Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Uma lição no lugar dos figos verdes

Posted by Wilma Rejane on segunda-feira, setembro 15, 2014 with 1 comment
O Reino dos céus é como um rei que preparou um banquete Mt 22:2



Wilma Rejane

Betânia era uma pequena cidade, a duas milhas de distância de Jerusalém, o nome é uma referência a “lugar de figos verdes”. Jesus e os discípulos frequentavam Betânia, haviam se tornado amigos da família de Marta, Maria e Lázaro. Nessa residência eles geralmente se reuniam para refeições e ensino da Palavra. É curioso, mas os três irmãos pareciam ser órfãos, pois em nenhum momento se ouve falar de seus pais, nem mesmo quando da morte e ressurreição de Lázaro. Uma pequena família liderada pela irmã mais velha chamada Marta, seu nome reflete bem sua condição: “Marta = dona de casa”.

Do encontro de Jesus com esses irmãos aprendemos lições magníficas, e aqui trato especificamente do episódio que ficou conhecido como “Jesus na casa de Marta e Maria”. São cinco versos do Evangelho de Lucas 10: 38-42: 

  • Caminhando Jesus e os seus discípulos, chegaram a um povoado onde certa mulher chamada 
  • Marta o recebeu em sua casa. Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo a sua palavra.
  • Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude!"
  • Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas;
  • Todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada".



No diálogo com Jesus, há referência explícita sobre “ ansiedade, preocupação e ocupação”. Essas coisas estão presentes em Marta que se movimenta de um lado para outro da casa, na intenção de proporcionar uma ceia de qualidade aos anfitriões. Já Maria reflete o caráter de alguém disposto a aprender, a crescer espiritualmente, a companhia de Jesus é o maior atrativo para ela.


Maria demonstra de inicio, maior discernimento e prontidão sobre as coisas do Reino de Deus e Marta é bem eficiente e hábil com as questões domésticas. Olhando para as duas irmãs e seus modos de comportarem-se diante de Jesus, aprendemos sobre relacionamentos com Deus e com os homens.

Tenho lido e relido diariamente essa passagem, com o objetivo de não me deixar “tragar” pelas muitas ocupações diárias, pela ansiedade e perturbação que tão de perto nos ronda em um mundo que exige cada vez mais rapidez e diversidade de talentos. Algumas pessoas já acordam com a mente repleta de pensamentos sobre o dia que inicia e no raiar do sol, já se faz um  diagnóstico de cansaço e  murmurações. Assim como Marta, na melhor das intenções.


Porém, é com Maria que está a chave para a paz e a confiança diária. Jesus diz: “Marta, Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas, todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu essa boa parte”. Ou seja: o melhor dos banquetes ofertado a Jesus, não se compararia ao Banquete que Ele tinha a oferecer para elas, as irmãs. O melhor vinho, a melhor carne de carneiro, as mais finas especiarias sobre à mesa, eram meros coadjuvantes, o melhor da festa era Jesus, e Maria estava desfrutando disso.

Poderíamos perguntar: "se Marta não cuida da refeição, seria desleixo. Quem iria servir?" Jesus não repreende o trabalho de Marta em detrimento da acomodação de Maria, mas elogia Maria chamando a atenção de Marta para que esta não negligencie a comunhão com Deus.

A atenção de Maria para com Jesus pode ainda simbolizar: reservar tempo para nossos relacionamentos familiares e sociais. Ouvir as pessoas, sentar com elas, dedicar tempo para família, amigos. É que às vezes, as coisas parecem ocupar o lugar das pessoas, sendo que estas últimas são infinitamente mais valiosas e carentes de afeto e atenção. Claro, coisas por mais caras que sejam não ocupam de fato, lugar de pessoas essa é uma ilusão, porém real em nossos dias.


Já fui como Marta até aprender com Jesus que precisava parar, rever valores, agir como Maria. Ela sentou aos pés de Jesus para ouvi-Lo em um tempo que apenas homens faziam isso. Os discípulos podiam ser vistos frequentemente aos pés de seus mestres, enquanto que as mulheres, ficavam de pé, ao longe. Maria fez diferente e melhor, ela anelou a companhia de Jesus e debruçou todo seu ser em atenção as palavras do Mestre, aos Seus pés. Essa é “melhor parte” que nos tranquiliza diante da correria do mundo.

Você está ansioso, preocupado, submerso em muitos afazeres? Pare um pouco, reserve um tempo para ficar a sós com Jesus. Converse, escute. Leia a Palavra de Deus e entregue para Ele todo o fardo. Um verso de Mateus nos diz: “Não andeis preocupados, cuidadosos com muitas coisas...” Mt 6:25. A tradução para “andeis cuidadosos” é “merimnao” de “merizo”, que quer dizer “dividir em partes” (Dicionário Strong 3309) . Marta estava dividida, preocupada, ansiosa. Maria não.

O exemplo de servir, estava em Maria e não em Marta, irônico, não? Logo Marta que não parava de   trabalhar? O problema não era o trabalho, mas a atitude. Sua mente, seu espírito estavam atribulados porque lhe faltava a comunhão. Maria, a mais nova, também era prendada na cozinha e certamente uma boa auxiliar doméstica, mas priorizava o relacionamento com Jesus. Priorizar Jesus. Não conheço nada mais balsâmico, eficaz e tranquilizador do que aprender com Jesus e obedecer a Ele.


“Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos. Seja a vossa moderação conhecida de todos os homens. Perto está o Senhor. Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. ” Filipenses 4:4-7

Amados irmãos, essa reflexão também é para mim, pois necessito priorizar o relacionamento com Jesus e não murmurar, estressar  e desesperar pelas muitas ocupações diárias e relacionamentos sociais. Acumular preocupações e ansiedades não resolvem a vida, só atrapalham. Na casa de Marta, Maria e Lázaro, Jesus nos ensina. E quando houve algo grave na casa dos irmãos (a morte de Lázaro por exemplo), Jesus foi ao encontro da família e socorreu-os. Ele não foi no mesmo instante que ficou sabendo da morte do amigo, porque eles precisavam aprender ainda outras coisas sobre fé e amor. Mas Ele foi.

Marta convidou Jesus para ir até sua casa, a família amava a Jesus e Ele também os amou. E mesmo quando acharam que o Amigo estava distante, Ele estava próximo e atento. Que nosso vida seja como essa lição da “casa dos figos verdes” que alimenta aos anfitriões, mas prioriza o ser alimentado por Deus.
Amém.
Reações:

Um comentário:

  1. Cara Wilma que belo texto, parabéns! Quantas vezes ouvimos sobre Marta e Maria, mas você nos renova com doçura essa palavra e realmente o quanto estamos longe da simplicidade de Maria em sentar-se com Jesus, a correria da vida tem nos tragado, obrigada pela palavra, era para mim.

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net