Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Pecado, pecadinho, pecadão

Posted by Eliseu Antonio Gomes on sexta-feira, fevereiro 07, 2014 with 15 comments

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte." - Ap 21.8.

Este versículo mostra uma série de pecados. Ou seja, não se fala em pecadinho ou pecadão. Mas é claro que nós humanos fazemos uma escala de pecado. Mas por que? Porque vemos o exterior como afirma em 1 Sm 16.7. Para Deus não há pecado grande ou pequeno, com exceção da blasfêmia contra o Espírito Santo que não há perdão (Mc 3.22-30). 

Quando crianças aprendemos uma musiquinha que diz pecado, pecadinho pecadão, isso não mora no meu coração.

Quer um simples exemplo de como temos essa escala de pecado?

Um irmão adultera, é logo excluído da igreja, mas o mentiroso continua lá, ceando. Há diferença pra Deus desses dois pecados? Não.

E a idolatria? Acha que idolatria é somente adorar uma imagem? Não adoramos uma imagem, mas adoramos um bem, um carro, dinheiro. Conhece o tipo de irmão que não dá carona pra não sujar o carro?

Voltando a "escala" de pecado, os "grandões" abominamos, mas os "pequeninos, ah o que tem né? Sabe aquele mentira que você conta sempre pro seu patrão? Pro seus pais? Aquela contra-mão que você pega, pra chegar rapidinho em casa? Aquele troco a mais que você fica? Aquela invejinha? 

Irmãos, pecado é pecado, e pra isso se tem um salário: "Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor" (Rm 6.23). 

Que Deus nos abençoe!

Reações:

15 comentários:

  1. Querida irmã, a Paz do Senhor Jesus.
    Permita-me discordar do seu comentário a respeito de pecadinho, pecado e pecadão. Em primeiro lugar é necessário levar em consideração que Deus, é justo. O Salmo 89:14 diz: "Juízo e justiça, são a base do teu trono; misericórdia e verdade irão adiante do teu rosto" . Se os juízes, como seres humanos, criaram gradação para os erros cometidos, para as transgressões da lei, não sendo iguais as penas para os diversos crimes, como Deus, sendo justo e sábio não nos trataria com equidade? Existe sim, na bíblia a gradação de pecados. Tem pecados que são tratados não para a morte, e pecados que são tratados, como pecados para a morte, e morte esta, tanto física como, espiritual(ICo 11:30). Veja João 19:11 "Respondeu Jesus: Nenhum poder terias contra mim, se de cima não te fosse dado; mas aquele que me entregou a ti maior pecado tem", se existe maior pecado, é porque existe menor pecado! "Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore. 1 João 5:16" Olhe o pecadão ai! Por exemplo o adultério e pecado para a morte! "Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte. 1 João 5:17" Olhe ai, há pecado que não é para a morte, por exemplo, olhe a mentira de Jacó e sua mãe em Gênesis, quando enganam Isaque? Olhe a mentira de Abraão, a respeito da sua esposa!. Existe sim, gradação de pecados. Estes são só alguns exemplos. Para os pecadinhos, os pés sujos da poeira do dia a dia, basta orarmos em secreto, pedir perdão ao nosso pai celestial e pronto. Para os pecados, como por exemplo contra os nossos irmãos, uma mentira, uma palavra agressiva, basta chegar nele, confessar a nossa falta para com ele, e lhe pedir perdão. "vai a teu irmão, deixa a tua oferta no altar, e lhe pede perdão, para que a tua oferta seja aceita" Para os pecadão, tipo, adultério, roubo, fornicação, crimes, etc....vai a igreja, sofre a disciplina, mostre sincero arrependimento para que a tua alma seja livre do inferno, depois pede perdão a igreja. Só assim serás livre da morte eterna(ICO 5:1-5).

    Saudações em Cristo

    www.deondeeoteureino.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa argumentação, tem lógica e raciocínio lógico,parabéns!

      Excluir
    2. Caro José Edis.

      Fico contente com sua participação neste espaço. É muito bom refletir sobre a Palavra de Deus, principalmente com quem tem conhecimento dela em profundidade.


      Percebo que neste assunto, você e a Vanderléia, autora do texto, têm razão no que dizem. Não há choque entre os dois, apenas um ângulo diferente sobre o assunto pecado.

      Ela aborda a questão de “errar o alvo” e qual é o juízo que a comunidade cristã faz disso.

      Na observação dela, lembro-me dos líderes judeus, eles coavam mosquito e engoliam camelos. A mentirinha social é pecado, e deve ser coada; o adultério é pecado e deve ser coado, também. Tanto a primeira quanto a segunda ação terão consequências iguais no final, se elas se transformaram em um estilo de vida, mas a inverdade cotidiana é bem recebida, inclusive como se fosse uma virtude. Neste momento do julgamento final, todos os pecados serão julgados e a sentença não levará em conta o tamanho deles É isso que a autora quis dizer no texto.

      Você apresenta a questão do tipo de “erro do alvo” e sua consequência, Sua ênfase é a dinâmica da salvação, quem peca e se arrepende é perdoado, mas quem faz do pecado um estilo de vida, é uma pessoa que despreza a justiça de Deus e será penalizado por ela no dia do julgamento final. E também lembra a questão da semeadura no processo do erro/pecado, a gravidade da ação e suas consequências. Corretíssimo!
      .
      Abraço.

      Excluir
    3. Querido Eliseu Antonio Gomes, as picuinhas as vezes levantadas em debate, tem um único objetivo, fazer que os demais participantes esmiucem a Palavra de Deus. Com isso, haja ganho espiritual e bíblico para todos. Grande Agraço.

      Excluir
  2. A paz do Senhor, Vanderleia!

    Excelente seu texto: simples, objetivo e muito pertinente!

    "Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e TODOS os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre. Esta é a segunda morte". (Ap 21.8)

    Todo tipo de mentira, todo tipo de mentiroso, mesmo aquele que acha que está mentido por uma "boa" causa, está pecando contra Deus e, portanto, se não se arrepender e deixar sua prática pecaminosa, não herdará o Reino de Deus!

    Um abraço.
    Simone Tavares.

    ResponderExcluir
  3. São aqueles que aparentemente causam mais estragos ou são mais vulgares e escandalosos.

    ResponderExcluir
  4. Concordo plenamente que á pecados para morte, não entrei nesse quesito, quis mostrar que há muito moralismo dentro das igrejas, mas com Deus não há essa diferença com a qual tratamos os pecados dos outros, porque quando é conosco, ah, ai a coisa muda.
    Davi pecou ao adulterar com Bateseba e depois provocou a morte de Urias, o marido da adúltera. E mesmo ao cometer esses dois “pecadões” foi considerado o homem segundo o coração de Deus. Por quê? Porque diante de um coração contrito, arrependido, não existe pecado grande ou pequeno. Todos são menores do que o amor e a misericórdia de Deus. Por outro lado, o pecador impenitente, não terá misericórdia nenhuma de Deus. Tanto faz, pecadinho ou pecado, se não houver arrependimento, irá para o inferno. Tiago escreveu que o pecado consumado gera a morte, que Deus não terá misericórdia daqueles que vivem sem ser uma pessoa misericordiosa com o próximo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida irmã Vanderleia, em primeiro lugar é uma prazer estar fazendo parte desta discussão sadia, que com certeza, trará crescimento espiritual para todos. É claro que a irmã não é obrigada a aceitar 100% das minhas argumentações, assim como também não, mas um ponto temos que concordar, as nossas argumentações tem que estar baseada na bíblia, e para que seja aceita de uma forma correta, temos que aplicar as técnicas de interpretações de textos.
      Voltando a sua argumentação, que a querida irmã cita o caso de Davi quando ele comete um adultério e um assassinato, as ordens dos fatos não são estes. Quando ele foi considerado um homem segundo o coração de Deus, ele nem sequer havia ainda sido ungido a primeira vez. Está citação esta em I Sm 13:14, ainda era um rapazinho. O adultério e o assassinato foi cometido, aproximadamente 40 anos depois. (http://deondeeoteureino.blogspot.com.br/2009/11/as-implicacoes-do-pecado-de-davi-com.html). Será que Deus foi surpreendido pelo pecado de Davi? Então Deus errou ao dizer que havia achado um homem segundo o Seu coração? Jamais, nunca Deus será surpreendido pelo homem? Se formos analisar a vida de Davi dentro dos padrões Neo-Testamentário, Davi não tinha qualificações nem para ser cooperador, que é o primeiro degrau da ascensão ministerial em muitos ministérios. Vejamos: Davi amaldiçoava os seus desafetos e desejava a morte dos mesmos. São 10 Salmos imprecatórios, que demonstra isto. (7,35,55,58,59,69,79, 137 e 139). Davi era polígamo(IISm 5:13-16), Davi era adultero e assassino(IISm.11) , Davi era vingativo(IIRs 2:5-6). Davi saqueava uma cidade e matava todos os seus habitantes, para não ficar testemunha(ISm 27:8-9). A pergunta é: Como e por que um homem com estas qualidades negativas (pecadões) foi escolhido por Deus como um homem segundo o seu coração? É claro que devemos considerar em primeiro lugar a misericórdia de Deus que triunfa sobre o juízo(Tiago 2:13), em segundo o contexto cultural da época – Elcana tinha duas mulheres, porque Jacó teve 2 mulheres e 2 combinas, Davi etc... - Deus não levou em consideração estes costumes que estavam arraigados, enraizados na cultura de Israel, foi mudando, tirando, estes costumes aos poucos. Já pensou se Deus levasse em consideração, ao pé da letra estes pecados? Estariam todos no inferno.

      Excluir
    2. Continação....Se observarmos a vida de reis de Israel que foram fieis a Deus, e que a bíblia dá testemunho deles, podemos ver um erro comum na vida deles, que não vemos na vida de Davi. Por exemplo: Salomão seguiu a outros deus, apesar de ter terminado a sua vida como servo de Deus (IRs 11:4-8); rei Asa a bíblia relata que Asa fez o que era reto petante o Senhor, como Davi, seu pai(IRs 15:11), porém no versículo 14, informa que os altos não foram tirados (?). Em IRs 22:43 informa que ele andou em todos os caminhos de seu pai Asa, não se desviou deles; e fez o que era reto perante o Senhor, no versículo 44 informa: “Todavia os altos não se tiraram; neles o povo ainda sacrificava e queimava incenso”(?). Em IIRs 10 esta relatado de uma forma pormenorizada a fidelidade de Jeú as ordens divinas, mas no versículo 29 está dito: “Porém, não se apartou Jeú de seguir os pecados de Jeroboão,” IIRs 12:2, nos mostra a vida do rei Joás. “Fez Joás o que era reto perante o Senhor todos os dias em que o sacerdote Joiada o dirigia, no versículo 3 a máxima: “Tão-somente os altos não se tiraram; e o povo ainda sacrificava e queimava incenso nos altos(?). No capitulo 14 de IIRs fala sobre o reinado de Amazias, e nos relato no versículo 3 está dito que era reto perante o Senhor, ainda que não somo seu pai Davi; fez, porém, segundo tudo o que fizera Joás seu pai, no versículo 4 de novo a máxima: “Tão-somente os altos não se tiraram; o povo ainda sacrificava incenso nos altos”. No capitulo 15:3 fala sobre crente Azarias: “Ele fez o que era reto perante o Senhor, segundo tudo o que fizera Amazias, seu pai”. No versículo 4 de novo o refrão: “Tão-somente os altos não se tiraram; o povo ainda sacrificava e queimava incenso nos altos”. E assim vai o crente Jotão IIRs 15:34-35. Quando você examina minuciosamente a vida do rei Davi, apesar dos seus desvios de conduta, em lugar nenhum está, sequer, insinuado que ele adorou, ou permitiu que o povo adorasse outros deuses. Você vê a adoração dele somente a Deus, você vê os salmos que ele compôs adorando e enaltecendo o único Deus. Mesmo quando estava enfrentando os momentos mais difíceis de sua vida, sendo perseguido por Saul, escondido em cavernas, ainda assim, ele compôs Salmos enaltecendo e glorificando o nome de Deus. Tenho para mim, que a única razão, e a maior razão que ele foi considerado segundo o coração de Deus, e porque ele não direcionava a sua adoração a ninguém que não fosse o Deus de Israel. Isto posto, podemos entender que eu, você e quem tiver o coração disposto para adorar somente a Deus, será segundo o coração de Deus.

      Excluir
    3. continuação...As vezes eu, digo, eu, procuro passar uma imagem de super-crente. Mas sei os pequenos deslizes que eu cometo no meu dia a dia. Eu fui chamado por Jesus Cristo, não para nunca mais pecar, mas, para não viver pecando. Quando cometo no meu dia a dia pequenos deslizes, que são pecadinhos, tenho liberdade, para pedir perdão a Deus em nome de Jesus Cristo, pois sei que o sangue de Jesus me purifica de todo o pecado. Quando eu, cometo algum deslize contra um irmão meu, devido o calor do momento, ou circunstancias emocionais, vou até o meu irmão e em nome de Jesus, peço perdão a ele, e mesmo contra o meu próximo, mesmo que ele não seja salvo, minha obrigação e mostrar a ele que somos diferentes, vou até ele e peço perdão. Devo proceder assim, porque sei que cometi pecado. Se por acaso, eu cair na mesma desgraça de Davi, cometer um adultério, ou um homicídio (Pecadão), neste caso eu tenho que chegar na autoridade eclesiástica da minha igreja, mesmo que Deus já tenha me perdoado, como foi o caso de Davi, quando o profeta Nata foi falar com ele(IISm 12:13), confessar a minha transgressão, passar pelo período de humilhação determinado por Deus, preciso de muito Jejum e muita oração, preciso sim, de muita contrição, não para que os homens vejam, mas um coração contrito e arrependido o Senhor não rejeita. - olhe a seqüência da vida de Davi do capitulo 13 ao 22 de II Samuel – para que, de novo, Deus venha, segundo a suas muitas misericórdias me exaltar, ou não. Mas o meu perdão está garantido, porque o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo o pecadinho, pecado ou pecadão.

      Com amor em Cristo.

      www.deondeeoteureino.blogspot.com

      Excluir
  5. Bom dia, queridos irmãos e comentáristas deste excelente blog.

    Só uma pergunta? Será que Davi foi segundo o coração de Deus, só porque se arrependeu? Quantos a bíblia relata que cometeram pecados, se arrependeram, mas nem por isto foram segundo o coração de Deus?

    Será que não estamos querendo ser mais justos do que Deus? colocando todo o tipo de falta ou falha, que é pecado, como erro capital e mandando para o inferno? Será que isto não é moralismo demais.?

    Apresentemos nossas argumentações.

    Com amor em Cristo

    www.deondeeoteureino.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Qual o tamanho de pecado que nos exclui da salvação?. É o pecadão?. Entendemos que ao classificarmos pecados, estamos dizendo que a salvação é por obras boas praticadas, mas é isso que a Bíblia ensina? Claro que não! (Efésios 2. 8) "Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie". Duas são as condições:"Graça e Fé" e ele diz isto não vem de vós. A salvação não é por obras, mas sim pela escolha de Deus, as quais foram de ANTEMÃO preparadas por Deus para que andássemos nela.Veja o(V. 10) Somos feitura dele criados em Cristo Jesus para as boas OBRAS. As nossas boas obras não são para ganharmos salvação, mas sim porque somos NOVAS CRIATURAS, e portanto como feitura de Deus, devemos ser santos assim como Ele O é.(I Pedro 1. 16). Se somos ESCOLHIDOS, ELEITOS por Deus para a salvação, a segurança não está em nós, mas em Deus, e por isso que escrito está: "Bem-aventurado o homem a quem o Senhor JAMAIS IMPUTARÁ PECADO(Romanos 4. 8)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido irmão Eneas Lara, não estamos falando de salvação, pois qualquer tipo de pecado, ou seja, pecadinho, pecado, ou pecadão a biblia nos ensina que aquele que confessa e deixa, alcança misericordia,(Com excesão da blasfemia contra o Espirito Santo, este não tem perdão, nem nesta vida e nem na outra, se cometido por quem tem conhecimento pleno, pois Deus não leva em conta os tempos da ignorancia) Veja a vida de Manasses, que nós queiramos ou não, encontraremos ele no céu, e veja a quantidade de pecadão que ele cometeu. O que estamos querendo deixar claro, é que para pecadinho, é um tipo de colheita, para pecado, e outro tipo e para pecadão, com certeza a colheita não será boa. Pois aquilo que o homem semear, isto ele ceifará. A salvação só estara comprometida se não confesarmos os nossos pecados, conforme comentado em minha argumentação ( diga-se de passagem, um tanto longa a irmã Vanderlei, que será publicada em breve).

      Excluir
    2. Eneas.

      Amado, não dizemos que somos salvos por causa da prática de boas obras, mas praticamos as boas obras porque já estamos salvos.

      “A fé sem obras é morta” - Tiago 2.26.

      "Porque, como pela desobediência de um só homem [Adão], muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um [Jesus Cristo] muitos serão feitos justos. Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça; para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor" - Romanos 5.19-21.

      Abraço.

      Excluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net