Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

CHORO: FEMINILIZAÇÃO DO HOMEM?

Posted by Izaldil Tavares de Castro on quarta-feira, agosto 10, 2016 with No comments
www.ubeblogs.net

A chamada ideologia de gênero tem causado rebuliço nas concepções de masculino/feminino. De um lado, estão os que mantêm a concepção dos “sexos” e suas funções já estabelecidas na sociedade. De outro lado, estão os que passaram a adotar outra concepção: a de gênero, dissociada da característica natural de homem e mulher. Todavia, não esse ponto que está em pauta nestas linhas. O que me conduz à reflexão é um texto em que um reconhecido pastor de igreja evangélica reformada, expõe sua compreensão relativamente à demonstração emotiva observada nos atletas nos Jogos Olímpicos.

Em sua dita reflexão, aquele pastor afirma que está decepcionado com a enorme demonstração de choro entre os atletas masculinos e atribui esse fato provavelmente a um processo de feminilização por que passa o gênero masculino. Não há dúvida de que o respeitável líder evangélico, ultimamente, tem revelado pontos de vista teológicos altamente discutíveis, mas guarda para si todo o estoque da certeza e da razão, o que é muito ruim. Além disso, aquele nobre obreiro evangélico tem avançado em seara a que não está afeito, como nesse caso, cujo assunto cabe à Psicologia. Assim, sua decepção beira a criticável posição machista de que “homem não chora”.

Os cientistas dedicados aos estudos tanto da Medicina, como da Biologia e também da Psicologia explicam o que é o choro e quais as suas funções. Claro que não cabe aqui compulsar os manuais científicos para aprofundar o assunto. Basta-nos saber que o choro resulta da expulsão de lágrimas, um fenômeno biológico (de homens e de mulheres).

A Psicologia tem dedicado estudos que expliquem as causas do choro. O Dr. Oren Hasson, da Universidade de Tel Aviv, diz que o choro é um comportamento (logo, uma forma de agir) estratégico que (em muitos casos) busca atrair a simpatia de outrem para um estado emotivo, ou para reduzir a possível opressão do adversário. O choro aponta para o “jogar a toalha”.

Apenas o ser humano tem no choro um comportamento psicológico.

Um problema sério cujo mal deve ser mencionado aqui é o que chamo de “síndrome do sabichão”. É certo que ninguém domina a maior parte do conhecimento, mas existe um preconceito contra o não-saber. Por isso, brota a tal síndrome. Repare que, mesmo alheio a um assunto tratado em uma roda, a tendência do leigo é tomar uma postura que disfarce a sua natural ignorância: eis a síndrome. Esse mal faz o cérebro inventar “explicações” falsas sobre determinado assunto ou tema. Todavia, o portador da “síndrome do sabichão” acredita em suas conclusões.

Ora, voltando à questão do choro, é sabido que um indivíduo pode entrar em situação de choro por muitos motivos; ente esses, a alegria de uma conquista. Quando se fala em conquista, prevê-se uma anterioridade de luta, de preparo intenso, de busca incessante; assim atividades que conduzem ao estresse físico e emocional. Nesse caso, o choro pode funcionar como a descarga da tensão acumulada durante o período de preparação para um embate.

Sabido quão intenso é o esforço despendido por atletas, a fim de se prepararem para uma competição; sabida é qual a ansiedade gerada no coração de uma mãe que aguarda a hora do parto, da jovem que vê aproximar-se o dia do casamento, a proximidade das provas que levam à conclusão de um curso, entre outras mil situações estressantes.

Associar o choro dos atletas, ou algo semelhante, a um processo de emasculação, ou feminilização do homem não passa da exposição da “síndrome do sabichão”. Esta afirmação não deve ser levada a título de ofensa a quem quer que seja: todos nós somos atingidos por essa síndrome, como forma de evitarmos a sensação do ridículo. Entretanto, valer-se dela para justificar verbalmente o que se desconhece, a priori, é atitude bastante desagradável e, não raro, ofensiva.

Os atletas nos Jogos Olímpicos, o estudante vitorioso nas provas, a jovem ante o casamento, a mãe ante o parto, choram, aliviando-se da carga emotiva que antecedeu o evento.

 O choro também traduz o sentimento de perda, de frustração, todavia, essas situações vão-se classificar como aquelas já mencionadas como a busca do apoio, da compreensão ou da compaixão de outrem.
Reações:

0 Comentários:

Postar um comentário

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net