Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

EBD LÇ. 3 E DEUS OS CRIOU, HOMEM E MULHER.

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on segunda-feira, outubro 12, 2015 with No comments
EBD – SUBSÍDIO - LIÇÃO PARA O DIA 18/10/2015.
PONTOS A ESTUDAR:
I –  COMO O HOMEM FOI CRIADO.
II – A CRIAÇÃO DA MULHER.
III – A INSTITUIÇÃO DO CASAMENTO.

                           "E SERÃO AMBOS UMA SÓ CARNE".



I – COMO O HOMEM FOI CRIADO.

1.1       A matéria prima do homem.

Quando imaginamos o elo que liga o homem à terra, sabemos que dela o homem foi “construído” e quando lemos a sentença dada pela desobediência, “... até que tornes à terra; porque dela fostes tomado...”

Costumo olhar para isso como o processo de reversão da natureza humana.

Essa reversão só não ocorrerá no arrebatamento da igreja, quando os vivos serão transformados  ICo 15:50-52.

Nesse contexto, não cabem ideias “evolucionistas”.

O pecado transtornou a beleza física do ser humano e o maior combate de cada um é permanecer com a beleza da juventude.

Se o processo por evolução fosse verdadeiro, não haveria gente feia no mundo.

1.2 O sopro divino.

O sopro de Deus deu vida ao homem, não custa lembrar que Jesus soprou sobre a igreja para dar-lhe vida e poder Jo. 20:22.

O corpo é do homem e essa é a relação entre o arbítrio e a vida. O Homem faz do corpo o que quer (infelizmente), mas, a alma imortal não se altera e um dia voltará para Deus que dará o destino que as escrituras já informa.


1.3       Adão, um ser imortal.
A declaração do autor sobre a imortalidade de Adão é vista por nós dentro da perspectiva bíblica da sentença, Gn.2:17. Esse era o princípio. Deus sabia das consequências do pecado no homem, disto sabemos e sabemos ainda que Deus já havia planejado a redenção por conhecer essa possibilidade.
Apoc. 13:8 IPd. 1:19-20.


1.4       A missão do homem.

A diferença entre o trabalho no jardim e fora dele eram as dificuldades decorrentes dessa segunda fase da vida do homem, fora do jardim. A terra produziria cardos e espinhos e a referência de suor no rosto, aponta para as dificuldades encontradas, do tratamento da terra, passando pela semeadura e a colheita, lembrando que a terra passou a experimentar a variação climática. Gn. 8:22.



II -  A CRIAÇÃO DA MULHER.


2.1 A solidão do homem.

Não é bom que o homem esteja só.

Pode parecer simples demais.

Da constatação à construção e Deus mudou a situação do homem.

Somente Deus, a Ele, glória.

2.2 A criação da mulher.


Dois seres que se encaixam e se completam, diametralmente opostos física e espiritualmente; um dá a semente e a outra, recebe, acomoda e gera outro ser.

O autor cita pontos como,  anestesia, cirurgia e genética para lembrar que o ato da criação da mulher fora feito como se o Senhor estivesse em uma sala de cirurgia.

Adão primeiro, deitado, recebeu o sono anestésico de Deus para tirar dele, uma costela cerrando a carne em seu lugar.  Gn 2:21.

Da costela tirada, Deus compôs a mulher dando vida à frase usada por Adão até os nossos dias: “Esta é agora, osso dos meus ossos e carne da minha carne”.

Cada parte do corpo do homem e da mulher foi criada com um fim específico e objetivo. Muitas mulheres tem se deixado usar por métodos impróprios nas relações intimas com seus parceiros e também, a ilícita relação intima de  homem com homens  e mulher com mulheres.

Há muitos homens nas igrejas, acima de qualquer suspeita por serem portadores de bíblias, que subjugam suas mulheres forçando-as à prática sexual ilícita; são doentes.

Em muitas repartições onde se lê: “porta de saída” ninguém em bom juízo, usaria para entrar.

2.3 A principal característica moral da mulher.

O autor cita Pv. 31 para avalizar a idoneidade da mulher e sempre ouço essa leitura em algumas reuniões, quando se pretende homenagear a mulher.

Deus criou o homem e a mulher para que ambos vivam  em harmonia e acho isso possível quando leio a declaração de amor de Elcana para Ana, sua mulher em ISm. 1:5 e 8.

III – A INSTITUIÇÃO DO CASAMENTO.

3.1 Monogâmico.

Nem precisamos de muita discussão para saber que a mulher foi feita para um único homem e o homem para uma única mulher, daí o grande valor da expressão: “serão ambos uma só carne”.

Todo casamento sob a poligamia que conhecemos na Bíblia foram casamentos conflitantes.

O autor cita Lameque em Gn. 4:19, podemos citar Abraão, Sara e Agar gerando um conflito que tem se eternizado no oriente médio.

3.2 Heterossexual.


O autor fala da heterossexualidade como sendo o ideal de Deus e a razão pela qual, criou a mulher.

Não se pode dar status de casamento a qualquer outra relação que não seja homem x mulher.

A lei tem protegido a chamada relação homo afetiva e se a questão fosse simplesmente a convivência sob o mesmo teto de pessoas que se admiram e se querem bem, não teria problemas e logicamente a lei é justa nesse sentido, querendo dar proteção a duas pessoas que acumulam riquezas juntas, não se importando com a questão do gênero.

O mal maior é a questão da relação sexual ilícita e o status de “casamento” com tentativa de desconstrução da família tradicional e bíblica bem como a luta incessante para o reconhecimento e perceptível tentativa de manipular jovens e adolescentes para seguirem o desenfreado caminho.


3.3  A indissolubilidade.


Estamos diante de uma verdadeira guerra, pois, o divórcio tem alcançado alguns púlpitos.

Conhecemos o que se convencionou chamar de “lei de exceção” para o divórcio: Morte, abandono, traição conjugal.

Mas, lidamos com a violência doméstica, uso permanente de drogas, e envolvimento com crimes que dificultam a manutenção da relação conjugal. Os noticiários estão aí para mostrar quantos crimes acontecem quando a mulher insiste na relação.

Não é uma tarefa fácil sabendo que há “cristãos” que não aceita o rompimento sob essas circunstâncias.

Mais uma vez cito João 4:17-18 e depois, a palavra meiga de Jesus mesmo diante da realidade que ele conhecia está no verso 10.

O QUE PENSO A RESPEITO.
Com temor, tremor e respeito por aqueles que foram infelicitados na condução da vida conjugal, pois, os problemas tenderão a crescer.

Sendo crentes: IJo. 2:11 “O que aborrece ao seu irmão está em trevas”; somos irmãos independente da relação conjugal.

Impressiona-me o texto final de Mateus 19:10-12 quando Jesus encerra a discussão sobre o divórcio. Ler com muita calma.

Sinto-me constrangido quando vejo na rede social, foto de casais conhecidos, trocados e que não escondem essa nova situação, inclusive, troca de casais que conviveram na mesma igreja na juventude, mostrando que o amor e admiração que existira no passado, permaneceram latentes durante todo o tempo.







Reações:

0 Comentários:

Postar um comentário

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net