Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

sábado, 21 de abril de 2012

Como saber se meu blog é ou não relevante?

Posted by Wallace Sousa on sábado, abril 21, 2012 with 11 comments
top-sobressair

Para se sobressair, é preciso ser diferente

Como medir a relevância e influência de seu blog?

[Spoiler: um tema desse tem muito pano pra manga. E, sendo escrito por mim então... prepare-se!]

Como editor de um blog evangélico anônimo, procuro sempre pensar em fazer o melhor para Deus, mas é inevitável começar a questionar se está mesmo valendo a pena investir tanto tempo, recursos pessoais e abrir mão de outras coisas em prol desse trabalho que, na verdade, é só um hobby (não confunda com O Hobbit, ok?). Uma das coisas que me fazem parar pra pensar se e o esforço está valendo a pena é quando comparo meu blog com outros famosos da blogosfera cristã.

Recentemente, fiquei sabendo da triste notícia que um antigo e importante blogueiro cristão encerrou as atividades de seu blog. Uma pena. Quando o conheci na VINACC, jamais imaginava que ele iria pendurar as chuteiras. E, perguntado sobre o motivo desse encerramento precoce, ele justificou dizendo que cerrou as portas por causa da baixa audiência e das constantes discussões. Eu não o condeno por isso, porque, acredito, quase todo blogueiro já deve ter sido tentado a desistir pelos mesmos motivos. E eu também não sou exceção nessa regra.

E, pensando nisso, senti que o Senhor me inspirava a escrever sobre esse assunto: o que é ou como deve ser, afinal, um blog relevante e influente? Será que estamos olhando as coisas como elas são, ou vendo as coisas como nós queríamos que elas fossem? Observe: não estou afirmando que as coisas, se fossem como gostaríamos, isso as tornaria, automaticamente, corretas. Nem sempre conseguimos aquilo que queremos (disso eu sei muito bem), mas isso também não quer dizer que nossa vida seria melhor se tivéssemos conseguido. Pode ser que sim, mas pode ser que não... quem vai saber?

Geralmente, avaliamos o sucesso de nossos projetos (blogs incluídos, claro), comparando-os com projetos semelhantes de pessoas diferentes. Entendeu? Nem eu. Acontece que, na maioria das vezes, a comparação é descabida ou desnecessária. Assim, quando nos deparamos com essas dificuldades, voltamo-nos a olhar dentro de nós mesmos para avaliar o grau de sucesso de nossos empreendimentos.

Mesmo correndo o risco de muitos discordarem de mim, vou arriscar e dar minha opinião porque, se tem uma coisa que não me falta, é opinião! Eu dou pitaco mesmo (risos)! Eu julgo que medimos, genericamente falando, nosso sucesso com base, principalmente, em:
  • vaidade pessoal: que atire a primeira pedra quem nunca babou se admirou na frente do espelho #momento narciso. É fato: quando um projeto alimenta nosso ego, é muito mais fácil levá-lo adiante, mesmo que isso não nos faça bem. E o contrário também é verdadeiro. Se seu projeto tiver como motivação a vaidade pessoal, o fim dele está próximo.
  • mensuração de resultados: como sou formado em Administração, essa minha veia (não, véia ainda não... risos) empreendedora sempre me faz ver as coisas pelo lado pragmático, numérico. Todavia, isso nem sempre é benéfico. Tenha em mente que seu blog - principalmente se for evangélico - poderá ser avaliado em métricas diferentes das usadas pelo mercado.
  • sentimento de missão cumprida: esse seria, a meu ver, a mais difícil de se lidar, pois pode ser tanto uma grande motivador como um péssimo conselheiro. Nem sempre podemos confiar em nossos sentimentos. Quem nunca sofreu desilusão amorosa que franza a testa. Como eu já sofri várias, estou mais que escaldado. Não baseie seu sucesso como blogueiro [apenas] pelos sentimentos, porque você se torna presa fácil de algo bastante volúvel e que, mais vezes do que gostaria, vive fugindo de seu controle.
coisa-importante-alvo
não perca o foco para não perder o Alvo

O que vem a ser relevância e influência e por que isso é importante

Falar de relevância na internet é tentar falar de algo que não tem forma definida, é algo recente e que ainda não sabemos que futuro vai ter. Não, eu não estava falando de adolescência (risos), estava falando da blogosfera, e qualquer coincidência é mera semelhança. Mas, para ajudar um pouco nosso entendimento da importância de ser relevante e influente, vamos começar do... começo, claro!

Então, para começar: relevante e influente é algo que é... importante. Não sei se percebeu, mas fiz uma dubiedade intencional no título, mas que não ficou tão explícita (para dar mais charme, claro). E por que eu fiz isso? Oras, porque era importante! (pausa para risos da platéia - obg obg obg). Agora, falando sério (vou me esforçar, prometo), o modo adequado de enxergar relevância e influência é este:
  • relevância[1] é a qualidade que o público ou públicos atribuem a determinada coisa. E isso é bastante variável, pois pode ser que o que é relevante para você não seja para mim, e vice-versa. Outras variáveis também afetam a relevância: o tempo (nem tudo que é relevante hoje o será amanhã), o espaço (algo pode ser relevante em um lugar e em outro não), a individualidade (existem coisas que são relevantes para determinado público, faixa etária, etc.). A relevância, então, é de domínio do público, podemos assim dizer.
  • influência[2] é a poder de impacto que aquilo que um determinado público julga relevante tem sobre esse mesmo público. Por exemplo: uma pessoa considerada relevante por um determinado público, ao se pronunciar sobre um tema, impacta (ou seja, exerce influência) todo aquele público que o admira ou nele se espelha. Observe que, enquanto a relevância é atribuída pelo público, a influência é exercida sobre o público. E é esse pequeno detalhe faz toda a diferença.
Acredito que, agora, deve ter ficado mais claro entender essa questão de relevante e influente: o público dita (em tese) o que deve ser relevante, mas é ditado (influenciado) por quem ele elegeu como relevante. Simples, não? Bem, você já sabe o que é relevância e influência e, de quebra, teve uma pincelada do porquê isso é importante, mas se ainda está curioso para saber mais, recomendo ler o seguinte post (bem bacana): O que é relevância, do blog da Sussu.

Por que é importante saber disso?

As razões são simples, colocá-las em prática nem tanto:
  1. manter-se no foco: tudo o que você for fazer na vida, deve ter um objetivo, um alvo, uma meta. Sem isso, você se perderá e, sem rumo, não saberá o que fazer nem que direção seguir. Estabeleça alvos e mantenha-se na rota do sucesso.
  2. perseverar em seu projeto: ok, você está focado e no rumo certo, o que fazer agora? Trabalhar, produzir e... esperar. Seu sucesso não virá do dia para a noite. Tenha paciência e continue fazendo as mesmas coisas, até atingir um nível mínimo de solidez, até começar a "engrossar o caldo". Não tire a mão, senão a maionese pode desandar.
  3. realização pessoal: como já disse, nossos sentimentos não são bons conselheiros - principalmente amorosos -, mas o sentir-se realizado em fazer algo é uma força motivadora que não deve ser desprezada, porque ela serve como combustível para nós. Muitas organizações, grandes líderes e até mesmo ditadores cruéis souberam se utilizar disso para conseguir o que queriam. Ora, se eles podem fazer uso do SEU senso de realização para atingir os objetivos DELES, por que você não pode usar isso em SEU proveito?
Isso posto, talvez você esteja se perguntando: Como posso saber se MEU blog é relevante, já que quem diz que ele é relevante não sou eu? É o que tentaremos lhe ensinar nas próximas linhas

leardership
ser influente é ser exemplo para alguém

Como não avaliar a relevância de seu blog

1. Olhando para os números

Uma das coisas que nos enchem os olhos são os números, se é que você me entende. Nossa cultura nos faz crer que isso é que realmente importa, como se isso fosse apenas o que há. E, sinceramente, não é. Observe como se fala sobre a nova taxa Selic, os recordes de produção de carros, a variação da inflação, a cotação do dólar, o índice de reajuste de aluguéis, o nível da bolsa de valores… Ufa, é tanta coisa, que até perco a conta!

Nós, brasileiros, já nos gloriamos de sermos o 5º maior país do mundo, com 9.511.965 km², se não me falha a memória, já que esse dado foi decorado séculos atrás no século passado. Batemos no peito em dizer que o “nosso” rio Amazonas é o maior do mundo, não só em volume de água, mas agora também em extensão (ia escrever comprimento, mas ele é tão comprido que extenso traduz melhor). Chegamos até o absurdo de gostarmos de saber que a delegação olímpica foi a maior de nossa história, mesmo que eles não tendo ganhado nada… #EPIC FAIL!

Ora, De que adianta o Maracanã ser o maior estádio do mundo, enquanto milhares ficam mendigando nas ruas da cidade maravilhosa? Coisas do Brasil… entendeu? Nem eu.

Na Bíblia, aprendemos que Números é o título de um livro que mostra que mais de 600.000 homens adultos saíram do Egito, mas somente dois daquela geração entraram na Terra Prometida! Por aí você tem noção de que número não quer dizer muito. Gideão podia numerar um exército de 32.000 homens, mas descobriu que só podia contar com 300 companheiros, e com estes é que venceu. Golias tinha quase 3 metros de altura, mas foi derrotado por um adolescente mediano. Tire seu olhar dos números, pois eles não querem dizer muito.

Um blogueiro não deve mensurar a relevância de seu blog unicamente pela quantidade de visitas que recebe ou pela quantidade de seguidores que tem. Me lembro agora de Jesus, que tinha muitos seguidores, ao ponto de enviar 70 deles para missões simultâneas. Todavia, depois de um discurso mais amargo, ficou com apenas 12. Ele ficou arrancando os cabelos, certo? Não. Ainda perguntou se o resto não queria ir embora também (ouch!).

Aprenda com Gideão: quantidade não é o mesmo que qualidade. Aprenda com Davi: tamanho não é documento. Aprenda com Jesus: não importa quem já te seguiu no passado e te abandonou no presente, mas sim quem fica ao seu lado quando as trevas se aproximam. Quer enxergar os números da forma correta? Então veja: Thomas A. Edison foi o criador da lâmpada elétrica, mas antes do sucesso, fracassou (diz a lenda) mais de 1.000 vezes. Não importa quantas vezes você erra, desde que acerte quando vai fazer, de fato, diferença, porque é isso que, afinal, conta. (Dica: trocadilhos numéricos intencionais)

Olhar pros números do blog é algo que não dou muita bola hoje, por dois motivos: o primeiro é que não sou muito bom em aritmética, e contar acima de 10 (dedos) é quase uma via crucis para mim. O segundo é que, como o blog Desafiando Limites não tem números a mostrar, eu também não tenho números com os quais me preocupar… #oh_vida_cruel   =)

dedinhos_eliana
isso é o famoso contar nos dedos?

2. Olhando para o tempo

Outro mal que assola nossa cultura, e temo que isso seja mais generalizado do que nossa obsessão por números, é a ansiedade por querer ver as coisas acontecendo imediatamente. Quem escreve em blogs, também sente esse fantasma rondar seu projeto. Coisas como está demorando, por que meu blog não decola (quem sabe porque não seja um blog sobre aviação, sei lá...), tornam a vida do blogueiro mais difícil do que já é. Claro, existem coisas compensadoras em ser blogueiro, mas seu blog não pode ser um fardo a espremê-lo contra o chão da vida.

Eu diria, sem medo de falar mais bobagem, que estamos vivendo uma espécie de ditadura temporal: a cada instante vemos propaganda de carros mais velozes, celulares, computadores e tablets mais rápidos. Um vendedor nos liga oferecendo banda larga (em alguns lugares, pra ser honesto, é quase estreita... #fato) mais rápida que a nossa, vemos em cada esquina um anúncio de rede 3G mais rápida (pura balela) e por aí vai. Pra onde, não sei. Minha constatação é que essas coisas são criadas unicamente para aumentar a velocidade com que esvaziamos nossas carteiras, ao mesmo tempo em que enchemos as deles...

Se o blogueiro ficar olhando para o tempo, ou para o seu avanço rápido, vai entrar em uma espiral de ansiedade e angústia que vai acabar por atrapalhar seu projeto virtual e prejudicar sua vida pessoal. Você, blogueiro, cristão ou não, deve olhar para o tempo com sabedoria, como disse o sábio Salomão: "ensina-nos a contar os nossos dias, de modo que alcancemos coração sábio". Observe que a sabedoria é obtida de forma semelhante à idade: vem com o passar do tempo (risos). Infelizmente, nem toda pessoa idosa granjeou sabedoria durante sua vida.

Mas, não se desespere e nem entregue os pontos. Muitas coisas demoram a acontecer mesmo, é natural, pois faz parte do processo de amadurecimento de Deus em nós. Claro, nosso desejo é que elas não demorem, mas nem tudo é do jeito que querermos que seja, e graças a Deus por isso, não é mesmo? Imagine como seria chato se tudo fosse do jeito que queremos, sem desafios, sem oportunidades de superação, etc. Encare assim: seu blog, simplesmente existindo, já está à frente daqueles que nascem promissoramente e morrem prematuramente.

3. Olhando para o vizinho

E, para concluir o comitê da maldade, o terceiro aspecto que maltrata o blogueiro é ele ficar olhando se a grama do vizinho é mais verde (risos). Ou, em outras palavras, comparar seu [in]sucesso com o sucesso de outros blogueiros. Quer dizer, então, que você não deve avaliar o nível de sucesso alcançado por seu blog? Não, não é isso.

Na verdade, não é bem isso. Então, o que é? Você deve avaliar o que você faz (seu blog foi criado para ganhar dinheiro? este post provavelmente não é para você), onde quer chegar e que resultados espera obter. As respostas a essas perguntas dirão se está no caminho certo e se a demora em alcançar sucesso deve ser encarada como natural.

Observe: só porque alguém faz sucesso não quer dizer que todos têm que fazer sucesso também. Ou, pelo menos, entenda que existem tipos e níveis diferentes de sucesso. Outro detalhe é que comparações sempre levam a distorções e ilusões, quando são feitas de modo superficial: "o blog dele tem 1 ano e já faz mais sucesso que o meu que já tem 2 anos"! Não compare maçãs com bananas. Quer fazer uma comparação que lhe seja útil? Então compare os acertos e veja se você não está deixando de fazer as coisas certas ou fazendo coisas que não deveria.

Mas, mais importante ainda: será que o sucesso dele é aprovado por Deus? Existe uma penca de blogs cristãos que fazem um sucesso tremendo - leia-se audiência altíssima e muita repercussão. Mas, é um sucesso que eu não quero pra mim. Trabalham na base na avacalhação, ofensas gratuitas, posts chamativos e manipulação de informações para conseguir mais audiência e retorno. Algumas vezes, esse retorno significa ganho financeiro. Não vou citar nomes, mas acredito que muitos leitores devem ter reconhecido, nas entrelinhas, um ou dois blogs desse nível.

Apenas um parêntese: Qual é o grande mal dessa estratégia? Não se pode ter um blog para ganhar dinheiro? Sim, pode. Só não pode é usar seu blog para denegrir a imagem de outras pessoas, distorcer informações e forjar notícias bombásticas a pretexto de aumentar os lucros. Quando sua pauta é baseada em quanto você vai ganhar com a repercussão da notícia, sua isenção, imparcialidade e credibilidade já foram pro beleléu faz tempo! E se o blog for "cristão", eu até me dou o direito de questionar se o blogueiro é crente...
money-search-online-business
o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males

Em suma, olhar para o sucesso alheio não é um bom parâmetro para avaliar se seu blog é relevante ou não, ainda mais se sua avaliação estiver embotada pela inveja ou sentimento de inferioridade.

Ok, agora que você já sabe o que NÃO deve fazer, que tal refletirmos sobre a forma CORRETA de avaliar a relevância de seu blog?

Como avaliar a relevância de seu blog

Como fazer o certo é bem mais simples do que dizer - e mostrar - o que está errado na avaliação, esta parte será mais objetiva e direta, para nossa alegriaaaaaaaaaaaaa! (risos)
  • Recebendo feedback de seus leitores: Como já dissemos, relevância é algo que você pode até ter, mas quem decide se você vai ter (ou não) não é você. E quem são? Seus leitores. Ora, se são eles, então escreva para eles (dãã!). Sim, escreva para seus leitores, porque existem blogueiros que parecem estar escrevendo diante de um espelho, como se tivessem dupla personalidade: uma de blogueiro e outra de leitor do próprio blog! Entendeu? Nem eu. Eu procuro prestar atenção ao que meus leitores dizem e, algumas vezes, fico MUITO feliz com o feedback recebido. Claro, nem sempre fico satisfeito, mas fazer o quê né? É essa a dura vida de blogueiro. Quer saber o que seus leitores pensam de seu blog? Ora, pergunte a eles! Simples assim.
  • Verificando a coerência de seus textos: Isso talvez nem devesse estar nessa área de avaliação, mas deixei aqui por um bom motivo, e vou dizer qual é. Um blogueiro relevante tem de ter algo que é difícil (e demorado) de se conquistar e relativamente fácil de se perder: credibilidade. E como se conquista essa tal de credibilidade junto ao seu público? Sendo coerente. Você não pode ficar mudando de opinião a todo momento e por qualquer motivo. Se agir assim, quem vai confiar e acreditar no que você diz hoje, se amanhã pode desdizer? Não estou dizendo que as pessoas não podem mudar de opinião. Podem sim. Na verdade, até devem, quando descobrem que estão errados. Mas, coerência significa que as pessoas sabem o que esperar, em tese, de você ao falar de determinado assunto. E, se mudar de opinião, deixe claro o motivo da mudança. Seja coerente, e deixe seus textos demonstrarem isso, se quiser ser relevante para alguém.
  • Avaliando o legado que deixará na blogosfera: Esse é um aspecto muito interessante e que vai, inclusive, abastecer sua disposição para continuar fazendo aquilo que faz, ainda que ninguém diga que você está fazendo algo de relevante. Se olhar para o tempo (passado) pode minar suas forças, olhar para o futuro pode recarregar suas energias. Pergunte a si mesmo, de forma honesta: depois que eu me for, alguém poderá olhar para o que fiz e dizer algo como "ele nos deixou um legado, e nos lembraremos dele por isso"? Se sua resposta for SIM, parabéns. Você estará caminhando para se tornar uma pessoa automotivada, porque sabe O QUE está fazendo, PORQUE está fazendo e até QUANDO irá continuar fazendo, independentemente de ser reconhecido por isso.
E se, ao avaliar se seu blog é [ir]relevante, você descobriu que precisa melhorar? Calma, não é hora de arrancar os cabelos. Pelo menos, não ainda (risos). Darei algumas dicas para que você não saia daqui cabisbaixo e se enforque no próximo pé de alface que encontrar ou decida pular de uma gilete (dica: não vai fazer seu blog ficar mais relevante, ok?).

Como melhorar a relevância de seu blog

  • Ouvindo e entendendo seus leitores: Este é um complemento ao item de recebendo o feedback dos leitores. Ora, se você escrever pensando em seus leitores, eles vão lhe responder de forma natural e contínua, porque você conseguiu o grande feito de cativá-los (sim, copiei de Saint-Exupéry, e daí? risos). Bem, agora que conseguiu, à custa de muita tortura mental e sodiopentathol, fazer seus leitores abrirem o bico e colocarem a mão no mouse, PRESTE ATENÇÃO no que eles estão dizendo, mesmo que seja: PARE DE ESCREVER, POR FAVOR! O maior patrimônio de um blogueiro/escritor são os leitores que cativou (Exupéry de novo...), não o blog em que escreve (para quem não o faz em seu próprio blog). Tenha isso em mente para direcionar seus textos para atender às necessidades de seus leitores.
  • Preservando a qualidade de seus textos: Já este é o complemento de escrever com coerência. Observe: de pouco ou nada vai adiantar se você escrever com coerência se o que você escreve não serve nem para ilustrar panfleto do McDonald's (aquele que fica na bandeja e que ninguém lê...). Assim como não se deve confundir sinceridade com falta de educação, não confunda escrever com coerência com desprezo por qualidade. Responda sinceramente: quando você vai ao mercado, padaria, restaurante, cabeleireiro, etc., você se importa com a qualidade do que vai adquirir ou usar? Então, por que achar que seus leitores também não têm o mesmo cuidado? Escreva de modo que eles tenham não apenas interesse, mas prazer em ler seus textos, ora pois!
  • Obter avaliações de pessoas isentas e honestas: Isso não é fácil. Não, não estou falando de encontrar pessoas honestas! Ou estou? Vixe... agora bateu uma dúvida. Bom, não priemos cânico (essa roubei do Chapolin, aquele seriado chato das infinitas tardes do SBT). Se você estivesse procurando pessoas honestas no Congresso, aí ficava difícil, mas entre seus amigos deve ser bem mais fácil, ! Mas, então, voltando: escolha um amigo seu (amiga também serve, risos), tome uma dose forte de Simancol antes, e pergunte o que e porquê ela não gosta em seus textos. Se ele(a) disser que gosta de tudo e está tudo perfeito, das 2 uma: ou você não sabe escolher amigos ou você já ganhou aquele prêmio, um tal de Prêmio Pulitzer (acho que se pronuncia "putz" ou algo assim) e nem sei o que ainda está fazendo aqui. Agora ficou fácil, sabendo onde e o que tem que consertar. Mãos à obra, então!
É, pensou que era fácil ser blogueiro? É mais difícil do que encontrar amigos de verdade... #desafiando_limites #vencendo_barreiras

trofeu-prize
a recompensa vale o esforço

Bônus: Descubra novos talentos para trabalhar com você

Graças a Deus, o Senhor cumpriu um antigo desejo meu: ter alguém para me ajudar no blog Desafiando Limites. Mas, como eu sou muito chato (risos), demorou a aparecer alguém que me aturasse se encaixasse no perfil do blog: crente, que escrevesse bem, que tivesse prazer em escrever e falar do amor do Senhor e, de quebra e não menos importante, trouxesse novos leitores para o blog. Queria muito, né? Pois é, pois foi, só sei que foi assim...

Mas, então (risos), sabe aqueles momentos em que Deus nos surpreende? Jesus fez assim comigo e mandou a Raíssa Bomtempo, para trazer novos tempos para o blog, em todos os sentidos (huahsuahauhahuahaus)! Pois é... chegou um novo tempo no blog Desafiando Limites, por meio da Raíssa Bomtempo! #rimou

Agora, pensa bem (frase da Raíssa): você acha que ela iria querer escrever nesta bodega neste blog se ele não atendesse requisitos mínimos para ela? Claro que não! Assim, invista na qualidade do que faz como se fizesse com prazer e satisfação (dica: eu faço), pois assim todos ganham: você, seus leitores, o blog, a blogosfera, etc. Falo como quem sonha tem experiência prática nesse assunto.

Que tal, então, por em prática o que aprendeu aqui?

Quer saber mais? Leia: Como criar um blog de qualidade aos olhos do Google? O escritor é português, mas vá lá, raios! ? (risos)

Você foi abençoado(a), edificado(a) com o texto? Gostou de verdade? Que tal, então, você fazer meu blog relevante (risos)? Como? Simples: clique em Gostei, Estrelas, Curti, +1, ou tuíte a bênção, conte pro seu vizinho, amigo, papagaio, cole um adesivo no vidro do carro! #diz-que-sim #please

E curta nossa página no Facebook: Desafiando Limites!

[1] e [2]: essas definições não têm fonte de referência porque acabei de criá-las. Assim, se for citá-las, dê o crédito linkando este post. Não se preocupe, se falei besteira, não terei qualquer problema em assumir isso, ok? Ora, alguém, em algum dia, tem que ser o primeiro a falar abobrinha, não é mesmo? E, convenhamos, falar bobagem é algo em que estou me especializando desde algum tempo!

8-)

www.ubeblogs.net
Reações:

11 comentários:

  1. Fico muito satisfeito só em receber comentários, ainda que muito poucos, de pessoas que foram abençoadas e edificadas com a leitura dos textos que posto no blog, isso para mim já é um bom motivador; pois, se afirmo que escrevo para abençoar vidas, edificá-las e evangelizar e alcanço uns poucos, acredito que já cumpri parte de minha função como blogueiro cristão. Abençoar, edificar e evangelizar, isso para mim já é um bom motivador. Paz a todos os irmãos que juntos tem se esforçados para alcançar alguns.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelas dicas, paz e graça!

    http://odiacono.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. acredito que especialidades se consegue com o tempo, relevancia e influencia são especialidades que podemos adquirir sendo constantes e firmes (l co. 15;58 ), sempre abundando em boas obras Jesus antes de ascender aos céus, deparou-se com ansiedades e apreensões de seus discipulos perguntando-lhe : Senhor, restaurarás tu neste tempo o reino a Israel?(at. apost 2;6) As especialidades virão com o tempo, hoje o que conta é sermos suas testemunhas na virtude do Espirito Santo Seremos relevantes se influênciarmos o mundo praticando sua Palavra

    ResponderExcluir
  4. obrigado pela dica gostei muito vou por em pratica.

    ResponderExcluir
  5. @Eddy,

    Deus abençoe seu projeto, amado.

    @Luciano,

    sim, perseverar é uma ótima maneira de se tornar relevante e influente!

    @Ceci,

    amém, amada.

    obg por seu feedback.

    abs,

    ResponderExcluir
  6. Excelentes dicas! Principalmente porque estou começando a engatinhar...rsrs Abraço fraternal

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo artigo sobre a relevância de um blog.
    Precisamos saber que muitas coisas na vida se inicia de modo simples, mas que com o tempo e a experiência vai ganhando forma, conteúdo e perfeição.A vida de oração e a dependência do E.Santo devem ser colocadas em primeiro lugar.Em seguida(neste contexto) devemos procurar o aprimoramento.Estas dicas são mais do que dicas; são orientações de ouro.Ao poucos temos nos aprimorado,sabendo que a Plena Revelação só o Senhor Deus a possui.A prória linguagem da informática é complicada:ULR,GADGET,BPS,BYTE,WAP,POP-UP,SCRIPT...É preciso decifrar tudo isso e muito mais.Quem desejar apoio e orientação na área de familia acesse:www.pastorfamilia.blogspot.com.Pode não ser tão bom assim,mas vale apena recomendar e contactar.Principalmente a casais, igrejas e familias em dificuldades.São mais de 10(Dez) anos nesta estrada neste sério ministério.

    Abraços aos irmãos em Cristo, e parabéns a equipe da Ube pelo artigo.

    Pastor Renilson Ornelas
    Pastoreando com seriedade e responsabilidade no modelo de Jesus Cristo.

    Fale comigo por E-Mail:
    contatoprornelas@bol.com.br
    ornelaspastor@gmail.com
    www.pastorfamilia.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pela informação foi muito útil. Estou ansiosa para o seu próximo artigo, parabéns.
    Swing Excelentes dicas! Principalmente porque estou começando a engatinhar...rsrs Abraço fraternal

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net