Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

PL 122/2006 - VOTEM CONTRA TODOS OS POLÍTICOS FAVORÁVEIS À APROVAÇÃO DO PROJETO!

Posted by Eliseu Antonio Gomes on quarta-feira, novembro 14, 2007 with 61 comments
Petistas pedem respeito à livre expressão sexual e criticam programa Vitória em Cristo por fazer campanha contra à Mordaça Gay

Adicionar legenda
A deputada Cida Diogo (PT-RJ), coordenadora da Frente Parlamentar pela Cidadania GLBT, defendeu nesta segunda-feira (12) uma ampla mobilização social em prol da aprovação do projeto de lei que criminaliza a homofobia.

De acordo com a parlamentar, existem movimentos "deturpando o projeto sem saber exatamente o que se pretende". A declaração da petista foi motivada por afirmações contrárias ao projeto feitas pelo pastor Silas Malafaia, da igreja Assembléia de Deus, em seu programa de televisão “Vitória em Cristo”.

"Isso mostra a necessidade de organização no sentido de um amplo debate para esclarecer o projeto contra a homofobia. Não se trata de questionar a posição da igreja sobre o homossexualismo mas, sim, do respeito à livre expressão sexual", afirmou a petista.

Exibido pela Bandeirantes, Rede TV! e CNT entre 12h e 17h, o “Vitória em Cristo” está fazendo campanha para que evangélicos enviem e-mails a senadores contra a aprovação do projeto que torna crime a discriminação sexual por orientação sexual. O projeto que criminaliza a homofobia já foi aprovado na Câmara e aguarda apreciação do Senado.

A deputada Fátima Bezerra (PT-RN), que também integra a frente, classificou como intolerante e desrespeitosa a campanha protagonizada pelo pastor.
"É lamentável que nos dias de hoje, com o grau de informação que vivemos, que se tenha esse tipo de conduta. Não se trata de conservadorismo, trata-se de falta de respeito à livre expressão sexual", afirmou. Fátima adiantou que irá discutir, no âmbito da frente parlamentar pela Cidadania GLBT, providências contra esse tipo de campanha.

Em função de denúncia por parte de entidades em defesa da livre expressão sexual, o Ministério da Justiça abriu um processo que visa reclassificar o programa de Malafaia. Caso seja constatado linguagem depreciativa e conteúdos verbais que expõem as comunidades GLBTs, o programa passará a ser impróprio para ser exibido antes das 20h.

No programa, Malafaia (que compra horários nas TVs) defende que “ninguém nasce homossexual”, porque “não existe cromossomo homossexual”. Diz que o homossexualismo é “distorção” e “aberração”. Ele argumenta que não ofende os gays, que apenas os critica. Impedir isso, diz, seria censura.
Fonte: site do PT .
Reações:

61 comentários:

  1. mesmo peso mesma medida, o mesmo respeito que os evagélicos tem de expressar suas opiniões e comportamentos é o mesmo que um homossexual tem de expressar sua sexualidade.

    ResponderExcluir
  2. Você me chama de distorção e aberração e eu não me ofendo, é isso?!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, galera. A gente costuma agir pela emoção antes de estudar demoradamente os fatos.

    O PLC não irá mudar nenhuma questão de fé. Acredito que as igrejas devem falar de amor, de bondade.

    Alguns oradores (não só nas igrejas, pois isto é mais frequente ainda na Política, por exemplo) teimam em repetir a estratégia do TEMOR, da AMEAÇA da PUNIÇÃO, do ESCÂNDALO, etc, em seus discursos.

    Dizem: Se "tal coisa" acontecer, a família deixa de existir;

    O mundo está se aproximando do fim, basta ver que "tal coisa" está acontecendo;

    O Brasil corre risco ao aceitar silenciosamente "tal coisa", etc.


    Espero que minhas palavras não sejam recebidas como um ataque, ou crítica àquilo que as pessoas consideram mais sagrado. Não seria este meu objetivo. Entretanto, incito que reflitam sobre a mania de alguns oradores falarem tanto no mal, ao invés de focarem no bem.

    Neste sentido o PLC não representa qualquer ameaça a ninguém. Ele evita ataques a um segmento da população. Não ataca ninguém, nenhuma instituição, não favorece criminosos, não incita à pedofilia, não destroi nenhuma família.

    Negros e mulheres, por exemplo, deveriam saber o que representa uma Lei neste sentido, já que ambosos grupos populacionais passaram historicamente por subjugações.

    E apesar desses avanços, sabemos que mesmo no Brasil ainda há igualdades a serem conquuistadas tanto para negros, como para mulheres. Sabemos que no Mundo, há agressões contra essas mesmas populações e, como queremos que o Mundo reconheça a paz necessária, se nós aqui não conseguimos deixar que interpretações tendenciosas façam justiça?

    Se queremos pensar num Mundo melhor, agora que temos a oportunidade de começarmos pela "nossa casa", vamos aproveitá-la.

    Leiam o PLC 122/06 e vejam que a desvalorização da dignidade humana de gays, lésbicas, etc, é que esta sendo criminalizada. É o preconceito, a intolerância, o juízo particular do que é certo e errado, enfim, é isto que está sendo solicitado a coibir.

    Não sou evangélico,mas acredito que sua doutrina reconhece que Deus é que tem de julgar, então me pergunto, porque nós, Homens é que temos de dizer se LGBTs são isso ou aquilo?

    Podemos ter nossas dificuldades em aceita-los, pela propria cultura que tivemos, mas penso que não podemos condená-los ou aceitar que oradores os citem PUBLICAMENTE como sociedades transviadas, inferiores; Não devemos aceitar que os discursos desprivilegiem essas populações e muito menos as julguem. Quem somos nós para fazermos isso se é Deus o único que deve permitir ou não a vida de cada um?

    Como cidadãos de uma "polis", portanto, como políticos, é desejável que ajudemos a construir LEIS que preservem a dignidade da sociedade, mesmo que para isso, algumas leis atuem mais especificamente àqueles que mais precisam.

    Esta aí a equidade: compensar as diferenças!

    Idosos têm assentos e prioridades nas filas, mesmo que não sejam doentes; Deficientes têm prioridades, por necessidades especiais; As cotas raciais já são uma realidade, por conta da secularização que discriminou o acesso aos irmãos.

    Vejam que esta compensação, num país que sempre privilegiou algumas camadas, é uma oportunidade que não devemos perder.

    Trata-se de justiça e não se gosto individual.

    Bem, é isso. Paz e bem.

    ResponderExcluir
  4. Vejo tudo isso muito com muita indignação. Se os evangélico seguem a palavra, porque não colocam em prática o Amor incondicional, demonstrado tão bem por Jesus???
    Por que será que as "coisas" em nossa sociedade só funcionam por "interesses"???
    Acho que essa resposta, só Jesus saberá dar...

    ResponderExcluir
  5. Luc@R

    Bem, eu não sei porque esta animosidade entre crentes e membros do GLTB.

    Não há a mínima boa vontade em entender o que cada um está querendo dizer.

    Há pontos de vista diferentes quando o que está em questão é minha liberdade de ensinar dentro da minha casa e na Igreja que não sou adepto da opção gay. Quero ter meu direito de crítica. Se a questão é o casamento homossexual, cada um tem liberdade de escolha.

    E de crítica.

    Não venham querendo tolher minha liberdade de expressão e de crítica, com já acontece lá fora. Pensar diferente, agora é discriminação? Emitir uma opinião é discriminação? Não desejo que se mude a Constituição para criar uma casta incriticável, superior, acima de todas as críticas. Inserir na Constituição o direito à Preferência Sexual, como está posto, abre um precedente muito perigoso. Através desta brecha, teremos que respeitar a preferência do pedófilo, e outros ófilos.

    Mas isto é uma coisa, que você não esta nen aí par entender.
    Não é?

    ResponderExcluir
  6. Nós não chamamos ninguém de "aberração", mas não podemos chamar um comportamento que a Bíblia define como "pecado" e "abominação" para Deus de boa coisa. O comportamento homossexual não é normal, é pecado e é fruto do pecado, e os evangélicos não podem balizar isso, para neutralizar quaisquer consciências. Se vocês lerem a Bíblia, vão ler exatamente o que falamos!

    ResponderExcluir
  7. Isto só mostra quão degradado e enferma esta o nosso mundo,no princípio criou Deus ADÃO E EVA e não ADÃO e ADÃO nem tão pouco EVA E EVA,pensemos nisso meus irmãos, nínguém nasce com desejos masculinos sendo menina ou vice-versa,tudo isto só vem para justificar tais más práticas,que Deus tenha misericórdia do nosso mundo,e as autoridades por favor não aprovem tais leis.

    ResponderExcluir
  8. Que Deus tenha misericórdia de nós,liberdade de expressão sim mas não a libertinagem,trocando aquilo que é o princípio divino ADÃO e EVA e não ADÃO e ADÃO OU EVA com EVA

    ResponderExcluir
  9. Mayalu,

    "Quem não tem pecado que ataque a primeira pedra".

    A bíblia define isto também, não?

    Agora.... pense: A BÍBLIA DEFINE algo PARA DEUS.

    Estranho um livro escrito para a compreensão humana ter o poder de definir coisas para deus.

    Tire suas próprias conclusões.

    Ps. Grato se não moderar desta vez!

    ResponderExcluir
  10. Essa senadora é brincalhona demais, né? Quer dizer: os gays podem lutar pela aprovação do projeto, fazer abaixo-assinados, mas os evangélicos não podem protestar contra? Abaixo a ditadura gay! Pela livre manifestação do pensamento, envie e-mail aos seus senadores pela rejeição do PLC 122/2006!

    ResponderExcluir
  11. Luck®

    Você cita as Escrituras Sagradas sem fazer a devida contextualização bíblica.

    Jesus Cristo disse "quem não tiver pecado atire a primeira pedra" aos que desejavam apedrejar uma mulher adúltera. Depois que os algozes daquela mulher foram embora, sem praticar a violência, Cristo recomendou a ela: "não peques mais" (não adultere mais).

    Todos somos pecadores. Mas, existe a diferença em pecar por acidente e pecar como "filosofia de vida". Todos pecamos, mas não devemos viver em pecado.

    Mas, o que debatemos aqui não é o adultério. É o PL 122/2006, projeto de lei que pretende colocar homossexuais como cidadãos intocáveis em nosso território nacional.

    Na Bíblia Sagrada está escrito que homossexualismo / homossexualidade é pecado. Está no capítulo 1 da Carta do Apóstolo Paulo aos Romanos. Os cidadãos brasileiros possuem o direito de exercer sua religião livremente, está garantido em nossa Constituição. Porém, o PL 122 /2006 taxa toda pregação religiosa, que cite Romanos 1 e textos correlatos, como sendo incitação de ódio contra gays.

    Fazer isto é um acinte a todas religiões brasileiras. Não é só ao cristianismo protestante e católico.

    Os cristãos não são incitadores de ódio contra homossexuais. Quem quiser ser homossexuaal que seja, então. Mas este homossexual não pode calar a voz de um cristão que cita as Escrituras Sagradas afirmando que a relação sexual entre pessoas do mesmo sexo é pecado contra Deus.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. .

    A Paz de Jesus Cristo reine em todos os corações.


    Como cidadão brasileiro, qual ponto de partida devo seguir, pois, a Constituição maior de nossa nação, assim nos assegura em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercitar as prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal??

    Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se:

    é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e

    "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX).

    Além disso, cabe salientar que a proteção legal do credo também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias".

    Sendo assegurada a “liberdade de consciência e de crença”, e, nós, cristãos, temos nossa crença em Deus por Jesus Cristo que o homossexualismo é pecado, e, assim sendo, como nos é resguardado o direito constitucional de nos expressarmos, qual motivo e fins do PL 122 /2006 que tenta o cerceamento de um direito pleno constitucional??

    Conforme muito bem colocou “Eliseu Antonio”, “Os cristãos não são incitadores de ódio contra homossexuais. Quem quiser ser homossexual que seja”...

    ... mas, esperamos que os direitos dos cristãos também sejam preservados!!!

    Fonte: Constituição do Brasil

    Fraternalmente.

    James.
    Jesus, o maior Amor

    ...
    ..
    .

    ResponderExcluir
  13. Justamente porque amamos o ser humano é que trazemos a luz a advertência de Deus: "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os SODOMITAS, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (1 Coríntios 6:10).
    Leia no blog www.davidguiomar.blogspot.com "ABERRAÇÃO" e "CONFUSÃO ENTRE PÊNIS, PELOS, ÚTEROS, PEITOS E SILICONES."
    Ninguém pode proibir que digamos o que vai no nosso coração... A lei de Deus é perfeita e restaura a alma.

    ResponderExcluir
  14. James escreveu:

    "[...] Sendo assegurada a “liberdade de consciência e de crença”, e, nós, cristãos, temos nossa crença em Deus por Jesus Cristo que o homossexualismo é pecado..."

    Apesar de citar antes a Constituição sobre a liberdade de expressão do pensamento, a LIBERDADE DE CRENÇA significa, através do nosso Estado Laico, que qualquer pessoa pode escolher sua religião, credo, etc.

    Não tem nada a ver com fazer discriminação a partir (ou sob a desculpa) de uma religião.

    Logo, a interpretação que James dá para o que a lei informa, é uma acomodação, uma distorção para justificar algo que não é justificado.

    Consultem um advogado ou representantes dos DH, já que a leitura "correta" e "imparcial" de um texto jurídico não basta, parece.

    Entretanto, James, se você disser que homossexualismo/ homossexualidade é pecado, penso que isto NÃO SEJA DISCRIMINATÓRIO, a medida que aceitar que NÃO É DISCRIMINAÇÃO TAMBÉM que alguém diga que o protestantismo evangélico é alienador ou ignorância, por exemplo.

    Percebe que é livre expressão da mesma forma e que o rótulo recai sobre a manifestação humana e não sobre a pessoa? Pois é...

    ResponderExcluir
  15. .

    Luck®

    Esta postura de existir tal “discriminação” está sendo levada a lados opostos do que verdadeiramente seja uma “discriminação”...
    Tornou-se tão somente “discriminação” qualquer observação!!!
    Outrossim, a Constituição, Lei maior da nação, garante ser inviolável minha liberdade de consciência e de crença...
    ... e, nesta postura, criar uma Lei que sobreponha outra, no intuito de privilegiar qualquer grupo, isto sim, torna-se uma “discriminação” aos meus princípios cristãos que são assegurados pela Constituição Federal, independendo de que se consulte ou não um advogado!!!

    ...
    ..
    .

    ResponderExcluir
  16. Se essa lei realmente for aprovada, estaremos diante de um grande problema social.

    O Brasil tem milhoes de tempolos religiosos, e todas as comunidasdes cristãs são contrárias ao homossexualismo.

    O que o Estado irá fazer se uma lei como essa for aprovada?

    Será que irá tentar fechar os templos religiosos onde se manifesta opiniões contrárias ao homossexualismo?? Porque nenhum pregador cristão irá deixar de falar que tal prática é caracterizada como pecado, além de resultar em diversos problemas individuais quanto sociais.

    Entendem o problema da liberdade de expressão!!! Na prática, essa lei, se aprovada, irá causar um imenso problema social, visto que vivemos num país de gigantesca maioria cristã.

    Os cristãos devem se unir, para que essa lei ridícula seja totalmente rejeitada.

    ResponderExcluir
  17. Acho que se a Lei for aprovada vai ser uma ditaduta Gay no país!
    O respeito não é conquistado com leis ou punições, mas com atitudes. A discriminação existe contra aqueles que abusam sa sua condição e da opção sexual que escolheram. Conheço muita gente que não se sente discriminada, pois respeitam e são respeitadas na sociedade. O que querem é amordaçar e fazer uma caça aos que não compactuam com essa condição. Como sempre disse: A mim não calam!

    ResponderExcluir
  18. Assim como eu, muitos foram libertos do homossexualismo, sou contra homofobia, mas sou a favor da liberdade de expressão. Quem quer ser homossexual que seja, agora quem quer abandonar tal prática também deve ter seu direito respeitado. A psicóloga e evangélica Rozangela Justino está sendo condenada pelo Conselho Federal de Psicologia porque atende pessoas que voluntariamente querem deixar o homossexualismo. Vamos apoiar nossa irmã. Visitem o site da Abraceh (Associação de Apoio ao Ser humano e a Familia) e assinem o abaixo assinado apoiando nossa irmã

    ResponderExcluir
  19. Site da Abraceh http://www.abraceh.org.br/v2/links/abaixo-assinado.php

    ResponderExcluir
  20. Antes mesmo de qualquer aprovação ja temos caça as bruxas como o Pr. Silas Malafaia e a psicóloga evangélica Rozangela Justino, que atende pessoas que voluntariamente querem deixar o homossexualismo. Parece-me que mesmo sendo voluntario ja esta causando uma perseguição particular. Alguem ja procurou ver o que a OMS diz sobre o homossexualismo, suas origens e como se manifesta (sera que alguem nasce homossexual)?
    Parece-me tambem que eles podem tudo e que nos nao podemos nada.

    ResponderExcluir
  21. Amigos, vocês dizem coisas sem procurar os textos jurídicos e, quando o fazem, os distorcem para justificar o que sustentam como opinião!

    Eu sou contra a pedofilia, por exemplo, porque, além de não haver concordância entre os envolvidos, fere Estatuto da Criança e Adolescente; Fere o Código Civil; Fere a Declaração dos direitos humanos, que, em sua fundamentação, defende a liberdade e dignidade humanas.

    Mas que são documentos? Ora, os ARGUMENTOS (conteúdos) que estão nesses documentos é que são valorosos, não os documentos em si.

    É preciso conhecê-los e observá-los.

    Como tive a oportunidade de escrever antes, PROTESTANTES FORAM MASSACRADOS e se não houvesse mobilização da sociedade, pessoas influentes e engajadas e, por fim, o aval - mediante decreto (LEI) real, talvez ainda hoje teríamos restrições, ao invés de um Estado laico. Claro que a Noite de São Bartolomeu não aconteceu em nosso território, mas o exemplo serve para entendermos para quê serve uma lei.

    Mulheres e negros passaram mais recentemente por algumas desqualificações sob o ponto de vida da dignidade humana.

    Este documento, projeto de lei complementar, cujo abaixo-assinado muitos assinam sem exercitarem a compreensão amorosa antes de qualquer julgamento, entendo como uma postura intolerante.

    ResponderExcluir
  22. COMENTÁRIO CORRIGIDO:
    O homossexualismo não é um problema menos grave, seja dentro ou fora da "estratosfera eclesiástica", do que o adultério (físico e mental), a fornicação, a cobiça, a pedofilia, a ganância, o charlatanismo mercenarista, o racismo, dentre outros, todos mascarados de um falso moralismo farisaico e puritano.
    Costumamos pregar que "Deus ama o pecador, mas abomina o pecado! " E é verdade! Inclusive os meus, os seus, os nossos pecados. Afinal, embora não sejamos do mundo, AINDA ESTAMOS NO MUNDO!!! Não estamos imunizados de fraquezas, mazelas da alma, desvios de caráter e de conduta, ou seja, de PECADO. Pecado é 'hamartia' na língua grega que significa 'errar o alvo'. E, se for colocar chucalho, quem de nós, dentro ou fora do ambiente eclesiástico não temos, em algum momento ou de alguma forma, errado o alvo? Lembra-se da célebre máxima do Senhor Jesus em se referindo à mulher adúltera? -"Aquele que, dentre vós, não tiver pecado seja o primeiro a atirar a primeira pedra."
    Todas as vezes que defendemos as coisas certas tanto de forma como com motivações erradas acabamos por "dar um tiro no próprio pé".
    Sem dúvida alguma, a liberdade de expressão é sagrada e inegociável
    tanto para os defensores da "LEI DA HOMOFOBIA" como pra nós outros que, com ela, não concordamos. O que não podemos é "perder a cabeça" e entregá-la de bandeja aos que almejam criar ocasião para que isso ( "perder a cabeça") se consume de modo semi-literal. Cabe, aqui, lembrar de João Batista (o último profeta do Antigo Testamento) - 'aquele que veio preparar o caminho' para o ministério do Senhor Jesus - quando da denúncia do adultério de Herodias com o seu cunhado Herodes Antipas em detrimento de seu marido Herodes Felipe. Como Herodias lhe armou uma arapuca levando sua filha Salomé a dançar para seu tio e padrasto agradando-o ao ponto de lhe conceder o seu mórbido desejo: "A CABEÇA DE JOÃO BATISTA EM UMA BANDEJA"!
    Denunciar o pecado, sem dúvida, não fora uma tarefa exlusiva que se extinguiu com o último profeta do Antigo Testamento. De modo nenhum! Cabe-nos dar prosseguimento a essa tarefa dentro e fora da Igreja. E que isso seja feito com amor , sabedoria, justiça e sensatez. E não com um sentimento político-partidário-religioso como faziam os fariseus na época em que Jesus andou aqui na Terra.
    Espero ter me feito entender e não ser mal interpretado.
    Pr. Henrique Coutinho.

    ResponderExcluir
  23. Pastor Henrique

    A primeira postagem está deletada, pois, conforme afirmou, continha erro.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  24. Interesante e impressionante. Podemos falar o que pensamos do Presidente da República, Governadores, Prefeitos, políticos em geral, Pastores...
    E não podemos falar o que achamos do homosexualismo da forma que acreditamos biblicamente, que somos tachados de homofóbicos. Mas nós já sabemos o motivo já está escrito!!!!

    ResponderExcluir
  25. As igrejas não condenam mas tentam passar p/ q.q. pessoa aquilo que o Espirito Santo revela, as portas sempre estarão abertas à todos, mas o que preocupa é não termos a liberdade de pregar o que diz a Biblia, nos condenam como se fossem palavras nossas e não do proprio Criador que a todos julgará, pois está escrito " toda lingua confessará o Senhor e todo joelho se dobrará, mas a quem à Ti escolher, tesouro maior terá". Os evangélicos, mais que os catolicos ou judeus são mais perseguidos que nunca e isso desde a época de Cristo e Ele mesmo disse: Voces são meus discipulos, se perseguiram à mim, perseguirão à vós, não queiram ser maiores que o Mestre. Se falamos a verdade é por AMOR, pois o Senhor morreu por todos e não faz acepção de pessoas. Há um inimigo espiritual que quer cegar e um Jesus que faz enxergar, pois a palavra liberta.

    ResponderExcluir
  26. Continuando...o mundo ensina a viver essa vida , tipo: a vida é uma só, então vou curtir todas, mas cuidado com esta armadilha, esse oásis onde a água é pura ilusão de ótica, mas a realidade é que aqui se define onde viveremos a eternidade,então melhor se informar à respeito daquele que nos julgará em prol de uma eternidade maravilhosa ou de "ranger de dentes e ais". Como diz o Mestre " não é pela força e nem pela violencia mas pelo meu espirito,diz o Sr dos execitos"!

    ResponderExcluir
  27. Deus nos ensina a não odiar e nem julgar, mas ele nos exorta a pregar o evangelho (verdade) a toda criatura, pois "só após isso" Ele voltará p/ julgar o seu povo e dar o galardão aos aprovados e o castigo aos rebeldes, mas o Sr não tem prazer na morte dos impios... À quem devemos agradar ? à Deus ou aos homens? Quem nos guarda? Quem nos criou? Quem lutou contra o Sr e venceu? Vide Lucifer ! Desejou o mais alto céu e foi parar no + profundo abismo... um anjo outrora poderoso! Meros homens vão vencer?Vejam, é por amor, ame e poupe sua alma !!! O amor de Cristo nos constrange...ele geme por nós, por mim e por voce...

    ResponderExcluir
  28. O que as pessoas críticas não sabem, é que nós cristãos, não somos contra os gays ou coisa semelhante.
    Não somos contra o homem ou mulher homossexual, somos contra o homossexualismo, que é um desvio de conduta. Somos contra a sua prática.
    Quem não conhece um homossexual sequer, que não tenha problemas de alguma doença provocada por prática da atos contrários às ordenaças de Deus, ou seja, métodos nada convencionais para os padrões de Deus?
    Se Deus tivesse criado o homem para viver com outro homem, teria criado juntamente com a mulher, um homossexual!
    Concordo, sim, que muitos dos que aprovam essa idéia, estão legislando em causa própria, não porque são a favor disso ou daquilo.

    ResponderExcluir
  29. Os sinais dos fins dos tempos estão cada vez mais evidentes. Onde ja se viu sermos proibidos de emitir opiniões sobre qualquer que seja o assunto e ter que aceitar situações contrárias à palavra de Deus.
    E tudo muito bem articulado com projetos de leis para serem aprovados. A grande maioria da população nem toma conhecimento disso. Farei campanha a favor da liberdade de expressão, enviarei e-mail também pros senadores.

    A cada dia sou mais consciente de que, a coisa mais sensata que o ser humano deve fazer é está realmente no barco de Jesus Cristo. Seguindo seu exemplo, pois em breve ele virá resgatar o seu povo.

    Que a graça de Deus esteja sobre todos!
    CrisGaldino

    ResponderExcluir
  30. 1 Coríntios 6:9-10

    9 - Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idolatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, 10 nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.

    ResponderExcluir
  31. No ano de 2007 estava em Salvador/BA, na praia do Flamengo com minha família, filhos menores e sobrinhos que brincavam nas ondas, quando me chamou a atenção dois homens de acariciando nas partes íntimas, ali na frente de todos crianças e adultos, um meteu a mão na sunga do outro e começaram a "exercer" seu direito de se expressar livremente (libertinamente) e sexualmente, sem respeito as pessoas idosas (que seus conceitos agora não tem mais valor pois são arcaicos e ultrapassados), na frente das famílias (esta instituição falida que precisa desaparecer para que todos se "mesclem coloridamente" nas ruas, praças e praias). Acho que todos tem direito de se expressar, porém, não quero que ver na porta da minha casa cenas de sexo explicito entre dois homens ou duas mulheres, sem poder emitir opinião, pois posso ser taxado como "homofóbico", ou dizer para os meus filhos que aquelas práticas, assim como a prostituição e errado (uma vez que todas se misturam) e ser preso por discriminação. As igrejas cristãs, todas, tem que deixar seu voto de indignação contra esta mordaça, respeitamos os homossexuais como seres humanos e cidadãos que são, enquanto seres humanos, mas jamais suas práticas, respeitaremos as prostitutas, como seres humanos e cidadãs, mas jamais suas práticas. E temos sim procurar ajudar aqueles que quiserem sair deste estilo de vida, aqueles que compreenderem que esta vida não é condizente com os valores cristãos. Agora colocar mordaça por força de lei é cúmulo dos absurdos. Marcus Lima

    ResponderExcluir
  32. É fácil criticar religiões quando existem ateus no mundo todo. Lugares onde muitos não podem sequer falar que são evangélicos, como por exemplo a Coréia do Norte, considerado hoje o país que é mais perseguido pelo evangelho. Difícil é pregar para pessoas que ignoram todos os mandamentos de Deus em sua Palavra. Não adianta dizer que Deus é amor. É claro que Deus é amor, se não fosse não teria enviado seu filho para morrer na cruz pelos nossos pecados, mas não podemos esquecer que ele é Justiça também, como quando ele enviou Moisés para tirar seu povo do Egito.

    "O Mundo está Mudando???"

    Deus é o mesmo ontem, hoje e será eternamente!!!

    A paz do Senhor a todos vocês.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  33. Depois da aprovação da PL pelos nobres políticos, teremos que queimar todas as Bíblias, pois ela é a quem defini como pratica pecaminosa o homossexualismo, faremos imensas fogueiras bíblicas para acalentar um grupo “especial” que quer ter o direito de tirar o direito de toda a população de se expressar e poderem, eles, se expressarem da maneira que quiserem.
    Teremos que fechar todas as igrejas evangélicas e católicas que reprovam tais atitudes, “atitudes, não o homem e mulher homossexual”.
    Seremos presos por manifestar opinião contraria.
    Perderemos nossa cidadania por não aprovar tal ato.
    Perderemos empregos por ir contra a moral e os bons costumes.
    Se for preciso... que o governo construa mais prisão pois para lá nos iremos e não nos calaremos.
    Se houver prisão para 100 milhões de cristãos então as encheremos...
    Porém não deixaremos que dizer que tal atitude é errada e contraria ao cristianismo e a Bíblia.

    Marcus Lima

    ResponderExcluir
  34. A Paz do Senhor !
    Não concordo com algumas posições que o Pr.Silas Malafaia(RJ)prega,ensina e permite ser veiculado no Programa dele (contrário aos bons usos e costumes, teologia da prosperidade, unção da vitória financeira e etc...) mas, SOU TOTALMENTE A FAVOR dele quando nos conclama a enviarmos e-mails aos Deputados Federais e Senadores para que os mesmos não deixem passar esta PL 122/2006 no Congresso Nacional.
    DEUS criou Macho e Fêmea (Gn.01) e não dois machos ou duas fêmeas e o casamento e a família são instituições divinas. Que DEUS dê forças e que nós nos unamos, junto ao Pr.Silas, contrários a este Projeto de Lei que, com certeza, é algo maligno.

    ResponderExcluir
  35. A palavra de Deus, em gênesis diz que, não era bom que o homem andasse só, então, ELE criou uma ajudadora (Assim ELE criou a "mulher".), e disse, sede fecundos e multiplicai-vos. Em uma explicação mais simples, Deus criou o homem e a mulher para se completarem e assim darem frutos, "filhos"...Estou errado? Como um homem pode fecundar um outro homem? Uma mulher já nasce "naturalmente", isto é, feita por Deus para ser mãe, assim como o homem para ser pai. O homem e a mulher já nasce com os "orgãos" próprios para isso. Dessa forma, compreendo que, se houver a união de dois homens ou duas mulheres, isso se torna impróprio e contrário à Palavra de Deus. E, quem se der ao trabalho de questionar, que separe um tempo e examine as escrituras, pois estas, foram escritas pela inspiração do Espirito Santo de Deus, se completam, ainda que escritas em datas diferentes e sendo elas ainda, registradas por servos de Deus que nem ao menos se conheciam. Deus é perfeito, e toda a sabedoria pertence a ELE, de modo que, pelo poder da palavra em sua boca, criou tudo. Todo mundo tem o direito de fazer o que quiser com sua opinião, mas aqueles que conhecem a Deus e valorizam a palavra do Senhor não podem ficar calados diante de uma coisa dessas. Tem gente dizendo que isso é falta de Amor mas, se falamos e somos contrários a isso, é por sabermos que essa prática, por ser contrária a vontade de Deus, que vejam bem, é claramente demonstrada em sua palavra, trará condenação...Vejam o versiculo porstado pelo irmão: "Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,
    nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus." (1 Corintios 6.9 a 10.)

    ResponderExcluir
  36. Não sou a favor à violencia contra os homossexuais, estamos em um país livre, porém não aceito a homossexualidade como algo natural.
    Todos temos direitos de escolha, por isso tambem tenho o meu direito de não achar a homossexualidade natural. Imagina?... Daqui ha uns 200 anos ( vamos imaginar que Jesus ainda não voltou, kkk, eu acho difícil) todos virassem homossexuais? ou seja surgiria algo atípico... as populações no mundo iriam se extinguir... Pois os homens seriam mulheres, e mulheres homens? Deus é perfeito... Se eu sendo um homem falho, quero o melhor para os meus filhos imagina Deus? Ele não iria me clocar no mundo com um corpo de uma mulher mais com gene masculino... Os homens sexuais tem os seus direitos sim, porem os seus direitos não podem estar acima dos direitos dos outros, pois sendo assim, nós que estariamos sofrendo preconceitos.

    ResponderExcluir
  37. O Projeto correto seria: Projepre - Projeto Contra os Preconceitos Financeiros, Sociais e Raciais. Toda luta de classes e movimentos sociais foi feita em cima de reivindicações e propósitos que visavam PODER. Deus ama todas as almas, e ele está voltando, prepare-se. Ele quer que sejam salvas, pois a pratica de usos e costumes licitos e ilicitos é transgressão e
    abominação aos olhos do Senhor!

    ResponderExcluir
  38. Não entendo como até agora os Senhores Deputados não fizeram um Projeto contra o Preconceito Social, Financeiro e Moral. No Brasil há uma má distribuição de Renda; Será até quando vão colocar projetos incompletos para serem apreciados; Deus fêz o parafuso para a rosca; Deus é Amor. O amor completo é somente entre HOMEM E MULHER... Jesus Cristo está voltando,prepare-se!

    ResponderExcluir
  39. Rogério Tigerface7:
    Escrevi um paragrafo que Diz:

    Antigamente era proibido.
    Algum tempo depois passou a ser aceito.
    Hoje em dia é permitido]
    Meu medo, meu DEUS é que, algum dia no futuro seja obrigatório!!!!.

    "Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os EFEMINADOS, nem os SODOMITAS, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. (1 Coríntios 6:10).

    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.(Apocalipse 21:08).

    Cristo é superior a homens ,Gays de qualquer especie,lideres,leis, pastores padres lideres de todas as religiões e tudo mais,. sigam a ele e haverá Paz!!!

    ResponderExcluir
  40. SOU CONTRA A APROVACAO DA PL 122/2006,POIS E UMA AFRONTA AO SEIO DA FAMILIA BRASILEIRA.TEM QUE SER PRESERVADO O DIREITO DE LIVRE EXPRESSAO,MAS O QUE A PL 122/2006VEM COLOCAR A MORDAÇA NO DEMAIS CIDADAOS DESTA NACAO.

    ResponderExcluir
  41. Concordo com o autor. O próprio projeto é discriminatório, visto que coloca o homossexual como vítima, e na verdade eles são agentes de um movimento social, que afronta a Lei de Deus!

    ResponderExcluir
  42. ana carla
    sou contra a aprovação do pl 122/2006 pois e uma afronta ao seio da familia Brasileira tem que ser preservados o direito de livre expresao mas q a pl vem colocar a mordaçao nos demais cidadao desta naçao.

    ResponderExcluir
  43. sou contra a aprovaçao da pl 122/2006pois e uma afronta ao seio da falia Brasileira tem que ser preservado o direito de livre expresao mas q a pl vem colocar a mordacao no demais cifdadoes dessa naçao

    ResponderExcluir
  44. É uma lei incostitucional. Ela tenta vedar a opinião não só de evangélicos mas de qualquer pessoa. Prisão para quem tem opinião diversa? Faça-me o favor!!! Acordem! Somos livres para expressar nossos pensamentos.
    Isso não limita a prática do homosexualismo galera!

    ResponderExcluir
  45. A proposta do Projeto de Lei 122/06, editado pelos simpatizantes do movimento GLBT, é insconstitucional, visto que já existe amaparo legal para todos no artigo 5.º da Constituição Federal, seja heterosexual, seja homosexual, seja metrosexual, seja transformista,etc; Quer colocar regras e modelos, através de uma nova Lei é fazer vistas grossas para a Constituição Federal. Creio que os Senhores Senadores deverão votar com a Consciência pura!

    ResponderExcluir
  46. O mundo está virando de cabeça para baixo, definitivamente, vamos unir forças para que a pl122 não seja aprovada.

    ResponderExcluir
  47. acho que devemos dar nome aos bois e dizer quem são os deputados que estão a favor desta lei absurda,vamos nos reunir nas cidades e fazer uma contagem de qts somos p/ eles perceberem qts votos vão perder,sou evangélica mas tenho amigos homosexuais,nunca os discriminei,estou sempre ali apostos se quiserem mudar,mas cada um tem livre arbítrio,queremos o nosso tbm...não somos obrigados a ser iguais,e nem compartilhar dos gostos um dos outros,eu não concordo com o homosexualismo pela sua pratica ser condenada pela biblia,mas amo as pessoas como são,acho que quem tem que julgar é deus,mas estão querendo tirar o nosso direito de expressão,daqui a pouco vamos ser proibidos de andar de saia...de manter o cabelo comprido...de comprimentar um irmão com a paz,ou paz do senhor...

    ResponderExcluir
  48. luck,como vc pode dizer que não afeta os evangélicos!vc leu a lei? vou fazer uma comparação...vamos supor que quisessem aprovar uma lei que impedisse os homosexuais de falar e de agir como mulheres,e quem descumprisse fosse preso como crime inafiançável,oque vc acharia?pois é estamos nessa situação,vc não acha que isso abre caminho p/ que vcs sejam muito mais discriminados ?e pior odiados pela população,pense bem como vcs vão ser tratados por todos,vc acha que vão conseguir provar todo ato de discriminação que sofrerem?pessoas que não tem nenhuma religião, que se acharem ofendidas podem até cometer crimes contra vcs por ódio,e ai cada um de vcs vão ter um segurança particular...já ouviu falar em guerra santa lá do outro lado do mundo?pois é estou com medo dela acontecer aqui é isso que acontece quando não pensamos nas consequencias....acha mesmo que esta lei vai melhorar a questão da discriminação?

    ResponderExcluir
  49. A união perfeita é entre Homem e Mulher; tenho também amigos homo, hetero, trans, bi; mas sempre falo a verdade, que está na Bíblia. Temos que buscar o Reino de Deus, Jesus Cristo está voltando, e você precisa se preparar para esse grande evento!
    Por favor leiam: Apocalipse 22:15, que diz: Ficarão de fora os caes e os feiticeiros, e os que prostituem, e os homicidas, os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.
    Conclusão, todos que vão contra a natureza divina, pecam!

    ResponderExcluir
  50. Temos que crer na Bíblia que é a palavra deixada por Deus para todos, como Deus só criou o homem e a mulher, então o que passar disso com certeza é aberração e obra do malígno, homosexual não precisa de lei para protegê-los, e sim de uma libertação! para que sejam verdadeiramente livres.

    ResponderExcluir
  51. Qualquer pessoa que tiver acesso à Bíblia poderá ler o que está abaixo em sua própria casa, seja católico, espírita, avangélico, ateu ou de qualquer outra orientação religiosa.
    As palavras registradas abaixo dispensam qualquer comentário.


    (Levítico 18:22) - Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
    (Levítico 18:23) - Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.
    (Levítico 18:24) - Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós.
    (Levítico 18:25) - Por isso a terra está contaminada; e eu visito a sua iniqüidade, e a terra vomita os seus moradores.
    (Levítico 18:26) - Porém vós guardareis os meus estatutos e os meus juízos, e nenhuma destas abominações fareis, nem o natural, nem o estrangeiro que peregrina entre vós;
    (Levítico 18:27) - Porque todas estas abominações fizeram os homens desta terra, que nela estavam antes de vós; e a terra foi contaminada.
    (Levítico 18:28) - Para que a terra não vos vomite, havendo-a contaminado, como vomitou a nação que nela estava antes de vós.
    (Levítico 18:29) - Porém, qualquer que fizer alguma destas abominações, sim, aqueles que as fizerem serão extirpados do seu povo.
    (Levítico 18:30) - Portanto guardareis o meu mandamento, não fazendo nenhuma das práticas abomináveis que se fizeram antes de vós, e não vos contamineis com elas. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

    ResponderExcluir
  52. Todos queremos direitor iguais correto? Só acho que nossos irmãos homossexuais estão esquecendo que esse direito já está defendido na CF/88.
    "Art 5º:
    III - ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante;
    IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;
    X - são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação;"

    Enfim...

    Acho sim que todos deveríamos pedir respeito (Já que está sendo algo tão esquecido PARA TODOS OS SEGMENTOS), o fato de respeitarmos vocês não é pelo fato de vocês serem gays e sim pelo fato de vocês serem humanos. Ninguém pode faltar com respeito a NINGUEM! Não só pelo fato de ser negro, indio, GLBS (NJHGKDJ, daqui a pouco inventam mais), somos todos iguais.
    O que não é correto são algumas pessoas que para defender seu ponto de vista , não aceitam que ninguem mais pense ao contrário!

    Eu respeito sim os homossexuais, mas não sou obrigada a aceitar e muito menos deixar de ensinar aos meus filhos que é certo por natureza.. homem com homem não gera vida, nem mulher com mulher, será que não tem algo errado aí????

    Quero ter o direito de me expressar, da mesma forma que muita gente se sente no direito de dizer que todos os evangélicos são ladrões, e nós temos que ficar quietos.

    Se continuarmos do jeito que estamos daqui a pouco vamos criar um projeto de lei contra a "cristãofobia".

    MERECEMOS RESPEITO POR SERMOS HUMANOS.... E SÓ!!!!

    ResponderExcluir
  53. Com a PL 122, querem criar uma casta diferenciada.Aqueles que não podem ser criticados de forma alguma.Querem até mudar o texto da OMS(Organização Mundial de Saúde), que orienta em alguns casos com a intervenção cirúrgica, ou seja, até mesmo o conhecimento ciêntífico querem anular.DEUS ama o pecador, mas abomina tal pecado.Ao querer proibir a Igreja de falar da referida prática, a qual está escrita na Bíblia sagrada,fere intituto constitucional como já mencionado.é querer acabar com o dogma da igreja, que pode até ser discutido, mas não negá-lo.

    ResponderExcluir
  54. Eu acho que se os homossexuais querem ser tratados e considerados normalmente, tambem nao precisam de leis que os beneficiem. Todos nós devemos respeitar as leis de igual modo, nao importa a raça, credo, classe social ou preferencia sexual etc, Eu sou contra a PL122.

    ResponderExcluir
  55. Patricia.

    Sinceramente, eu creio que qualquer homossexual merece o mesmo respeito que eu mereço. Eles merecem a mesma qualidade de respeito que toda a cristandade merece.

    Entendo que o PL 122/2006 não lhes trará nada que já não tenham. Quando são desrespeitados, as leis vigentes podem ser aplicadas e pôr o infrator na cadeia.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  56. Vou falar o que a Biblia diz :que é a verdade.Isso é contra a palavra de Deus que diz em RM 1:26,27-Pelo que Deus os abandonou às paixões infames.Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural,no contrário à natureza.E semelhantemente os varões,deixando o uso natural da mulher,se inflamaram em sua sensualiadade uns com os outros,varão com varão ,cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.Potanto se concordar-mos com tais leis estaremos sendo coniventes com o erro,ou seja,com o pecado.Deus criou o Homem pra a Mulher e vice-versa.Podem observar Deus não está no negócio.Ex: o relacionamento dos homossexuais são conturbados,nunca são fiéis aos parceiros e sua união é apenas o prazer do sexo e quando aparecem um outro mais "interessante" já sabe.Vivendo apenas uma vida promíscua .Não concordo e oro por todos para que Deus os libertem e enxerguem a verdade que liberta que é Jesus Cristo e não adianta pois a Bíblia é clara quando diz que ficarão fora do seu Reinos todos que praticam ABMINAÇÃO.Vou Deixar esses Versículos da Bíblia para que vCS meditem:I CO 6.9,10;DT 23.1;I TM 1.10;II Pe 2.6; IS 3.9. Existem vários e são e são objetivos.Agradeço a oportunidade de expressar a minha opinião fundamentada na palavra de Deus que é fiel e verdadeira.E por fim deixo o último versículo bíblico por que não cncordo, que está escrito em Romanos 1.32 .

    ResponderExcluir
  57. Acredito que quando Deus criou o livre arbítrio foi com o objetivo de permitir que cada um seguisse seus próprio caminhos. Acredito também, que tudo que fizermos deveremos prestar contas com Deus. As religiões cumprem um papel fundamental na humanidade: aproximar o homem de Deus. Infelizmente, muitos cristãos (principalmente líderes) estão se corrompendo e permitindo que o interesse financeiro distorça qualquer preceito bíblico. Fui evengélico por 5 anos e hoje não consigo frequentar nenhuma igreja, pois tudo se resumiu em dinheiro. Lembro-me das grandes pregações onde a salvação era a meta de todos. Agora nos prendemos a "ficar bem financeiramente".
    Tenho observado a expansão do ódio e rancor entre os evangélicos; o amor que era pregado com tanta ênfase, hoje está morto nas igrejas. Percebe-se uma guerra de egos que jamais imaginei ver.
    O pecado sempre existiu, os cristãos deveriam orientar o caminho certo a seguir (o que não está acontecendo). Se um cristão considera a conduta homossexual pecaminosa, ele deve demonstrar o amor pela criatura de Deus e mostrar que com Deus as coisas podem ser melhores. Não será criticando ou chutando os direitos dos outros ao livre arbítrio que as almas serão salvas. Afinal de contas todo cristão sabe que quem convence o homem do pecado é o Espírito Santo.
    Hoje não acredito nos pastores que vejo nas igrejas que frequento, luto todos os dias para não perder a pouca fé que ainda tenho.
    Sejamos tolerantes com os que erram, demonstremos o amor que Deus demonstrou conosco.
    Que DEUS abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  58. Desde que começou a ser debatido no Senado, o projeto de lei da Câmara 122/2006, que define os crimes resultantes de preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual e identidade de gênero tem sido alvo de pesadas críticas de alguns setores religiosos fundamentalistas (notadamente católicos e evangélicos).

    Essas críticas, em sua maioria, não têm base laica ou objetiva. São fruto de uma tentativa equivocada de transpor para a esfera secular e para o espaço público argumentos religiosos, principalmente bíblicos. Não discutem o mérito do projeto, sua adequação ou não do ponto de vista dos direitos humanos ou do ordenamento legal. Apenas repisam preconceitos com base em errôneas interpretações religiosas.

    Contudo, algumas críticas tentam desqualificar o projeto alegando inconsistências técnicas, jurídicas e até sua inconstitucionalidade. São críticas inconsistentes, mas, pelo menos, fundamentadas pelo aspecto jurídico. Por respeito a esses argumentos laicos, refutamos, abaixo, as principais objeções colocadas.

    1. É verdade que o PLC 122/2006 restringe a liberdade de expressão?

    Não, é mentira . O projeto de lei apenas pune condutas e discursos preconceituosos. É o que já acontece hoje no caso do racismo, por exemplo. Se substituirmos a expressão cidadão homossexual por negro ou judeu no projeto, veremos que não há nada de diferente do que já é hoje praticado.

    É preciso considerar também que a liberdade de expressão não é absoluta ou ilimitada - ou seja, ela não pode servir de escudo para abrigar crimes, difamação, propaganda odiosa, ataques à honra ou outras condutas ilícitas. Esse entendimento é da melhor tradição constitucionalista e também do Supremo Tribunal Federal.

    2. É verdade que o PLC 122/2006 ataca a liberdade religiosa?

    Não, é mentira . O projeto de lei não interfere na liberdade de culto ou de pregação religiosa. O que o projeto visa coibir são manifestações notadamente discriminatórias, ofensivas ou de desprezo. Particularmente as que incitem a violência contra gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais.

    Ser homossexual não é crime. E não é distúrbio nem doença, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Portanto, religiões podem manifestar livremente juízos de valor teológicos (como considerar a homossexualidade "pecado"). Mas não podem propagar inverdades científicas, fortalecendo estigmas contra segmentos da população.

    Nenhuma pessoa ou instituição está acima da Constituição e do ordenamento legal do Brasil, que veda qualquer tipo de discriminação.

    Concessões públicas (como rádios ou TV's), manifestações públicas ou outros meios não podem ser usados para incitar ódio ou divulgar manifestações discriminatórias – seja contra mulheres, negros, índios, pessoas com deficiência ou homossexuais. A liberdade de culto não pode servir de escudo para ataques a honra ou a dignidade de qualquer pessoa ou grupo social.

    3. É verdade que os termos orientação sexual e identidade de gênero são imprecisos e não definidos no PLC 122, e portanto, o projeto é tecnicamente inconsistente?

    Não, é mentira . Orientação sexual e identidade de gênero são termos consolidados cientificamente, em várias áreas do saber humano, principalmente psicologia, sociologia, estudos culturais, entre outras. Ademais, a legislação penal está repleta de exemplos de definições que não são detalhadas no corpo da lei.

    Cabe ao juiz, a cada caso concreto, interpretar se houve ou não preconceito em virtude dos termos descritos na lei.

    Por Julian Rodrigues (Instituto Edson Neris e consultor projeto Aliadas)

    ResponderExcluir
  59. A grande pergunta é onde está o meu direito como cidadão e cristão de expor a minha familia a esta pervesidade? Onde está meu direito de criar minha familia segundo a palavra de Deus e longe desta abominação que a Biblia condena? Se estamos em uma sociedade em que para se ter os direitos preservados tem que se criar leis específicas gostaria que fosse criada tambem a uma lei que proteja a mim e a minha familia da exposição libidinosa que este grupo pratica. E vale ressaltar que os cristãos ainda são maioria no Brasil e devem se unir e protestar para mostrar aos nossos governantes que merecemos acima de tudo respeito para com a nossa crença Cristã.

    ResponderExcluir
  60. Fernando.
    Gostaria de saber se "alguém" quiser se casar em uma igreja evangélica e o pastor não realizar a este casamento de acordo com esta lei, o que aconteceria com este pastor? Algém pode me responder?

    ResponderExcluir
  61. Sou contra a PL 122/2006.
    NÃO A ESSA LEI que obriga os heteros a colocarem uma mordaça.
    SIM a liberdade de expressão!!!

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net