Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Eleições 2010 - A diferença entre Dilma e José Serra sobre o aborto

Posted by Eliseu Antonio Gomes on quarta-feira, outubro 13, 2010 with 27 comments
As linhas abaixo, são a transliteração de uma participação neste blog de um internauta defensor da candidatura de Dilma Rousseff à presidência.

Gustavo (o petista):

“Vcs evangélicos, estao sendo manipulados pelo ultra ateu José Serra para prejudicar Dilma. Será que vcs nao percebem? Rezem pra eus (sic) iluminar a mente de vcs!

E se vcs estivessem tao preocupados assim com a vida votariam na Dilma (sic) pois o governo Lula foi o que mais deu dignidade à vida dos brasileiros. Basta ver os dados do IPEA, do IBGE, do DIEESE: aumento do salário mínimo, aumento do PIB, queda (sic) na taxa de mortalidade infantil, mais faculdades federais, queda do desemprego, nossa, tanta coisa... E vcs ficam preocupados com as maledicências do ateu Serra contra a Dilma.

Obs.: Tanto o Serra como a Dilma sao a favor da descriminalizacao do aborto (e nao à favor do aborto, o que é bem diferente). Entao por que vcs atacam apenas a Dilma? Talvez uma preferência política disfarcada por uma preocupacao em relacao ao aborto???? Lembrem que Deus tudo vê, tudo sabe, hein?”

Minha resposta:

Respeito a sua preferência partidária. Mas, mesmo assim posso discordar de você sem nenhum problema.

Acho triste encontrar pessoas que tenham este pensamento, achar que os evangélicos sejam pessoas facilmente manipuláveis. Isso é um grande preconceito!

Neste estória de José Serra, fique sabendo que não estou decidido a votar em político que demonstre ter ou que possua maior fé. Eu escolherei o que é mais respeitoso com a Democracia Brasileira, com a vida, e com a inteligência alheia.

Isso é a História: o Lula assinou o Decreto PNDH-3, que é favorável ao aborto. Isso é fato, não é boato.

O cristão petista só não vê isso porque não quer, ou finge não ver, ou apenas pensa que sabe o significado do que é o cristianismo.

Nos casos de aborto, onde está a dignidade do feto, que é uma vida indefesa? Onde está o senso de cristianismo de quem se diz cristão ao apoiar o partido de um presidente que assinou o PNDH 3? A dignidade e o senso de cristianismo não estão em lugar algum, pois não existem.

Na minha opinião, panilhas de dados não comprovam muita coisa, não. Elas servem para encher o espaço de tempo de quem não pode justificar a realidade do nosso país. Parecem-se com o livro Alice no País das Maravilhas, porém, sem a criatividade de Lewis Carroll.

A "panilha" que me interessa é outra. Vou ao mercado e ao passar na boca do caixa recebo o papel da nota fiscal. Pago pelo preço do feijão, do arroz, do leite, e de outros produtos básicos. Tudo está aumentando de valor, diariamente. Em cada compra o valor é maior e as mercadorias em menor volume. Essa "panilha" é a que o eleitor conhece e se interessa. Essa é a "panilha" que mexe com a vida de casa um de nós!

Sobre o aborto: A Dilma (entenda-se PNHD-3 criado por ela) quer descriminalizar o aborto. Expandir o que José Serra havia feito.

O que o José Serra fez? Liberou o aborto quando a vida da mãe está em risco, a partir do quinto mês da gravidez. E, também, nos casos de estupro.

Quem é pior? Pior é, SEM DÚVIDA NENHUMA, a DILMA. Ela não se contentou com o parâmetro imposto pelo Serra.

A Dilma quer liberar geral. Quer que a garota possa ir ao carnaval em fevereiro e depois, com o apoio da Legislação,  ir ao SUS descartar no lixo o feto gerado em ato sexual sem compromisso, quer que a garota faça sexo irresponsavelmente, e depois possa matar o ser humano indefeso às custas do dinheiro de impostos de cristãos evangélicos e católicos!

Terminando, só posso agradecer por dar essa oportunidade de esclarecimento. A resposta virará um tópico deste blog. Obrigado!

Abraço.
 
E.A.G.
Reações:

27 comentários:

  1. Quer dizer então que, uma "matadinha" iniciada por Serra não é "tão" grave...

    Nos púlpitos, ensinam que não existe "pecadinho" e "pecadão". Quando interessa, o "pecadinho" de Serra é diferente do "pecadão" da Dilma...

    Socorro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Benedito, não é que não seja grave, mas só para esclarecer:
    A portaria 048 assinada por Serra foi em respeito a uma lei aprovada no Congresso Nacional, autorizando o aborto somente nos casos de estupro, ou de risco para gestante. Serra tinha, como Ministro, de obedecer a lei.

    Estão pegando uma lei de 1940, quando Serra nem tinha nascido, e jogando para sua responsabilidade.

    Uma coisa é o Serra adequar o SUS para atender a legislação vigente sobre o aborto (somente nos casos de estupro ou risco de vida), outra coisa é Dilma tornar o aborto um direito humano e um serviço público acessível a todos. Paz querido!

    ResponderExcluir
  3. Olha eu fico muito triste de ver tantos cristãos sendo manipulados, e são manipulados sim, porque eu trabalhei em vários projetos sociais e tive de ver a dor de mulheres que tiveram de fazer aborto sem ajuda nenhuma. Não sou favorável ao aborto, mas quando adolescentes, muitas vezes estupradas por pai e irmãos, tanto católicos quanto evangélicos, chegavam ao SUS eram tratadas como lixo. É muita hipocrisisa de muita gente que nunca levantou um dedo para ajudar uma mulher chegar agora e se colocar como donos da moral. E grande parte dos homens que se colocam como donos da moral são os que destroem essas mulheres. Vai ajudar uma menina de 12, 13 anos e ver o sofrimento dela? O que eu penso é que devemos estruturar as famílias para que o aborto não aconteça, mas não podemos deixar sem cuidado mulheres sem condição nenhuma de vida que fazem isso (isso é descriminalizar o aborto!). Porque não dá para esperar uma menina dessas virar cristã, adquirir valores cristãos, entender que não se deve fazer aborto enquanto ela está sangrando até a morte. A maioria dos que falam de boca cheia sobre o assunto no dia a dia nunca "têm tempo" para ajudar ninguém, se tivesse entenderia o que a Dilma está falando. E muito me admira também que muitos cristão não saibamm, já que são tão informados, que quem está por trás dessa campanha difamatória contra a Dilma é a TFP, uma organização fascista do Brasil, que quer desviar a atenção nas eleições. Outra questão, hoje até padre católico vem falar de amor à vida, eles que são os maiores pedófilos e destruidores da vida de milhares de crianças. Torço para que um dia nosso povo pare de só de assitir a novelas e que chegue nas eleições mais informado para que não sejam analfabetos políticos e engulam qualquer coisa que digam, porque qualquer um que acompanha política, e eu sou cristã e toda semana eu leio sobre o que está acontecendo com os governantes do meu país, conhece quem é a Dilma. Assim os cristãos não dariam o vexame que estão dando de falta de conhecimento e falta de valores cristãos, porque apoiar difamação nunca foi um valor de Cristo.

    ResponderExcluir
  4. Caro Benedito.

    A questão que temos aí é diferente.

    Como cristãos eleitores, nosso exercício de cidadania não deve ser pensando se ao votar iremos eleger o autor de um "pecadinho" ou de um "pecadão".

    Existem duas escolhas. Nós sabemos que as visitas deles em cultos protestantes e em missas são joguinhos de cena. Eles fingem que são... Nós não fingimos que acreditamos!

    Ambos os candidatos não são nem protestantes e nem católicos. Se fossem, veríamos coberturas da mídia registrando a presença deles em ambientes de templos com bastante frequência, fora de períodos eleitorais. Não é?

    Como não existe a terceira opção, votemos no menos pior. E a pessoa que representa essa opção é José Serra, como expliquei no artigo.

    Vote. É importante não anular o voto!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. O que eu recebi na internet:

    1º parte

    "Se nos calarmos, até as pedras gritarão!'

    Manifesto de Cristãos e cristãs evangélicos/as e católicos/as em favor da vida e da Vida em Abundância!

    Somos homens e mulheres, ministros, ministras, agentes de pastoral, teólogos/as, padres, pastores e pastoras, intelectuais e militantes sociais, membros de diferentes Igrejas cristãs, movidos/as pela fidelidade à verdade, vimos a público declarar:

    1. Nestes dias, circulam pela internet, pela imprensa e dentro de algumas de nossas igrejas, manifestações de líderes cristãos que, em nome da fé, pedem ao povo que não vote em Dilma
    Rousseff sob o pretexto de que ela seria favorável ao aborto, ao casamento gay e a outras medidas tidas como “contrárias à moral”. A própria candidata negou a veracidade destas afirmações e, ao contrário, se reuniu com lideranças das Igrejas em um diálogo positivo e aberto. Apesar disso, estes boatos e mentiras continuam sendo espalhados. Diante destas posturas autoritárias e mentirosas, disfarçadas sob o uso da boa moral e da fé, nos sentimos
    obrigados a atualizar a palavra de Jesus, afirmando, agora, diante de todo o Brasil: “se nos calarmos, até as pedras gritarão!” (Lc 19, 40).

    2. Não aceitamos que se use da fé para condenar alguma candidatura. Por isso, fazemos esta declaração como cristãos, ligando nossa fé à vida concreta, a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais. Em nome do nosso compromisso com o povo brasileiro, declaramos publicamente o nosso voto em Dilma Rousseff e as razões que nos levam a tomar esta atitude:

    3. Consideramos que, para o projeto de um Brasil justo e igualitário, a eleição de Dilma para presidente da República representará um passo maior do que a eventualidade de uma vitória do Serra, que, segundo nossa análise, nos levaria a recuar em várias conquistas populares e efetivos ganhos sócio-culturais e econômicos que se destacam na melhoria de vida da população brasileira.
    4. Consideramos que o direito à Vida seja a mais profunda e bela das manifestações das pessoas que acreditam em Deus, pois somos à sua Imagem e Semelhança. Portanto, defender a vida é oferecer condições de saúde, educação, moradia, terra, trabalho, lazer, cultura e dignidade para todas as pessoas, particularmente as que mais precisam. Por isso, um governo justo oferece sua opção preferencial às pessoas empobrecidas, injustiçadas, perseguidas e caluniadas, conforme a proclamação de Jesus na montanha (Cf. Mt 5,1- 12).
    5. Acreditamos que o projeto divino para este mundo foi anunciado através das palavras e ações de Jesus Cristo. Este projeto não se esgota em nenhum regime de governo e não se reduz apenas a uma melhor organização social e política da sociedade. Entretanto, quando oramos “venha o teu reino”, cremos que ele virá, não apenas de forma espiritualista e restrito aos corações, mas, principalmente na transformação das estruturas sociais e políticas deste
    mundo.
    6. Sabemos que as grandes transformações da sociedade se darão principalmente através das conquistas sociais, políticas e ecológicas, feitas pelo povo organizado e não apenas pelo beneplácito de um governante mais aberto/a ou mais sensível ao povo. Temos críticas a alguns aspectos e algumas políticas do governo atual que Dilma promete continuar. Motivo do voto alternativo de muitos companheiros e companheiras. Entretanto, por experiência, constatamos: não é a mesma coisa ter no governo uma pessoa que respeite os movimentos populares e dialogue com os segmentos mais pobres da sociedade, ou ter alguém que, diante de uma manifestação popular, mande a polícia reprimir. Neste sentido, tanto no governo federal, como nos estados, as gestões tucanas têm se caracterizado sempre pela arrogância do seu apego às políticas neoliberais e pela insensibilidade para com as grandes questões sociais do povo
    mais empobrecido.

    ResponderExcluir
  6. Só complementando o comentário da RÔ:
    A regulamentação do Min Serra exigia o Boletim de Ocorrência para efetivar o aborto, em caso de estupro. O Min Humberto Costa (PT), simplesmente aboliu-o.
    Alguém mais tem dúvidas, em relação à intenção do partido e seus candidatos?

    ResponderExcluir
  7. Prezada Conceição:
    Este é um artigo que escrevi a partir de sua postagem no comentário do dia 14/10/2010.

    Fique na Paz do Senhor.

    .........................
    Viver pela fé

    Basta para saber se um cristão é nominal é de fato tem intimidade com o Senhor analisar fragmentos de seu discurso. Os fragmentos são como as coisas mais pequenas e íntimas, como aquilo que é a essência da pessoa. Esses fragmentos de discurso, do ponto de vista da lingüística, depõem a favor ou contra o dito cristão e revela quem realmente ele é: se uma pessoa com relacionamento íntimo com o Senhor ou se uma pessoa enganada pelo inimigo de nossas almas, que a convenceu estar servindo a Cristo, quando na verdade está trilhando o caminho da perdição, pensando estar servindo ao Senhor porque fala e faz coisas que parecem agradar a Deus, pelo menos aos olhos humanos.
    Não digo que a pessoa em si seja mal intencionada, mas que ela está sendo enganada pelo inimigo e convencida de que está fazendo a coisa certa, muitas vezes esquentando banco de igrejas e falando em nome do Senhor, mas sem nenhum valor espiritual.
    Contudo, fiz essa pequena explanação para dizer que não condeno as pessoas – e aqui falo em termos espirituais – porque muitos dos nossos “irmãos” estão vivendo enganados pelo inimigo. Eles falam e fazem as coisas com uma aparência de cristão, mas no fundo, falam pela carne e não pelo Espírito Santo, nem segundo as Escrituras, pelo contrário, tentam institucionalizar as Escrituras e a contorcem conforme suas preferências, dando interpretações e significados politizados para o texto bíblico.
    Li um manifesto postado em um blog evangélico colocado de forma generalista; visivelmente um artifício político para tentar enganar as pessoas e passar a idéia de uma unidade entre as denominações em torno de uma determinada candidatura.
    Isso é algo muito sério, porque independente de quem seja o ou a presidente, o período político vai passar e alguém será eleito, mas para Deus, aqueles que utilizaram de artimanhas envolvendo as Escrituras para ludibriar o povo, certamente terão de responder por isso. Quero repetir aqui uma verdade que aprendi com um homem de Deus, o pastor Waldi Frey, que sempre diz sobre quem pensa que vai ficar impune: “Um dia a conta vem”, e eu completo: para muitos não tarda.
    Não se trata de defender esse ou aquele candidato: estou aqui fazendo um alerta que não devemos brincar de ser cristãos, porque estamos com isso debochando do sacrifício de Cristo e do amor de Deus por nós. A Palavra do Senhor é séria demais para ser usada como se fosse somente mais um elemento de marketing para a promoção política desse ou daquele candidato.
    O comentário postado no blog evangélico é uma clara evidência de que não é um manifesto da totalidade dos “homens e mulheres, ministros, ministras, agentes de pastoral, teólogos/as, padres, pastores e pastoras, intelectuais e militantes sociais, membros de diferentes Igrejas cristãs” e que não estão “movidos/as pela fidelidade à verdade”, como declaram.
    É evidente que estão utilizando a Sagrada Escritura e tentando influenciar a fé e opinião das pessoas por interesses políticos.
    Logo no segundo parágrafo lemos o seguinte: “Por isso, fazemos esta declaração como cristãos, ligando nossa fé à vida concreta, a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais”.
    Se o mover do cristão nesse mundo não for segundo a Palavra de Deus, segundo seus preceitos e segundo a fé na sua palavra; e se toda a sua vida não for regrada a partir dos motivos bíblicos e da doutrina bíblica, logo não se trata de cristãos com relacionamento com Deus, mas de pessoas enganadas pelo inimigo que pensam estar no caminho da salvação, vivendo dentro de igrejas e contextos religiosos, mas trilhando um caminho galopante para a perdição.

    Continua na parte 02...

    ResponderExcluir
  8. Se não analisarmos esse mundo a partir do padrão de Cristo, estaremos sendo como o mundo, analisando as coisas do mundo a partir do modelo oferecido pelo mundo e isso é agir de acordo com a vontade do inimigo, sem fé, somente com uma máscara de cristão.
    A palavra diz que “O justo viverá pela fé”. Essa palavra forma a citação extraída de Habacuque 2;4, aparecendo também em Gálatas 3:11 e Hebreus 10:38, o que faz dela um norma e um conceito cristão básico.
    Nas páginas do Antigo Testamento essa idéia não aparece relacionada ao conceito da salvação eterna, mas está vinculada a invasão de Israel pelas tropas babilônicas. O exército caldeu destruía o território de Israel, espalhando o terror e a miséria, mas o homem de Deus, ‘o justo’, devido a sua fé em Deus, seria sustentado em meio a toda aquela agonia.
    Perceba que não estamos falando que o homem tem de ter fé para se afastar dos problemas, nem estamos discutindo a fé como se fosse algo de outra dimensão.
    Naquele contexto e hoje ainda o cristão tem de viver pela fé para suportar os horrores desse mundo, caso contrário ele se molda ao padrão do mundo e aí sim se afasta de Cristo, se torna um enganado do inimigo e fica a brincar de ser cristão, acreditando que realmente o é.
    A vida em contraste com a morte espiritual, e a vida no sentido de uma contínua comunhão com Deus. Do principio ao fim, viver piedosamente significa confiar em Deus e depender de sua graça em todas as situações da vida material.
    Talvez seja esse o principio espiritual que o autor de Hebreus escreveu para advertir que o ‘justo, vive pela fé’, mesmo em face as lutas e tribulações da carreira cristã, não pode retroceder, voltar atrás na vida cristã, é esta fé, que o levará ao reino glorioso do Senhor. “…todavia, o meu justo viverá pela fé; e: Se retroceder, nele não se compraz a minha alma.” Hebreus 10:38
    Crer em Deus quando a mesa está farta, ou quando as coisas estão dando certo, é muito fácil. Mas crer quando estamos em dificuldades, quando tudo parece depor contra nós é muito mais difícil, porém manter-se firme e perseverante, esperando com confiança que, no tempo devido, o Senhor mandará o suprimento e a bênção, essa é a fé que Deus se agrada.
    Mas se começarmos a analisar o mundo, a política e todas as demais coisas “a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais”, já estamos no padrão do mundo, que é muito diferente do padrão de Cristo.

    Continua na parte 3 de 3

    ResponderExcluir
  9. Parte 3 de 3

    Acredito que a análise social e política da realidade deve ser feita, única e exclusivamente a partir do padrão de Cristo, que está bem definido no seu manual, a Palavra de Deus, deixada para nós para que saibamos o caminho a trilhar e como viver nesse mundo. O que vem além disso é invenção do inimigo para enganar, se possível, até os escolhidos.
    O profeta Habacuque viveu no tempo de perseguição do inimigo, os caldeus, de fome, escassez, tribulação, de luta e de dor. Buscou auxílio em Deus no lugar de oração (Torre de vigia) em busca da resposta de Deus. 2:1. Foi quando Deus lhe revelou que o justo vive pela fé. Hc 2:4
    Uma das maiores declarações de fé em Deus, independente das lutas e dificuldades enfrentadas por causa do juízo de Deus sobre uma nação é do profeta Habacuque:
    “Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação. O SENHOR Deus é a minha fortaleza, e faz os meus pés como os da corça, e me faz andar altaneiramente. A o mestre de canto. Para instrumentos de cordas. “ Habacuque 3:17-19
    Não nos deixemos enganar pelo príncipe desse mundo que fez o padrão do mundo e está tentando aplicar esse modelo à vida dos salvos em Cristo. Que seja a palavra de Deus e o sacrifício de Cristo o padrão para nossa vida, nossos relacionamentos, nossa conduta no trabalho, na política, na família, na igreja e em todos os lugares e momentos, sempre com essa base forte.
    Se vivermos segundo o padrão de Deus, vivendo pela fé, estaremos livres do enganador e trilhando o caminho para nossa plena salvação, sendo glorificados pelo Senhor no final de nossa carreira cristã.

    Em Cristo, que nos fortalece,

    Marcos Elieser

    ResponderExcluir
  10. Evangélicos de todo o nosso páis, uní-vos! Em nome de Jesus não votem nessa candidata comunista que é a Dilma! Como todos bem sabem ou equecerecam, ela participou da luta armada contra os militares, sendo comunista de raiz, ou seja, como todos sabem os comunistas (vermelhos), são TODOS ateus e totalmente a favor do aborto, pela liberdade de escolha da mulher, segundo eles…Não acreditem agora que ela mudou de opinião…Não sejam ingênuos. Chega desse povo no comando do país, já foram 8 anos, é hora de renovação!

    ResponderExcluir
  11. 2° Parte
    7. Sabemos de pessoas que se dizem religiosas, e que cometem atrocidades contra crianças, por isso, ter um candidato religioso não é necessariamente parâmetro para se ter um governante justo, por isso, não nos interessa se tal candidato/a é religioso ou não. Como Jesus, cremos que o importante não é tanto dizer “Senhor, Senhor”, mas realizar a vontade de Deus, ou seja, o projeto divino. Esperamos que Dilma continue a feliz política externa do presidente Lula, principalmente no projeto da nossa fundamental integração com os países irmãos da América Latina e na solidariedade aos países africanos, com os quais o Brasil tem uma grande dívida moral e uma longa história em comum. A integração com os movimentos
    populares emergentes em vários países do continente nos levará a caminharmos para novos e decisivos passos de justiça, igualdade social e cuidado com a natureza, em todas as suas dimensões. Entendemos que um país com sustentabilidade e desenvolvimento humano – como Marina Silva defende – só pode ser construído resgatando já a enorme dívida social com o seu povo mais empobrecido. No momento atual, Dilma Rousseff representa este projeto que, mesmo com obstáculos, foi iniciado nos oito anos de mandato do presidente Lula. É isto que
    está em jogo neste segundo turno das eleições de 2010.

    Com esta esperança e a decisão de lutarmos por isso, nos
    subscrevemos:

    Dom Thomas Balduino, bispo emérito de Goiás Velho, e presidente honorário da CPT nacional
    Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Felix do Araguaia-MT
    Dom Demetrio Valentini, bispo de Jales-SP e presidente da Cáritas nacional
    Dom Luiz Eccel – Bispo de Caçador-SC
    Dom Antonio Possamai, bispo emérito da Rondônia
    Dom Sebastião Lima Duarte, bispo de Viana- Maranhão
    Dom Xavier Gilles, bispo emérito de Vina- Maranhão
    Padre Paulo Gabriel, agente de pastoral da Prelazia de São Felix do Araguaia /MT
    Jether Ramalho, Rio de Janeiro
    Marcelo Barros, monge beneditino, teólogo
    Professor Candido Mendes, cientista político e reitor
    Luiz Alberto Gómez de Souza, cientista político, professor
    Zé Vicente, cantador popular, Ceará
    Chico César, Cantador popular, Paraíba/São Paulo
    Revdo Roberto Zwetch, igreja IELCB e professor de teologia em São Leopoldo
    Pastora Nancy Cardoso, metodista, Vassouras / RJ
    Antonio Marcos Santos, Igreja Evangélica Assembléia de Deus – Juazeiro – Bahia

    ResponderExcluir
  12. 3° parte
    Maria Victoria Benevides, professora, da USP
    Monge Joshin, Comunidade Zen Budista do Brasil, São Paulo
    Antonio Cecchin, irmão marista, Porto Alegre
    Ivone Gebara, religiosa católica, teóloga e assessora de movimentos populares.
    Fr. Luiz Carlos Susin – Secretário Geral do Fórum Mundial de Teologia e Libertação
    Frei Betto, escritor, dominicano
    Luiza E. Tomita – Sec. Executiva EATWOT (Ecumenical Association of Third World Theologians)
    Ir. Irio Luiz Conti, MSF. Presidente da Fian Internacional
    Pe. João Pedro Baresi, pres. da Comissão Justiça e Paz da CRB (Conferência dos Religiosos do Brasil) SP
    Frei José Fernandes Alves, OP. – Coord. da Comissão Dominicana de Justiça e Paz
    Pe. Oscar Beozzo, diocese de Lins
    Pe. Inácio Neutzling – jesuíta, diretor do Instituto Humanitas Unisinos
    Pe. Ivo Pedro Oro, diocese de Chapecó/SC
    Pe. Igor Damo, diocese de Chapecó-SC
    Irmã Pompeia Bernasconi, cônegas de Santo Agostinho
    Cibele Maria Lima Rodrigues, Pesquisadora
    Pe. John Caruana, Rondônia
    Pe. Julio Gotardo, São Paulo
    Toninho Kalunga, São Paulo
    Washingtonn Luiz Viana da Cruz, Campo Largo, PR e membro do EPJ (Evangélicos Pela Justiça)
    Ricardo Matense, Igreja Assembléia de Deus, Mata de São João/Bahia
    Silvania Costa
    Mercedez Lopes,
    André Marmilicz
    Raimundo Cesar Barreto Jr, Pastor Batista, Doutor em ética social
    Pe. Arnildo Fritzen, Carazinho. RS
    Darciolei Volpato, RS
    Frei Ildo Perondi – Londrina PR
    Ir. Inês Weber, irmãs de Notre Dame.
    Pe. Domingos Luiz Costa Curta, Coord. Dioc de Pastoral da Diocese de Chapecó/SC
    Pe. Luis Sartorel,
    Itacir Gasparin
    Célio Piovesan, Canoas.RS
    Toninho Evangelista – Hortolândia/SP
    Geter Borges de Sousa, Evangélicos Pela Justiça (EPJ), Brasília
    Caio César Sousa Marçal – Missionário da Igreja de Cristo – Frecheirinha/CE
    Rodinei Balbinot, Rede Santa Paulina
    Pe. Cleto João Stulp, diocese de Chapecó
    Odja Barros Santos – Pastora batista
    Ricardo Aléssio, cristão de tradição presbiteriana, professor universitário
    Maria Luíza Aléssio, professora universitária, ex-secretária de educação do Recife
    Rosa Maria Gomes
    Roberto Cartaxo Machado Rios
    Rute Maria Monteiro Machado Rios
    Antonio Souto, Caucaia, CE
    Olidio Mangolim – PR
    Joselita Alves Sampaio – PR
    Kleber Jorge e silva, teologia – Passo Fundo – RS
    Terezinha Albuquerque
    Pr. Marco Aurélio Alves Vicente – EPJ – Evangélicos pela Justiça, pastor-auxiliar da Igreja Catedral da Família/Goiânia-GO
    Padre Ferraro, Campinas.
    Ir. Carmem Vedovatto
    Ir. Letícia Pontini, discípulas, Manaus
    Padre Manoel, PR
    Magali Nascimento Cunha, metodista
    Stela Maris da Silva
    Ir. Neusa Luiz, abelardo luz- SC
    Lucia Ribeiro, socióloga
    Marcelo Timotheo da Costa, historiador
    Maria Helena Silva Timotheo da Costa
    Ianete Sampaio
    Ney Paiva Chavez, professora educação visual, Rio de
    janeiro
    Antonio Carlos Fester
    Ana Lucia Alves, Brasília
    Ivo Forotti, Cebs – Canoas – RS
    Agnaldo da Silva Vieira – Pastor Batista. Igreja Batista da Esperança – Rio de Janeiro
    Irmã Claudia Paixão, Rio de Janeiro
    Marlene Ossami de Moura, antropóloga / Goiânia
    Ir. Maria Celina Correia Leite, Recife
    Pedro Henriques de Moraes Melo – UFC/ACEG
    Fernanda Seibel, Caxias do Sul.
    Benedito Cunha, pesquisador popular, membro do Centro Mandacaru – Fortaleza
    Pe. Lino Allegri – Pastoral do Povo da Rua de Fortaleza, CE
    Juciano de Sousa Lacerda, Prof. Doutor de Comunicação Social da UFRN
    Pasqualino Toscan – Guaraciaba SC
    Francisco das Chagas de Morais, Natal – RN
    Elida Araújo
    Maria do Socorro Furtado Veloso – Natal, RN
    Maria Letícia Ligneul Cotrim, educadora
    Maria das Graças Pinto Coelho/ professora universitária/UFRN
    Ismael de Souza Maciel membro do CEBI – Centro de Estudos Bíblicos Recife
    Xavier Uytdenbroek, prof. aposentado da UFPE e membro da coordenação pastoral da UNICAP
    Maria Mércia do Egito Souza agente da Pastoral da Saúde
    Arquidiocese de Olinda e Recife
    Leonardo Fernando de Barros Autran Gonçalves Advogado e Analista do INSS

    ResponderExcluir
  13. Creio que faltou essa parte do texto. Enviei, mas nao está no post.
    trata-se da parte 1 de 3.

    Se possível, colocar na ordem.

    Obrigado
    .......

    O comentário da Conceição motivou esse artigo.

    ......

    Viver pela fé

    Basta para saber se um cristão é nominal é de fato tem intimidade com o Senhor analisar fragmentos de seu discurso. Os fragmentos são como as coisas mais pequenas e íntimas, como aquilo que é a essência da pessoa. Esses fragmentos de discurso, do ponto de vista da lingüística, depõem a favor ou contra o dito cristão e revela quem realmente ele é: se uma pessoa com relacionamento íntimo com o Senhor ou se uma pessoa enganada pelo inimigo de nossas almas, que a convenceu estar servindo a Cristo, quando na verdade está trilhando o caminho da perdição, pensando estar servindo ao Senhor porque fala e faz coisas que parecem agradar a Deus, pelo menos aos olhos humanos.
    Não digo que a pessoa em si seja mal intencionada, mas que ela está sendo enganada pelo inimigo e convencida de que está fazendo a coisa certa, muitas vezes esquentando banco de igrejas e falando em nome do Senhor, mas sem nenhum valor espiritual.
    Contudo, fiz essa pequena explanação para dizer que não condeno as pessoas – e aqui falo em termos espirituais – porque muitos dos nossos “irmãos” estão vivendo enganados pelo inimigo. Eles falam e fazem as coisas com uma aparência de cristão, mas no fundo, falam pela carne e não pelo Espírito Santo, nem segundo as Escrituras, pelo contrário, tentam institucionalizar as Escrituras e a contorcem conforme suas preferências, dando interpretações e significados politizados para o texto bíblico.
    Li um manifesto postado em um blog evangélico colocado de forma generalista; visivelmente um artifício político para tentar enganar as pessoas e passar a idéia de uma unidade entre as denominações em torno de uma determinada candidatura.
    Isso é algo muito sério, porque independente de quem seja o ou a presidente, o período político vai passar e alguém será eleito, mas para Deus, aqueles que utilizaram de artimanhas envolvendo as Escrituras para ludibriar o povo, certamente terão de responder por isso. Quero repetir aqui uma verdade que aprendi com um homem de Deus, o pastor Waldi Frey, que sempre diz sobre quem pensa que vai ficar impune: “Um dia a conta vem”, e eu completo: para muitos não tarda.
    Não se trata de defender esse ou aquele candidato: estou aqui fazendo um alerta que não devemos brincar de ser cristãos, porque estamos com isso debochando do sacrifício de Cristo e do amor de Deus por nós. A Palavra do Senhor é séria demais para ser usada como se fosse somente mais um elemento de marketing para a promoção política desse ou daquele candidato.
    O comentário postado no blog evangélico é uma clara evidência de que não é um manifesto da totalidade dos “homens e mulheres, ministros, ministras, agentes de pastoral, teólogos/as, padres, pastores e pastoras, intelectuais e militantes sociais, membros de diferentes Igrejas cristãs” e que não estão “movidos/as pela fidelidade à verdade”, como declaram.
    É evidente que estão utilizando a Sagrada Escritura e tentando influenciar a fé e opinião das pessoas por interesses políticos.
    Logo no segundo parágrafo lemos o seguinte: “Por isso, fazemos esta declaração como cristãos, ligando nossa fé à vida concreta, a partir de uma análise social e política da realidade e não apenas por motivos religiosos ou doutrinais”.
    Se o mover do cristão nesse mundo não for segundo a Palavra de Deus, segundo seus preceitos e segundo a fé na sua palavra; e se toda a sua vida não for regrada a partir dos motivos bíblicos e da doutrina bíblica, logo não se trata de cristãos com relacionamento com Deus, mas de pessoas enganadas pelo inimigo que pensam estar no caminho da salvação, vivendo dentro de igrejas e contextos religiosos, mas trilhando um caminho galopante para a perdição.

    Continua na parte 2 de 3

    ResponderExcluir
  14. Ato de moderação

    Aviso:

    A campanha eleitoral é entre Dilma Rousseff e José Serra. Não é entre a esposa de Serra e nem o esposo de Dilma. Os cônjuges de ambos não tomarão posse no dia 1º de janeiro de 2011.

    Portanto, as "notícias" sobre os mesmos serão ignoradas neste espaço. Damos valor ao que é oficial, oficioso jamais!

    Deixemos este tipo de "notícia" para os sites de passatempo, para quem não leva política a sério.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  15. Boa tarde a todos!
    Gostaria de compartilhar com todos um vídeo muito importante http://www.youtube.com/watch?v=UUnEGIhn9TA
    Estamos perto das eleições e gostaria que todos pensassem em quem estão votando,que existem pessoas que são contra a vida,contra Deus.

    ResponderExcluir
  16. Meu irmão quando tu me fala sobre os preços dos alimentos me ocorre que o brasileiro realmente tem a memória muito curta, ou vocês não se lembram que no governo tucano que acabou a apenas 8 anos atrás o pacote de arroz de 5 kg custava mais de 15 reais.
    Com relação as leis sobre aborto, homossecssuais e outras que ferem principios cristãos temos dois pontos;
    1º quem aprova as leis já estão eleitos, que são os deputados e senadores, com esses sim deveríamos tomar o maior cuidado pois quem aprova ou deixa de aprovar são eles e infelismente muitos nem lembram mais em quem votou nas eleições 2010, o estado de São Paulo por exemplo que se diz "elite" elegeu um palhaço analfabeto; pergunto; será que se for aprovada a lei do aborto José Serra vai vetar ? Duvido.
    2º porque os evangélicos estão tão preocupados com a aprovação de leis mas não se preocupam em mudar a realidade do nosso país, pois o fato de não termos leis não impede que todos os dias mulheres se submetam a esse processo em clinicas de fundo de quintal, todos os dias temos visto união homossecssuais, não é uma lei que muda a realidade é Jesus e essas pessoas só irão mudar depois que conhecerem e aceitarem a Jesus e pra isso ao invés de ficarmos escrevendo um monte de besteiras contra determinada pessoa vamos falar um pouquinho mais d'Ele.
    Outra coisa, quando escrever um post não escreva nós escreva na 1ª pessoa, pois a sua opinião não reflete por exemplo a minha, então se nós somos irmãos não me coloque nessa condição respeito sua opinião, mas também precisa ser respeitada a opinião dos outros, esse comentário expressa a minha opinião e não a nossa pois entendo que cada um tem a capacidade de olhar e decidir sem que se coloque um monte de babozeiras como eu vi ontem na propaganda do PSDB onde dizia que as ações da Petrobras subiram graças a subida de Serra nas pesquisas, vamos realmente abrir nossos horizontes e pesar todos os pontos.

    ResponderExcluir
  17. Leandro.

    Realmente é preciso ponderar antes de votar. A Dilma diz que possue fé no Horário Eleitoral e na entrevista da Folha de São Paulo se apresenta como alguém que se pergunta se Deus existe.

    É precido clareza ao se apresentar ao eleitor!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  18. Alex

    Deputados e senadores criam as leis. O presidente tem na ponta da caneta o poder de vetar ou aprová-la. Não se esqueça disso.

    "porque os evangélicos estão tão preocupados com a aprovação de leis mas não se preocupam em mudar a realidade do nosso país, pois o fato de não termos leis não impede que todos os dias mulheres se submetam a esse processo em clinicas de fundo de quintal"

    Estamos preocupados e agindo politicamente. A realidade do país se muda através de leis.

    Existe lei referente ao aborto, amigo. Hoje PARA DEFESA DO FETO, é necessário que a gestante faça um Boletim de Ocorrência (B.O.) e prove que abortará por causa de estupro ou risco de morte. O que o PT quer é acabar com essas leis, que defende a parte inocente na situação.

    "todos os dias temos visto união homossecssuais, não é uma lei que muda a realidade é Jesus e essas pessoas só irão mudar depois que conhecerem e aceitarem a Jesus e pra isso ao invés de ficarmos escrevendo um monte de besteiras contra determinada pessoa vamos falar um pouquinho mais d'Ele".

    Não estamos contra a atividade sexual de pessoas. Cada cidadão tem a liberdade de escolher o que quiser para si mesmo. Estamos defendendo nosso direito de declarar o que a Bíblia declara: a prática homossexual é pecado. O PL 122/2006 tenta tirar esse direito de expressão dos cidadãos brasileiros, à revelia da Constituição Federal.

    Você escreveu que os cristãos falam "um monte de besteiras". Esta é a sua opinião sobre nós. É exatamente este grau de liberdade que você tem aqui que os ativistas das Causas Gays pretendem nos tirar. O PT endossou na Câmara e no Senado, com aval de Dilma e Lula. Querem nos calar!

    Você cobra que se use a 1ª pessoa do singular neste blog. Mostre-me onde "pequei" neste detalhe.

    Sobre o "nós" cristãos, quero lembrar que O PT fez uma péssima escolha ao aproximar da campanha de Dilma os políticos que, supostamente, nos representam. A taxa de aversão que eles possuem é significativa. Creio que eles estejam colaborando com José Serra, inconscientemente.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  19. "Vocês evangélicos". Neste caso eu diria assim: "vocês cristãos, tanto evangélicos quanto católicos".

    Veja só serra e dilma participaram de governos que duraram oito anos.

    Quando serra pôde tomar escolhar fez uma coisa sensata, regulamentou a legislação VIGENTE (este detalhe não é dos menores)


    Quando dilme pôde tomar decisões sobre o tema ela nos apresentou o PNDH-3, que dispensa comentários.

    Por gentileza, vejam isto: http://emcrencas.blogspot.com/

    PAZ!!!

    ResponderExcluir
  20. Realmente quem assina as leis e o presidente da Republica e se você leu o que eu escrevi entendeu que eu sabia, mas o que eu quiz dizer é que eu duvido que o Serra irá vetar uma lei sobre aborto ou casamento homossecssual caso elas sejam aprovadas pelo congresso.

    Em nenhum momento eu disse que você pecou apenas disse para usar a 1ª pessoa quando se expressar pois a sua opinião não quer dizer que seja a minha e a de outros.

    Quando eu disse que não tinha leis, quiz dizer a favor do aborto.

    ResponderExcluir
  21. Desculpem, mas vou votar no Serra.



    Cansei de ir ao supermercado e encontrá-lo cheio. O alimento está barato demais. O salário dos pobres aumentou, e qualquer um agora se mete a comprar, carne, queijo, presunto, hambúrguer e iogurte.

    Cansei dessa história de PROUNI, que botou esses tipinhos, sem berço, na universidade. Até índio, agora, vira médico e advogado. É um desrespeito... Meus filhos, que foram bem criados, precisam conviver e competir com essa raça.

    Cansei dos bares e restaurantes lotados nos fins de semana. Se sobra algum, a gentalha toda vai para a noite. Cansei dessa demagogia.

    Cansei de ir em Shopping e ver a pobreza comprando e desfilando com seus celulares. Cansei dos estacionamentos sem vaga. Com essa coisa de juro baixo, todo mundo tem carro, até a minha empregada. "É uma vergonha!", como dizia o Boris Casoy. Com o Serra os congestionamentos vão acabar, porque como em S.Paulo, vai instalar postos de pedágio nas estradas brasileiras a cada 35 km e cobrar caro.


    Desculpem mas Voto no Serra....


    O governo reduziu os impostos para os computadores. A Internet virou coisa de qualquer um. Pode? Até o filho da manicure, pedreiro, catador de papel, agora navega, tem Orkut...Vergonha, vergonha, vergonha...



    Cansei dessa história de facilitar a construção e a compra da casa própria (73% da população, hoje, tem casa própria, segundo pesquisas recentes do IBGE). E os coitados que vivem de cobrar aluguéis? O que será deles? Cansei dessa palhaçada da desvalorização do dólar. Agora, qualquer um tem MP3, celular e câmera digital. Qualquer umazinha, aqui do prédio, vai passar férias no Exterior. É o fim...


    Também cansei dessa coisa de biodiesel, petroleo do pré-sal, de agricultura familiar. O caseiro do meu sítio agora virou "empreendedor" no Nordeste. Pode? Cansei dessa coisa assistencialista de Bolsa Família. Esse dinheiro poderia ser utilizado para abater a dívida dos empresários de comunicação (Globo, SBT, Band, RedeTV, CNT, Folha, Estadão, etc.). A coitada da "Veja" passando dificuldade e esse governo alimentando gabiru em Pernambuco. É o fim do mundo.

    Vou votar no Serra. Cansei, vou votar no Serra, porque quero de volta as emoções fortes do governo de FHC, quero investir no dólar em disparada e aproveitar a inflação. Basta! Vou votar no Serra. Quero ver essa gentalha no lugar que lhe é devido. Quero minha felicidade de volta. Quero de volta o Rei do Pedágio em São Paulo e dos remédios de farinha de FHC..



    ISSO É PARA A REFLEXÃO DAQUELES QUE ACHAM QUE O GOVERNO LULA NAO BENEFICIOU O SOCIAL , QUANDO FOI FHC, DIGA-SE DE PASSAGEM RAÇA DE TUCANO MENTIROSA E SALAFRÁRIA, QUE DESGRAÇOU MEU PAIS EM TODOS OS NIVEIS E EM TODAS AS AREAS..AGORA É DILMÃOO!!!!13!

    ResponderExcluir
  22. Desculpem, mas vou votar no Serra.



    Cansei de ir ao supermercado e encontrá-lo cheio. O alimento está barato demais. O salário dos pobres aumentou, e qualquer um agora se mete a comprar, carne, queijo, presunto, hambúrguer e iogurte.

    Cansei dessa história de PROUNI, que botou esses tipinhos, sem berço, na universidade. Até índio, agora, vira médico e advogado. É um desrespeito... Meus filhos, que foram bem criados, precisam conviver e competir com essa raça.

    Cansei dos bares e restaurantes lotados nos fins de semana. Se sobra algum, a gentalha toda vai para a noite. Cansei dessa demagogia.

    Cansei de ir em Shopping e ver a pobreza comprando e desfilando com seus celulares. Cansei dos estacionamentos sem vaga. Com essa coisa de juro baixo, todo mundo tem carro, até a minha empregada. "É uma vergonha!", como dizia o Boris Casoy. Com o Serra os congestionamentos vão acabar, porque como em S.Paulo, vai instalar postos de pedágio nas estradas brasileiras a cada 35 km e cobrar caro.


    Desculpem mas Voto no Serra....


    O governo reduziu os impostos para os computadores. A Internet virou coisa de qualquer um. Pode? Até o filho da manicure, pedreiro, catador de papel, agora navega, tem Orkut...Vergonha, vergonha, vergonha...



    Cansei dessa história de facilitar a construção e a compra da casa própria (73% da população, hoje, tem casa própria, segundo pesquisas recentes do IBGE). E os coitados que vivem de cobrar aluguéis? O que será deles? Cansei dessa palhaçada da desvalorização do dólar. Agora, qualquer um tem MP3, celular e câmera digital. Qualquer umazinha, aqui do prédio, vai passar férias no Exterior. É o fim...


    Também cansei dessa coisa de biodiesel, petroleo do pré-sal, de agricultura familiar. O caseiro do meu sítio agora virou "empreendedor" no Nordeste. Pode? Cansei dessa coisa assistencialista de Bolsa Família. Esse dinheiro poderia ser utilizado para abater a dívida dos empresários de comunicação (Globo, SBT, Band, RedeTV, CNT, Folha, Estadão, etc.). A coitada da "Veja" passando dificuldade e esse governo alimentando gabiru em Pernambuco. É o fim do mundo.

    Vou votar no Serra. Cansei, vou votar no Serra, porque quero de volta as emoções fortes do governo de FHC, quero investir no dólar em disparada e aproveitar a inflação. Basta! Vou votar no Serra. Quero ver essa gentalha no lugar que lhe é devido. Quero minha felicidade de volta. Quero de volta o Rei do Pedágio em São Paulo e dos remédios de farinha de FHC..



    ISSO É PARA A REFLEXÃO DAQUELES QUE ACHAM QUE O GOVERNO LULA NAO BENEFICIOU O SOCIAL , QUANDO FOI FHC, DIGA-SE DE PASSAGEM RAÇA DE TUCANO MENTIROSA E SALAFRÁRIA, QUE DESGRAÇOU MEU PAIS EM TODOS OS NIVEIS E EM TODAS AS AREAS..AGORA É DILMÃOO!!!!13!

    ResponderExcluir
  23. Saiu uma entrevista (dia 15/10) da Marina no Uol. Ao contrário de Serra, ela responde a pergunta que Dilma Fez no último debate: "O que fazer com uma mulher que fez aborto: atendê-la ou prendê-la?"

    BBC Brasil - E como lidar com uma mulher que fez aborto? Ela deve ser punida?
    Marina - É claro que uma mulher que fez o aborto não gostou de ter feito. Precisa de ser acolhida na sua angústia, na sua dor, na sua culpa.

    Parece que o que Marina pensa está bem próximo do que a Dilma pensa e não tem medo de dizer. Já o Serra, dentro do seu machismo e de seu discurso que tem que agradar a qualquer preço, não tem coragem de tocar nesse tema com respeito à mulher (nem à sua própria) e com sinceridade.


    A entrevista completa está em: http://noticias.uol.com.br/bbc/2010/10/15/para-marina-religiosidade-do-brasileiro-nao-pode-ser-ignorada.jhtm


    Quem tem olhos para ver que veja!!!

    ResponderExcluir
  24. Nossa até que enfim algumas pessoas de bom censo comentaram esse blog, deveriam por esse artigo do Giulia noticias como um tópico e abrir pra galera comentar já que quando eu questionei o moderador desse blog ele me disse que o mesmo era um fórum aberto para todas as opiniões, mas o que vemos infelizmente é só contra a Dilma, poderíamos colocar artigos como o de Paulo Preto, o que a galera acha das privatizações, aliás poderíamos ver se alguém sabe onde foram parar o dinheiro das privatizações, alguém sabe ??
    Poderíamos discutir por exemplo porque Serra não cumpriu seu compromisso assinado quando assumiu a prefeitura de São Paulo e assinou dizendo que não renunciaria para concorrer a outros cargos.
    Bom acho que é isso; Eliseu vamos ampliar e ver a opinião da galera ??

    ResponderExcluir
  25. O pior disso, não é a Dilma mas sim o Michel Temmer.

    É de dar medo.

    ResponderExcluir
  26. Jefferson

    Tenha medo da justica de Deus pelos seus atos e pare de apontar seus dedos para outras pessoas. Voce ja evaNGELIZOU ALGUEM HOJE? Ja falou de outro assunto que não fosse politica? Se jesus estivesse aqui votaria em quem? tem certeza? Teve alguma visão ou revelação?
    Vigie e ore e concordo com o irmão que discordou do senhor

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net