Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

A SALVAÇÃO E O ADVENTO DO MESSIAS

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on sexta-feira, outubro 13, 2017 with 2 comments
EBD LÇ. 03  15/10/2017 “A SALVAÇÃO E O ADVENTO DO MESSIAS”.

O que escrevo com base nos textos da lição, representa o meu pensamento e o que posso extrair para o ensino na Escola Bíblica Dominical,  lembrando que os alunos não são estudantes de Teologia, mas precisam usufruir de um bom e seguro ensinamento.  Eles funcionam como polinizadores;  sim, eles dão fruto para o Reino de Deus.

Aos Irmãos coordenadores de EBD:  Não torne a lição, um caderno inútil, fazendo valer os seus argumentos, um estudo à parte desta ferramenta. Recebo muitas reclamações de irmãos frustrados por conta disso. Há quem crie argumentos, tão à parte, que inutiliza até o tema proposto para estudo.

PONTOS:
I – O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DO SALVADOR.
II – A CONCEPÇÃO DO SALVADOR.
III –  O VERBO SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS.

                 Tudo nele decepcionava os que tinham gostos requintados. 

Tenho publicado os comentários com bastante atraso e peço que não haja qualquer recriminação. Apesar dos meus quase 71 anos, ainda trabalho secularmente para o sustento da família. Procuro dividir o tempo como posso e gasto de 12 a 14 horas com diversas ocupações.
   
I –  O ANÚNCIO DO NASCIMENTO DO SALVADOR.


1.1 No Antigo Testamento.

Não seria exagero dizer que o Antigo Testamento foi o berço do novo à semelhança da mãe que prepara o quarto do nascituro.(aquele que está para nascer)!

Fora isso, desde Gênesis, os evidentes sinais apontam para a vinda do remidor.

(Lv.25:25) “Quando teu irmão empobrecer e vender alguma parte da sua possessão, então virá o seu resgatador, seu parente, e resgatará o que vendeu seu irmão.”.
A situação do homem espiritualmente era de pobreza total. A riqueza confiada no Éden foi perdida no pecado e a figura do “resgatador”,  aponta diretamente para Cristo que pagou o preço da remissão.

Depois temos a segura palavra dos profetas que só não anunciaram o dia, a hora e o local, pois Deus enviaria mensageiros para anunciar o grande momento, chamado de “plenitude dos tempos” como também ocorrerá com o arrebatamento da igreja.
   
1.2 Anunciado pelos anjos.

NÃO NOS CABE ESPECULAR FORA DA BÍBLIA: Um anjo anunciou a Zacarias (Lc.1:11) o nascimento do seu filho quando sua mulher era estéril. Não se sabe a razão de Isabel ter escondido a gravidez até o quinto mês; acanhamento pela velhice ou aguardar os acontecimentos para torna-lo público?  A situação real do casal nos remete a Sara (90 anos)  e Abraão (100) (Gn.17:17) Somente o Deus do impossível pode realizar tais milagres.

Lucas 1:16 parece não deixar  dúvidas que no sexto mês da gravidez de Isabel, o anjo foi anunciar a Maria que ela teria um filho e para nos ajudar, lembremo-nos que quando Maria visitou Isabel, a presença de Maria fez o bebê de Isabel, mexer-se no ventre dela. A diferença de idade entre Jesus e seu primo João era de aproximadamente três meses e João, o mais velho.


1.3 Desfrutado pela humanidade.

Segundo o autor, a visita dos pastores e dos sábios simboliza toda a raça humana a procura de Deus, afinal de contas, a salvação veio para todos os homens.

Aqueles que esperavam a redenção de Israel sentiam que estava para acontecer algo mediante sinais próprios do tempo deles, veja o caso Simeão e de Ana que com 84 anos, não saia do templo.

(Lc. 2:25“Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele..

(Lc. 2:36-37) “E estava ali a profetisa Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Esta era já avançada em idade, e tinha vivido com o marido sete anos, desde a sua virgindade; e era viúva, de quase oitenta e quatro anos, e não se afastava do templo, servindo a Deus em jejuns e orações, de noite e de dia.”.
  
 A vinda do Senhor ao  mundo aconteceu no momento em que o céu mantinha silêncio total sobre a terra. Deus já não se manifestava como antes pelos profetas como se tudo o que fora dito até Malaquias já teria sido o suficiente para converter uma nação.

Isaias começou o vaticínio sobre a morte do Senhor dizendo: “Quem deu crédito a nossa pregação? E a quem se estendeu o braço do Senhor? (Is.53:1).


II – A CONCEPÇÃO DO SALVADOR.
  
2.1 Um plano concebido desde a fundação do mundo.

Todo assunto relativo aos seres humanos, são relativamente previsíveis desde o nascimento até a morte. Do cemitério pra frente, é com Deus.

Todo assunto relativo a Deus, principalmente aos planos eternos traçados antes da fundação do mundo envolve-se em profundo mistério que só nos permite fazer deduções.

Temos a rebelião do anjo cujo nome é traduzido por “portador de luz” e tantas outras definições fortes. Onde habitava, em que tempo  e como traçou um plano tão maquiavélico e ainda envolver miríades de anjos?  Não procuremos respostas na Bíblia, mas chegará o tempo em que saberemos disso de maneira plena ou talvez nunca chegaremos a saber até porque, essas inquietações desaparecerão após o arrebatamento.

O que sabemos é que Deus sentiu as nossas misérias e nos deu o seu único filho para nos resgatar; a nós e a milhares para preencher o vazio deixado pelos anjos que pecaram.


2.2 O nascimento do Salvador.
                                               
Este tópico é maravilhoso, simples e irretocável. O meu comentário é para quem não possui a lição.

A escolha da família, do local de nascimento e as condições com que fora recebido, representa o que não conseguimos ser, depois de dois mil anos; simples como a pomba. 

Ao contrário do Senhor, gostamos de badalação, de reconhecimento e muitos de nós não conseguimos amar como Jesus amou.

Filipenses 2 é uma bela descrição de quanto Jesus se despojou, ele mesmo, para nos alcançar. Toda sua vida foi de intimidade com os pobres com os carentes.

2.3 Um roteiro divino de vida.

Muitos e notadamente pregadores modernos buscam descrever a vida do Senhor não descrita na bíblia. O que podemos pressupor é que Jesus foi um filho como tantos outros, delicado no trato com a família e responsável nas suas ocupações possivelmente na mesma atividade do pai, até o momento em que entrou no cenário para tratar as nossas feridas.

O primeiro gesto que pareceu grosseria, mas foi o rompimento com a história familiar para a história dos povos se deu em Caná, quando disse para sua mãe: “Mulher, que tenho eu contigo...”.

(Jo.2:4) “Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora..


III – O VERBO SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS.


3.1 A encarnação do verbo

O filho se tornou carne. Um acurado exame com os modernos aparelhos disponíveis nos melhores hospitais de hoje, veriam seus órgãos tão humanos quanto os nossos. Não fez uso da sua natureza humana principalmente no tocante a ter mulher pelo fato de saber o motivo que o trouxe ao nosso mundo e não podemos nos esquecer, que Deus não lhe deu espírito por medida; nele habitava corporalmente toda a plenitude da divindade.

(Jo.3:34) “Porque aquele que Deus enviou fala as palavras de Deus; pois não lhe dá Deus o Espírito por medida.”.
                                                                     
Nele havia pureza em tudo; emoção a flor da pele para chorar a morte do amigo Lazaro e resolver ressuscita-lo para mostrar o poder e autoridade sobre a morte.

Fome, sede, temor e suor tudo sentiu diante da pressão do momento.

3.2 A humilhação do servo.

Penso não ter havido entre os homens quem mais tenha sido humilhado como o Senhor.

Rejeitado pelos seus e colocado sob dúvidas pelos próprios irmãos carnais que não criam nele (Jo.7:5).

Isaias declarou que a Deus agradou moê-lo fazendo-o enfermar (Is.53:10) e não tenhamos este “agradou” como satisfação pessoal de Deus em relação Sabendo o que haveria de sofrer, entregou sua vida conscientemente.

Ele desceu todos os degraus enquanto os homens procuram os melhores lugares no topo da escada para serem vistos e aplaudidos pelos homens, na contra mão dos ensinos bíblicos. ao filho, mas a demonstração de que sabia o que fariam com o filho.
                    
O ponto alto é que ele se entregou a si mesmo por preço de redenção. (ITm.2:6).

3.3 O exemplo a ser seguido.

Uma coisa é certa; se os nossos predecessores se ocupassem de maneira firme e criteriosa para ensinar o amor de Cristo e amar como Cristo, com certeza os resultados seriam bem melhores.

Todavia temos a Bíblia para nos ensinar. Lendo e esforçando-se para praticar os seus maravilhosos ensinos, considerando que ela é a nossa bússola para a eternidade.

Seguir o exemplo de Cristo não abre espaço  para paixões terrenas de quem pretenda viver sempre sob os holofotes dentro das igrejas, por cargos, melhores lugares nos púlpitos e os nomes sempre em evidência.  

A melhor obra não foi feita por nós, mas por ele.
Reações:

2 comentários:

  1. Muito edificante essas mensagens agradeco a Deus por ter levantado homens que outrora eram cegos espiritualmente mais Deus na sua bondade e misericordia. Abriu os olhos para comtenplar as suas maravilhas. E enssinar as verdades contidas nas sua palavra que e a blblia sagrada Que Deus abcoe a todos voces que sao portadores da verdade e ensinam a palavra como ela e. Vai meu agradcimento

    ResponderExcluir
  2. Que Deus em tua infinita misericórdia , abençoe a todos e o mesmo que possam continuar sempre em Cristo Jesus!!!!

    ResponderExcluir

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE 2017 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net