
Magno disse mais: “Minha preocupação agora é que hoje a pedofilia é tida como doença mental. No mundo espiritual, pra mim, isso é demônio. Mas se nós aprovarmos esse texto dizendo que não podemos discriminar a opção sexual, pra mim, legaliza a pedofilia. O pedófilo, sob orientação do advogado, vai dizer pro juiz que é sua opção sexual. Ele vai dizer ‘minha opção sexual, menina de sete ou nove anos’. Não poderão ser tratados como loucos ou criminosos”.
.
Para Magno Malta, o PLC 122/06 é uma “aberração” e institui uma inusitada ditadura no país. “Proponho aos senadores que ele morra no ninho. Não sei nem por que passou na Câmara. Da maneira como está posto, estamos instituindo uma ditadura homossexual no Brasil”, declarou.
.
“Você não pode discriminar o gesto afetivo. Eles podem se beijar no banco da igreja. E o padre não pode dizer: não beijem aqui, isso aqui é uma igreja. Está discriminando”, emendou. Procurado pela reportagem na última sexta-feira, o senador não foi encontrado porque estava em missão oficial pela Amazônia.
.
Constitucionalidade
.
Considerado o mais radical opositor no Senado pelos integrantes do movimento gay, Magno Malta quer que o projeto de lei contra a homofobia seja analisado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de ser examinado pela Comissão de Direitos Humanos, onde deve ser votado nesta quarta-feira (31).
.
A um grupo de evangélicos, o senador informou na semana passada que tem o aval do presidente da CCJ, Marco Maciel (DEM-PE), para relatar a proposta na comissão. A informação, no entanto, não foi confirmada pela secretaria do colegiado. Crivella adiantou ao Congresso em Foco que também é candidato à relatoria do projeto na CCJ.
.
Para o senador Geraldo Mesquita Jr. (PSB-AC), titular da Comissão de Direitos Humanos e defensor do projeto, a discussão sobre o assunto ultrapassou o limite da racionalidade. “Essa bancada (religiosa) está equivocada. Não há qualquer cerceamento no projeto. Há um pouco de exagero e até um fanatismo das pessoas ligadas às religiões”, considera o senador, um dos coordenadores da Frente Parlamentar pela Cidadania GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais), composta por 222 congressistas".
..
As condirações deste blogueiro

Assinalando outra vez: o texto acima é assinado por Edson Sardinha.

Como blogueiros, precisamos repercutir quem é quem e o quê acontece sobre o caso da PL 122/2006 até o seu desfecho. Dar ênfase sobre os passos dos políticos e passos dos jornalistas e onde escrevem.

Sugiro a reprodução deste texto, com o acompanhamento dos comentários de quem o reproduz (o blogueiro), assim como eu faço agora.

Na minha opinião, acompanhando o dia a dia sobre o assunto, PL 122/2006, os nomes dos senadores Marcelo Crivella e Magno Malta estão se sobressaindo.

Então é importante cada leitor evangélico se perguntar? O que está fazendo e de que lado está o senador em quem eu depositei meu voto? Ele está honrando o meu voto? Merece ser escolhido novamente nas próximas eleições por seu desempenho agora?

E.A.G.

Reações:

7 comentários:

  1. Olá Caros Blogueiros Evangélicos.
    Creio que estamos diante de uma grave situação, em relação aos direitos constitucionais em nosso País:
    1- relativo ao sagrado direito de expressarmos nossa opinião;
    2- expressarmos públicamente a nossa fé;
    3- direito de defender nossa objeção a tudo aquilo que a Bíblia condena.
    Postei no meu blog:
    http://estudandopalavra.blogspot.com/(copie e cole na barra de acesso e leia todo o artigo)
    A minha posição e relação a toda esta situação e sobre um artigo do processo aberto contra o Pastor Silas Malafaia (Ass. Deus - Penha -RJ), leiam o artigo:
    Perseguição? Chegou o Tempo?
    Vejam as minhas considerações finais, entre aspas, parte do post:
    "Leia o que diz a Bíblia sobre o assunto:
    I Co6.9: "Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, [nem os efeminados, nem os sodomitas].10: 10 nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores [herdarão] o reino de Deus.
    Gálatas 5.19-21: "19 Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia,20 a idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam [não herdarão] o reino de Deus."
    Oremos pela Igreja!
    Será que também abrirão processo de classificação etária e de censura (como já tentaram em países sem democracia) contra a Bíblia Sagrada, que fala contra este tipo de conduta?
    Comente em sua Igreja, em sua comunidade, com seus irmãos..."

    Fraternalmente em Cristo!
    Osvareal
    SBC-SP-Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Se esse projeto fosse realmente algo sincero deveria ter a resalva de tbm respeitar as diferenças, mas ao contrário quer impor uma diferança a maoria. isso sim é um crime, pois os outros cidadãos perderam sua liberdade de expressão.
    Os homossexiais serão colocados numa verdadeira exclusão social pq as pessoas que tem opnião diversa terão medo de se ralacionar com os homossexuais. por que se cometerem um deslize em suas palavras, o que pode ocorrer com quaquer ser humano, poderá perder sua liberdade por pouca coisa. então nesse raciocínio todos nós teremos MEDO de nos relacionar com os grupos homossexuais.
    esse projeto ñ é de um grupo que quer respeito, mas que colocará os outros grupos num desrespeito geral.
    quando um homossexual precisar falar com um psicologo, padre ou pastor, estes serão obrigados a mentir e dizer:” não vc que se sente homossexual é normal continue assim” mesmo se essa pessoa estiver se sentindo sufocada com isso e precisando de um conselho diferente. Este ficará isolado por toda sua vida. Será que uma pessoa que se sente homossexual por questões de acontecimento em sua vida, ñ tem direito a repensa-la e ter a chance de ser diferente?
    Esse pl 122 sendo aprovado condenará os homossexiais ao INVERNO, não o INVERNO ETERNO que se fala nas religiões, mas ao INVERNO SOCIAL que eles mesmos se condenaram.
    Eu mesmo terei MEDO pq sabemos que pessoas de má indole estão em todos os meios, em todos os grupos. e será que alguém que se passando por homossexual ñ quer fazer uma pegadianha e gravar um declaração minha para me incriminar depois.
    Grupos homossexuais irão impor as igrejas que façam casamentos gays e se estas recusarem os supostos homossexuais irão arrancar indenizações milionárias das igrejas. que são dízimos e ofertas de fieis honestos que trabalham suado para manterem as contas em dias de suas comunidades religiosas.
    O Brasil vivirará um um caos com pessoas de má índole entrando em todas as igrejas e obrigando a fazerem seus casamentos gays.
    As igrejas irão falir com tantos ações requerendo indenização. indenizações milionáriar. não restará uma igreja sequer no Brasil. em todos nós cidadãos honestos iremos para cadeia e haja cadeia para tanta gente.
    Nosso País entrará em falência pq terá que construir muitas cadeias e presídios.
    e quem irá trabalhar para manter seus gastos? quem irá pagar os impostos?
    nosso país irá falir!

    ResponderExcluir
  3. Quando a nossa Constituição foi criada, o cidadão brasileiro digno e honesto tinha os seus direitos garantidos como qualquer um outro, Mas ai serge pessoas interessadas em se promoverem, em aparecerem com leis vergonhosas para amordassarem não somente a classe religiosa, mas a todo o povo brasileiro, pois a lei serve para todos aqueles que aceitarem ela em nosso país. Nos temos que entender que DEUS nos fez livres e não pessoas que nasceram para serem amordaçadas por um grupo que se acham melhores do que os outro, se acham deuses, ou superiores porque escolheram ser diferentes do que DEUS criou. Elas querem ser melhores do que DEUS? Se esta lei for aprovada o inferno terá obtido uma vitória, e não só a classe religiosa, mas todo o povo brasileiro sera penalizado. Porque vocês acham que eles tem lutado tanto para aprovar esta lei? É para te beneficiar? Pelo contrário. Se você não tiver cuidado com o que fala ou faz perto deles você podera também ser preso, e nem este grupo, e nem o diabo tera piedade de você. Aonde iremos parar!

    ResponderExcluir
  4. Minha opinião! Sou contrário a esse projeto de lei ""ridiculo cruel e insensato", o Congresso nacional deve abri os olhos pra a realidade do povo brasileiro, que vem sofrendo ultimamente, primeiro com tanto políticos (a maioria) ladrões, corruptos, que assaltam e roubam o dinheiro do povo, e fecham os olhos para o aumento da fome, do desemprego, falta de segurança pública, áúde, educação etc. Quanto a PL122 isso é um absurdo cruel e uma verdadeira descriminação racial. A Constituição garante "todos somos iguais perante a lei" independente de cor, raça, ideologia politica ou religiosa, o que mais querem os gays. Esse papo de casamento entre pessoas do mesmo sexo, é ridiculo, imoral e abominável a Deus que criou o homem x mulher. Então esses bandos de gays, lésbicas,etc tem é que procurar o que fazer e parar com essa besteira, e esses deputados e senadores que defendem esse projeto, tem que ter vergonha na cara e trabalhar direito "eles querem os votos dos gays e ficam defendendo" a oinvés de conscientizá-lo pra mudar de postura e ser pessoa diferente como Deus criou "macho e femea".
    Sou contra o projeto. Porém respeito os homoxessuais. Não concordo com casamento de pessoas do mesmo sexo, porque primeiro Deus condena tal atitude.

    ResponderExcluir
  5. A Bíblia nos relata q no fim dos tempos,todas essas cousas aconteceria.
    Homens amantes uns dos outros inreconciliáveis com Deus, vivendo totalmente entregues a suas paixões,apesar de q temos q lutar contra todas essas cousas; q nosso pai celestial na pessoa bendita de nosso senhor e salvador Jesus Cristo, tenha miseriscórdia de toda essas pessoas q ñ aceita a diciplina divina.

    ResponderExcluir
  6. Nessa luta em favor da família e da liberdade de expressão, continue também a enviar e-mails criticando o PL 122 para o Senado. Entre no site www.senado.gov.br/senadores e envie para os representantes do seu estado: "Sr. Senador, rejeite o PL122/2006. Em favor da família, em favor da liberdade de expressão e abaixo a pedofilia." luten Irmãos Senadores Evangélicos Nós Votamos em VCS!

    ResponderExcluir
  7. Nessa luta em favor da família e da liberdade de expressão, continue também a enviar e-mails criticando o PL 122 para o Senado. Entre no site www.senado.gov.br/senadores e envie para os representantes do seu estado: "Sr. Senador, rejeite o PL122/2006. Em favor da família, em favor da liberdade de expressão e abaixo a pedofilia. Luten Senadores Evangélicos nós Votamos em VCSSS!

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net