Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

quarta-feira, 7 de março de 2012

Mentiras do feminismo e Verdades da Bíblia

Posted by Wilma Rejane on quarta-feira, março 07, 2012 with 11 comments

Artigo de Sue Bohlin
Extraído de Bible.org
Por: Wilma Rejane


No seu inicio, o movimento feminista, acompanhado pela revolução sexual, fez uma séria de atraentes promessas muito interessantes para as mulheres. Promessas que soaram tão bem que algumas mulheres abandonaram maridos e filhos e rejeitaram toda noção de casamento e família em busca de si e de uma carreira. Essas perseguições que enfatizaram a auto-suficiência e o individualismo, foram supostamente para melhorar a qualidade de vida, bem como suas relações com os homens. Agora, décadas mais tarde, as mulheres tiveram que enfrentar o fato, de que, em muitos aspectos, o feminismo ou libertação feminina, fez promessas que não pode cumprir:

1- A mulher pode ter tudo

Foi alimentada a ilusão de que as mulheres, sendo o sexo superior, têm uma fonte inesgotável de energia física e emocional que nos permite conciliar: carreira, família, amizades e outros serviços. Os defensores do feminismo declararam que as mulheres podem não só fazer o que os homens fazem, mas que devemos sim fazer o que os homens fazem.Acontece, que homens não podem fazer o que mulheres fazem, por exemplo: ter filhos. Isso coloca uma dupla carga sobre as mulheres.

Deus fez mulheres diferentes de homens. As Escrituras não proibe que mulheres exerçam atividade profissional, na verdade, a mulher virtuosa de provérbios 31 está envolvida em vários empreendimentos de tempo parcial: mercado imobiliário e fabricação. No entanto, é o excelente entendimento de seu marido, filhos , sua casa e comunidade que inspira o devido louvor. A força dada por Deus as mulheres, foi dada para trazer glória a Deus através das diferenças femininas.

2- homens e mulheres são fundamentalmente o mesmo




Para além de algumas diferenças biológicas, o feminismo fortemente sugeriu que machos e fêmeas são fundamentalmente o mesmo. Não é verdade. Homens e mulheres inclusive,  se comportam de forma diferente no ambiente de trabalho. A verdade é que Deus criou diferenças significativas entre machos e fêmeas. Podemos ver evidências disso, no fato de que a Bíblia dá comandos diferentes para maridos e esposas, que estão enraizados nas diferentes necessidades. Deus nomeou divinamente papéis de homens e mulheres.

3- a oportunidade é reforçada pela realização

A terceira mentira do feminismo é que quanto mais uma mulher consegue, mais atraente  e desejável ela se torna para os homens. O feminismo declarou que conseguir algo, deixar uma marca no mundo, era a única medida de sucesso que mereceria o respeito dos outros. As mulheres que acreditavam nesse mito, se viram competindo desesperadamente com os homens. A concorrência se tornou adequada para o mundo profissional dos negócios, mas é um desastre nos relacionamentos.

As mulheres têm sido decepcionadas ao descobrir que suas conquistas não resultam em grandes relacionamentos com homens, mas que elas são terrivelmente prejudicadas pela competição profissional dentro do relacionamento. Não é raro encontrar mulheres bem sucedidas no trabalho, porém frustradas no amor, como se sua ascensão lhe garantisse estabilidade financeira, mas se tornado um fardo na área sentimental.

Sim, algumas mulheres têm deixado sua marca no mundo: Débora do livro de Juízes, Margaret Thatcher e outras, mas a conquista, não deve ser causa de separação e disputas, mas de amar e apoiar aqueles que nos rodeiam, tocando os corações. As conquistas, devem estar fundamentadas no amor.

4-Mulheres têm um potencial não explorado

Ser médio não adianta, você tem que ser grande. Ficamos em apuros quando operamos sob um conjunto de crenças que não coincidem com a realidade. Consequentemente, muitas mulheres estão operando sob perspectivas irreais de si mesmas. Isso nos leva a um segundo problema: muitas mulheres se sentem fracassadas por não realizar esse modelo de grandeza.Em vez de aproveitarem a vida fazendo o que podem fazer, elas chorarão o que não são. Romanos 12:3 nos diz: não pense de si mesmo mais altamente do que deveriam". Ao invés de nos preocuparmos com o "potencial não realizado", devemos ser fiel e obedecer a Deus nas coisas que Ele nos deu para fazer, confiando Nele para os resultados finais. Não temamos ser normais como se houvesse algum estigma.

A Bíblia diz que Deus se agrada em usar pessoas comuns, porque é assim que Ele recebe a maior glória , I Cor 1:26-31. É uma honra ser uma pessoa comum nas mãos de um Deus extraordinário!

5- Homens e mulheres são sexualmente iguais

Essa mentira vem da mesma fonte que nos trouxe as mentiras da revolução sexual. A verdade é que mulheres não podem separar sexo de amor tão facilmente quanto os homens podem. Para mulheres, o sexo precisa ser uma expressão de amor e compromisso. sem essas qualidades, sexo é humilhante, nada mais que hormônios enlouquecendo. Cada vez que uma mulher dá o corpo a um homem, ela dá parte de seu coração também. "Liberdade" sexual trouxe novos graus de sofrimento para milhões de mulheres. A mentira da igualdade sexual, produziu promiscuidade generalizada e doença epidêmica. Não é de se admirar que tantas mulheres estejam lutando com a auto-estima.

Os mandamentos de Deus para o sexo é que homens e mulheres são diferentes, e não deve ser de outra maneira.Ele nos diz para exercer o autocontrole antes do casamento, guardar toda expressão sexual para o relacionamento conjugal , e em seguida, manter o leito conjugal puro, sem mácula. Quando seguimos essas diretrizes, descobrimos que o plano de Deus é fornecer proteção as mulheres, proporcionando :segurança no relacionamento, saúde sexual e um ambiente familiar estável. Esse alto padrão também protege os homens, fornecendo um canal seguro para as suas energias sexuais. Homens e mulheres fiéis no casamento, são mantidos a salvo de doenças sexualmente transmissíveis, gravidez indesejada fora do casamento (parceiras amantes e filhos frutos de infidelidade) e também culpa por pecados de sexualidade.

6- A negação da maternidade

Muitas mulheres começaram a adiar casamento e maternidade para buscar objetivos de carreira. esta perspectiva nega a realidade do sistema reprodutivo de uma mulher e as limitações do tempo.A mulher entre os 20 e 30 anos é mais fértil que aos 40.Além disso, tem um custo físico, a ciência tem confirmado que mulheres mais velhas são mais propensas a ter problemas para engravidar. O risco de conceber filhos com sindrome de Down é consideravelmente maior em mães mais velhas.

Há também uma dimensão espiritual em negar a maternidade. I Tm 2:15 é um versículo intrigante: "Mas as mulheres serão salvas através da procriação". A tradução correta seria: "As mulheres vão ser mantidos em segurança por meio do parto". Quando as mulheres mantêm suas prioridades na família, são mantidas em segurança. Não é raro encontrar mulheres solteiras já de uma certa idade e que optaram pela carreira profissional, viverem dilemas de ceder ou não as tentações de uma vida de solteira.

O problema, portanto, não é ter uma carreira, mas desequilibrar as prioridades sob um ponto de vista Bíblico.

7- Ser feminina é ser fraca



Na tentativa de borrar distinções de gênero, as feministas declararam guerra ao conceito de gênero. As qualidades que marcam mulheres como femininas: suavidade, doçura, bondade, capacidade de relacionar-se entre outras, foram julgadas como bobo, estúpido e fraco. Ter características masculinas de; agressividade e competitividade, foram consideradas valiosas.

Mas quando mulheres tentam assumir qualidades masculinas, o resultado final é uma distorção que não é nem feminino, nem masculino. Não há realmente um estereotipo de que " as mulheres são todas assim" e isso deve ser demolido. Um monte de homens são ameaçados por mulheres fortes, de opiniões e agendas próprias. Mas a verdade é que as características tradicionalmente masculinas se tornaram atraentes para o feminismo.

A harmonia e o poder dos sexos, está nas diferenças.Aprouve ao Senhor, criar a mulher para completar o homem, não para competir com ele, ou ser uma cópia dele. I cor 11:7 diz que o homem é a imagem e glória de Deus, mas a mulher é a glória do homem. Feminilidade não é fraqueza, é coroa gloriosa magnifica sobre a humanidade.

8-Fazer é melhor que ser

Em seu livro Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus, John Gray apontou que os homens encontram sentido na auto realização e que as mulheres, recebem sentido através da auto realização dos relacionamentos. O feminismo, por sua vez declarou que a única coisa que realmente importa é o que você faz. Quem você é não é importante para as pessoas.

Essa mentira diz que mulheres devem ser sempre ativas, ser passiva não serve. E comportamentos tradicionais de humildade como: ouvir sempre o outro, receber o outro de coração e mente abertos, foram denunciados.A maioria das mulheres fazem isso naturalmente, mas muitas passaram a se sentir desconfortáveis nesse papel. Em vez disso, passaram a trabalhar freneticamente valorizando a agressão, asertividade e poder loucamente suprimindo seus instintos no amor e relacionamentos.

o plano de Deus é que devemos viver uma vida equilibrada: as vezes passiva, outras ativa, algumas vezes indagando, outras respondendo, em todos os momentos nos submetendo ao senhorio de Cristo.

9- O mito da auto-suficiência

Lembre-se do famoso slogan feminista que apareceu no mundo inteiro, desde adesivos e camisetas, até cadernos e blocos de natas? " Uma mulher sem um homem é como um peixe sem bicicleta". A mensagem era clara: mulheres não precisam de homens, eles são inferiores". O próximo passo para "as mulheres não precisam de homens", seria, lógico: as mulheres não precisam de ninguém. Nós podemos cuidar de nós mesmas. A música de Helen Reddy "I Am Woman" tornou-se música tema do feminismo, com o refrão memorável: "se eu precisar de alguém, não posso fazer nada,  eu sou forte, sou invencível, sou mulher".

Claro que se as mulheres não precisam de ninguém além de si mesmas, certamente não precisam de Deus. Particularmente um Deus masculino, patriarcal, que faz regras que elas não gostam e que insiste em dizer que só Ele é Deus. E como a capacidade de adorar está arraigada em nós, o pensamento feminista deu origem ao culto à deusa. a deusa era apenas uma imagem feminina que se podia tocar. Na relidade, adorar a deusa, era como adorar a si mesma.

A mentira da auto-suficiência é a mesma que Satanás apregoou no jardim do éden, enganado Eva e Adão: Você precisa de Deus para que, se vocẽ pode conhecer o bem e o mal? Entristecemos o coração do senhor quando acreditamos nessa mentira. Jeremias 2:13 dia" O meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram o manancial de águas vivas e cavaram cisternas, cisternas rotas que não detêm as águas". Deus não criou a auto-suficiência. ele não nos fez para agradarmos apenas a nós mesmos.

Mentira 10: Mulheres, aproveitem a feminilização dos homens!



As feministas acreditavam que a única maneira de alcançar a igualdade dos sexos era acabar com as distinções de papéis. Então, a sociedade tinha que acabar com as distinções de gênero. Mulheres abraçaram valores masculinos e homens foram encorajados a adotar características femininas. Isso resolveria o problema, mas não foi o que aconteceu.O problema é que mulheres não querem "homens moles", mas fortes, firmes e corajosos, queremos um homem viril. Há uma grande razão pelo qual livros e filmes com heróis masculinos fortes, continuam a apelar para um público tão grande.Os designios de Deus para liderança masculina, são: proteção e força.

O movimento de libertação das mulheres, é uma atitude de raiva e insubmissão que é alimentado pelas mentiras do engano. É bom saber o que são mentiras, e o que a Palavra de Deus diz para combatermos a mentira com o poder de Sua verdade.
Reações:

11 comentários:

  1. Bem, eu gostei do seu texto,porém para mim, aqui retrata muito de forma implícita, eu entendo que esteja subtendido, o problema generalizado que são das relações em si, as pessoas foram feitas para se relacionarem contudo não o fazem como deve ser feito, principalmente o marido e a mulher, esse bando de feminista que criaram o feminismo, se for feito uma boa pesquisa será percebido que eram todas, mulheres frustadas em seus casórios, que não conseguiram ter êxito em suas relações conjugais e foram as únicas culpadas por uma sociedade magista, adorada do deus homem. Eu não defendo o feminismo pode até ficar parecendo aqui, nem conheço a ideologia disto e de suas seguidoras, mais o fato é que o povo de Deus tem que aprender a discernir entre o certo e o errado, pois a balança de Deus é justa, Ele não privilegia nem homem e nem mulher, então já que ninguém tem regras bem estabelecidas e justas sobrei isto, vamos deixar um bando de fantasia de lado, como você mesmo escreveu, eis aí um bando de ideologia falsa criada por um bando de frustada e vamos seguir a direção de Deus,Ele não falha.pensamentosdecibelly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Deus ao criar o homem, viu que era só, e por isso criou uma adjuntora, uma auxiliadora, uma que estivesse ao lado dele, em igualdade de pensamento, e ações. não para ser mandada, mais para estar ajudando no cuidado do lar, dos filhos e da vida espiritual também do esposo, pois as esposas tem uma grande responsabilidade na vida espiritual do esposo.
    fala-se em liberdade das mulheres, mais eu entendo que isso foi uma artimanha do diabo para destruir os lares, pois com isso como foi falado aqui pela autora, muitos lares foram destruidos por causa dessa "liberdade feminina", coisa que Deus nunca proibiu da mulher ter liberdade, ai entra uma questão de cultura humana.
    estava vendo um documentario no Discovery Channel onde em um pais se não me falha a memoria da africa, as mulheres aos 12 anos são obrigadas pelos pais a se prostituirem, por falta de condições financeiras da familia, e isso já esta incutido na cultura deles, mais sabemos que é errado tanto no lado social, humano, quanto no lado espiritual, pois isso esta desencadeando a condenação dessas mulheres caso não aceitem Jesus como salvador a condenação eterna, e o diabo esta batendo palmas deitado ainda, por que ninguem se prontifica a fazer nada a respeito. o que podemos fazer é orar para que Deus atraves do seu Espirito esteja enviando missionarios para levar a palavra de salvação a esse pais e que possa libertar essas moças dessa escravidão dos infernos.
    mais acima de tudo viva as mulheres, abençoadas por Deus com um dom divino, o de ser mãe, amiga, esposa, amante e companheira de seus conjuges.

    um pouco atrasado parabens pelo dia de voces.

    fiquem na paz do Senhor todos.

    ResponderExcluir
  3. Olá Pr. Rafael!

    Agradecemos seu enriquecedor comentário e os parabéns pela data.

    Deus o abençoe e

    Volte sempre, tá? Serás bem vindo!

    ResponderExcluir
  4. Amei o post. Profundo, realista e esclarecedor. Parabens ao companheiro! Vou publicar no nosso blog
    www.igrejaevangelicabompastor3rios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Amei o post. Profundo, realista e esclarecedor. Parabens ao companheiro! Vou publicar no nosso blog
    www.igrejaevangelicabompastor3rios.blogspot.com
    Graça e Paz
    Pr. Roldenyr Cravo

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do post, assim como os homens as mulheres estão sempre procurando a sua companhia. Mas homens e mulheres nunca mas se entenderam perfeitamente, desde a queda no jardim do Edem, sempre estão em guerra, só o Espírito Santo de Deus no relacionamento para as coisas ficarem mais ou menos dentro do padrão estabelecido por Deus. Tudo começou alí no Edem, o homem colocou a culpa na mulher, a mulher em satanás, mas ninguém assumiu a sua fraqueza e seu erro e pediu perdão a Deus. A linda família que Deus projetou naufragou. Mas lutamos (nós cristãos) por uma família de Noé, temos que fazer a nossa parte, com certeza Nosso Senhor está bem perto de arrebatar a sua Noiva ( a igreja). E acredito que estamos vivendo os dias de Noé, como relata a palavra de Deus, mateus cap. 24 verso 36. Vou colar se post ok.

    ResponderExcluir
  7. Igreja Evangelica Bom Pastor e Maria da Penha,

    O post está liberado para republicação, desde que citada a fonte.

    Obrigada,

    Deus os abençoe,

    Serão sempre bem vindos.

    ResponderExcluir
  8. Gostei do Post.
    A disputa entre o homem e a mulher, a preocupação com o papel de cada um, são consequências do pecado. Adão e Eva só perceberam sua nudez e "diferenças" depois que consumaram o pecado.
    Na graça há comunhão, companheirismo, cumplicidade, não divergências, disputas e rivalidades.
    A mulher cedeu à tentação e ofereceu o fruto do pecado ao homem; as consequências de seu pecado foram duras. O homem, o responsável por fazer cumprir a ordem Divina, por sua vez, aceitou o fruto sem questionar. O que torna ambos igualmente culpados perante Deus.
    A partir daí a mulher foi subjugada e desprezada, principalmente no mundo pagão.
    Segundo os historiadores, no contexto social da época do nascimento de Jesus o homem podia pedir o divórcio a uma mulher por ter queimado um alimento; o testemunho de uma mulher tinha menos valor do que o testemunho de um escravo pagão; esperava-se que a mulher ou um escravo pagão lavasse os pés do marido, mas não um escravo judeu; os judeus agradeciam a Deus por não terem nascido mulher.
    No culto, elas não podiam sentar na frente e nem manifestar sua espiritualidade. Elas eram proibidas de estudar a lei, mas esperava-se que elas a cumprisse.
    Por isso, eu acredito que o movimento feminista está muito atrasado.
    A libertação feminina já aconteceu há mais de 2000 anos atrás, quando Jesus, na plenitude dos tempos, veio ao mundo nascido de mulher (Gl 4.4)
    Assim como ela foi um "joguete" nas mãos de satanás para introduzir o pecado no mundo, ela foi também um instrumento nas mãos de Deus para trazer a salvação (Jesus Cristo).
    Jesus começa seu trabalho de redenção no seu nascimento, redimindo a mulher da sua condição.
    No seu Ministério Ele teve seguidoras, tratou as mulheres sempre com respeito e dignidade. O segundo Adão veio para salvar o que se havia perdido.
    Nenhum movimento feminista pode fazer o que Jesus fez e consumou na Cruz do Calvário.
    Ali, homens e mulheres foram comprados, redimidos e tiveram sua condição de comunhão restaurada.
    Na graça, as diferenças existentes entre homem e mulher não podem ser motivo de rivalidade mas devem ser aproveitadas para complementação um do outro.
    Eu amo Jesus e o que Ele fez naquela Cruz por nós, mulheres e por toda a humanidade.

    ResponderExcluir
  9. Como recem convertida tenho uma dificuldade absurda com a palavra submissão, fui criada em uma casa só de mulheres, vou ter q ser quebrantada 1000 x 100 para me livrar desse assombro, admito...

    ResponderExcluir
  10. Olha parabéns quero acrescentar algo

    No inicio de todas as coisas o Diabo destorcia a palavra
    pediaele que a mulher restava enganada que ela poderia comer da arvore =>Gen:2 ordenou o SENHOR Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente,
    Gênesis 2:16

    Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.

    Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
    Gênesis 3:3-4

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net