Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

A IGREJA DE CRISTO - EBD LÇ. 08 20/08/2017

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on segunda-feira, agosto 14, 2017 with No comments
EBD LÇ. 08  20/08/2017 “A  IGREJA DE CRISTO”.

O que escrevo com base nos textos da lição, representa o meu pensamento e o que posso extrair para o ensino na Escola Bíblica Dominical,  lembrando que os alunos não são estudantes de Teologia, mas precisam usufruir de um bom e seguro ensinamento.  Eles funcionam como polinizadores;  sim, eles dão fruto para o Reino de Deus.

Aos Irmãos coordenadores de EBD:  Não torne a lição, um caderno inútil, fazendo valer os seus argumentos, um estudo à parte desta ferramenta. Recebo muitas reclamações de irmãos frustrados por conta disso. Há quem crie argumentos, tão à parte, que neutraliza até o tema proposto para estudo.

PONTOS:
I – A COMUNIDADE DOS FIEIS.
II – ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA.
III –  O CORPO DE CRISTO.


 A igreja proporciona a todos sem distinção, o verdadeiro exercício da diaconia.



I – A COMUNIDADE DOS FIEIS.

1.1 Etimologia.

Em todos os cantos onde se procura definir igreja, a raiz grega é citada; “Ekklesia” com o significado de “chamado para fora”. Particularmente e por conta da complexidade da língua grega, que não domino, e a tradução, prefiro ficar com “ajuntamento”. Certamente se os apóstolos estivessem escrevendo hoje e conhecendo o nosso vernáculo, dariam esta última definição:

Igreja ou Ekklesia é o “ajuntamento” de pessoas em torno do nome de Jesus,  portanto  o que se reúne fora do nome de Jesus, não é igreja.

O autor informa que o nome “ekklesia” ocorre 115 vezes no Novo Testamento em apenas 5 não é traduzido como igreja e em outras 2 ocorrências refere-se a congregação de Israel.

1.2 A assembleia dos cidadãos.

A *Septuaginta emprega o mesmo termo ekklesia (grego) para traduzir do hebraico a palavra “gahal” que significa assembleia ou multidão humana reunida,  diz o autor.

Além dos sentidos acima aplicados ainda segundo o autor, o termo verte para definir o que é “família de Deus” e cita Ef. 2:19

“Assim que já não sois estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos Santos e da família de Deus”.

Desta forma, temos mais uma definição para “igreja” que é “família de Deus”.


*Septuaginta é o nome da versão da Bíblia hebraica traduzida em etapas para o grego koiné, entre o século III a.C. e o século I a.C., em Alexandria. Dentre outras tantas, é a mais antiga tradução da bíblia hebraica para o grego. Fonte: Wikipédia.


1.3 O significado da expressão “Santa Igreja Católica’.

O autor dispõe a origem do nome acima mostrando a composição literal formada de duas palavras gregas “katá + holos = Katholikós” entre os vários significados temos “universal, geral”.

Algumas notas sobre esse título:

1 – Por ter sido empregado por Inácio, bispo de Antioquia (70-110) percebe-se que não foi criação da ICAR (Igreja Católica Apostólica Romana).

2 – “Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana” é o nome da Igreja de Roma como a conhecemos até os nossos dias, surgida no decurso do IV Século, mas que na verdade arroga para si, autoridade dos dias apostólicos.

3 – O maior desvio  herege do cristianismo se deu com a liberdade de culto aos cristãos sob o domínio do Império Romano no ano 313 pelas ordens do Imperador Constantino que anexou o cristianismo ao Estado e reinou absoluta até a reforma religiosa empregada por Lutero seguido dos demais reformadores.

II – ELEMENTOS QUE IDENTIFICAM UMA IGREJA.

2.1 Afinal, o que é a igreja?

É importante considerar a definição dada pelo autor e com certeza, aproveitaremos para escrever uma linha de pensamento sobre o que não é igreja, mas que chamamos igreja sem ferir os ensinos bíblicos.

Para o autor: “Igreja é toda congregação ou assembleia que se reúne em torno de Jesus Cristo como Senhor e Salvador...”.

2.1.A – Discussão semântica em torno da palavra “igreja”.

Com certeza toda vez que a Bíblia cita: “A igreja que está em sua casa ou em uma cidade...” incluindo-se aí; as igrejas da Ásia cuja palavra “igreja” é sempre seguida do nome da cidade, refere-se, não ao lugar de culto, mas ao grupo.

Não sei precisar, a partir de quando, resolveram chamar o prédio onde se realiza culto, de “igreja”.

Igreja - Dicionário Online de Português

www.dicio.com.br/igrejaEm cache
Significado de Igreja no Dicionário Online de Português. O que é igreja: s.f. “O templo que acolhe os cristãos; local ou edifício onde os cristãos se reúnem ...”.

Não vejo e nunca vi que tal consideração ferisse qualquer princípio doutrinário. Entendo sim, que o problema ou a bronca vista com frequência nas redes sociais, se dá por outras razões que não convém discutir no momento nem deixo isso como sugestão para discussão em classe.

Não compartilho com quem busca de maneira tresloucada desqualificar o local de culto a que chamamos de igreja.

Com relação as placas; sempre foram bem vindas, pois se com elas, está difícil achar um bom local de culto, imaginem, “sem”.


2.2  As ordenanças.

Lendo o texto do autor, parece não  ter espaço para qualquer outra ordenança além do batismo e da ceia do Senhor?  De fato, não há! O que vem depois está intrinsecamente ligado a administração eclesiástica e a disponibilidade das bênçãos decorrentes do próprio Evangelho para nossas vidas. Nada mais nos falta!

2.2.A – Discussão semântica sobre a “Ceia do Senhor”.

Há muita questão nas redes sociais com relação ao uso do nome: “Santa Ceia”. De fato há! Pura questão conceitual! Sendo oportuno ensinar que aprendam sempre a chamar de “Ceia do Senhor”; memorial!

Irmão! Hoje tem “Santa Ceia”. Tem sim!  Ninguém saiu ferido nem houve qualquer declaração herética em torno do nome e muito menos, idolatria aos elementos da ceia.

Salvo melhor juízo  nos quadros pintados, que retratam o momento íntimo entre Jesus e os discípulos, seus autores deram o nome de “Santa Ceia”.

A “Ceia” se reveste sim de algo, “santo”, “separado para o serviço cristão” considerando ainda que não é uma “festa ágape”, daí as recomendações de Paulo na carta aos Coríntios (11:23 e sgts): “O que come e bebe indignamente...”.

2.3 A adoração.

Recomendo a leitura do texto da lição e faço algumas considerações por aqueles que não acompanham a lição nas Escolas Bíblicas Dominicais.

Alguns dizem (desprezando o local de culto coletivo)  que podemos ser crentes em casa e aí, adorar a Deus. Concordo plenamente, devemos ser crentes em casa, no trabalho e na faculdade e fica a minha pergunta: Por que não ser crente na igreja?

Quando Jesus estabeleceu a sua igreja como lugar comum de culto, (ficai em Jerusalém...) foi com propósitos sublimes e insubstituíveis:

1 – Adoração coletiva – festa ágape espiritual.
2 – Dar e receber amor, carinho, afeto e o mais importante, “serviço cristão”; lavar os pés uns dos outros, no sentido amar e suportar.
3 – Os que têm necessidades,  procuram a igreja e não nas casas.
4 – Algo que considero muito importante é o teste, se amamos de verdade, o preto, o pobre, o sem pátria e se somos pacientes uns com os outros para cumprir a lei de Cristo.
5 – Sem esgotar a relação, “levar as cargas uns dos outros”.  (Gl. 1:2); isto não acontece, se o crente fica confinado dentro de casa.
2.4 A família de Deus.

Esse tópico é muito interessante e recomendo sua leitura em classe até pela riqueza de citações de textos.

O autor está certo quando ensina que não se pode confundir igreja com “templo”.

Sempre que damos informação: “vou á igreja...” não estamos pensando no prédio, mas no grupo que ali se congrega.

Falando em família de Deus é oportuno lembrar que muitos pessoas “se machucam” literalmente nas relações de convivência com igrejas por esperar e exigir demais, esquecendo-se que ali dentro ou no meio , existem pessoas e nem todas são conveniente capazes de corresponder a uma boa relação de amizade e irmandade bíblica.

Vivo igreja há mais de 50 anos e sei bem o que significa, mas amo cada vez que me reúno com os irmãos. Eles são minha família, família de Deus.


III – O CORPO DE CRISTO.

3.1 O corpo e seus membros.

O autor mostra que o conceito de “unidade do corpo” é maior e nada tem a ver com a “diversidade do corpo” o que certamente aponta para os valores individuais.

A unidade é mostrada na Bíblia como sendo a construção a partir da inseparável cabeça que é “Cristo” não chamemos de “o cabeça” e sim, “a cabeça”.

Vale dizer que nesse sentido, a Bíblia não trata a igreja como “ekklesia”  e aqui também reside a sabedoria para entender que nem todos os que se abrigam dentro de um templo, fazem parte do corpo que é Cristo que é Santo.



3.2 A morada de Deus.
                                                                                             
Na antiga aliança, o tabernáculo e posteriormente, o templo representavam o lugar da habitação de Deus entre os homens.

No Novo testamento e pela constituição, a igreja, corpo espiritual representa o lugar da habitação de Deus no conjunto e os crentes em particular, ligados ao corpo, considerados; “templos do Espírito Santo”.

(ICo. 3:16,17) “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.”.



Fora de Cristo, não há corpo nem igreja nem morada de Deus.


3.3 Os membros do corpo.

Neste sentido, pode-se falar sobre a diversidade do corpo onde entra; as habilidades de cada um, os dons espirituais e até os dons ministeriais pela utilidade de cada um junto a comunidade ou “ekklesia”.

Logo na entrada do tópico, o autor fala sobre  a questão de ser “por um só Espírito ou “por um mesmo Espírito”?!

O que sempre achei importante desde a minha juventude na igreja e crescendo em conhecimento bíblico foi que o Espírito do Senhor sempre põe em nosso coração, o que for considerado dentro do mais absoluto sentido racional, mesmo diante de tantas traduções bíblicas.

 (ICo.12:13) “Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito..

Em um Espírito – Nele.
Por um só Espirito – Por ele.

Assim ficamos com ele, nele e por ele que opera em nós o querer e o efetuar.  (Fl.2:13).


Outro ponto importante. O  autor mostra o entendimento com o qual todos concordamos que esse “batismo” não se refere ao do dia de pentecostes que proporciona os dons aos crentes e sim, a inserção no corpo de que Cristo.
Reações:

0 Comentários:

Postar um comentário

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net