Visite o Pesquisa Gospel

+-

(A+) (A-)

domingo, 3 de dezembro de 2017

ADOTADOS POR DEUS

Posted by Pr. Genivaldo Tavares de Melo on domingo, dezembro 03, 2017 with No comments

EBD LÇ. 11  10/12/2017 “ADOTADOS POR DEUS”.


O que escrevo com base nos textos da lição, representa o meu pensamento e o que posso extrair para o ensino na Escola Bíblica Dominical,  lembrando que os alunos não são estudantes de Teologia, mas precisam usufruir de um bom e seguro ensinamento.  Eles funcionam como polinizadores;  sim, eles dão fruto para o Reino de Deus.

Aos Irmãos coordenadores de EBD:  Não torne a lição, um caderno inútil, fazendo valer os seus argumentos, um estudo à parte desta ferramenta. Recebo muitas reclamações de irmãos frustrados por conta disso. Há quem crie argumentos, tão à parte, que inutiliza até o tema proposto para estudo.

PONTOS:
I – O CONCEITO BÍBLICO DE ADOÇÃO.
II – A ADOÇÃO NO TEMPO PRESENTE.
III – A ADOÇÃO PLENA NO FUTURO.

Reconhecemos que a salvação é inclusiva sem desprezar o compromisso de obediência a palava do Senhor bem como o desprezo ao mundanismo sob as mais variadas formas.



  
I – O CONCEITO BÍBLICO DE ADOÇÃO.

1.1 Conceito bíblico e teológico.

Cultiva-se a crença de que todos os homens são filhos de Deus. Isto é verdade?  Sabemos que não.

Deus fez o homem a sua imagem e semelhança tornando-se Deus o criador e nós as criaturas. Se no Éden prevalecesse a ideia de filhos, a desvinculação ocorreu por conta do pecado considerando que a santidade inata na criatura foi perdida na desobediência.

Os sentimentos que envolveram os homens como; ódio, inveja e desejo de vingança entre outros, não condizem com um verdadeiro filho de Deus a exemplo de Jesus que em tudo foi tentado, mas sem pecado.

A fé em Jesus e no seu sacrifício resgatou a condição de filhos de Deus.

(IJo.3:1) “Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele.”.


1.2 Benefícios da adoção.

Como vivo a 52 anos desfrutando da convivência cristã, posso dizer sem que estar no meio da família de Deus é o melhor que pode acontecer, ressalvando aqui os evitáveis conflitos de interesses, pois lidamos reservas com pessoas e nem todos são verdadeiramente convertidos. Tem até pastor que não é plenamente convertido.


(Sl. 68:6) “Deus faz que o solitário viva em família; liberta aqueles que estão presos em grilhões; mas os rebeldes habitam em terra seca.”.


1.3 Herdeiros d promessa.

Bastariam dois ou três  versículos para mostrar o que ganhamos, crendo em Cristo e aceitando viver o desprezo do mundo pelo que representamos:

(Tt.3:7) “Para que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida eterna”.
(Ap. 21:7) Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.”.

(IJo. 3:2) “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos.”.


II – A ADOÇÃO NO TEMPO PRESENTE.

2.1 Parecidos com o Pai.

Trazemos a semelhança do espiritual pela obediência à sua Palavra. A fidelidade nos impregna da imagem de Deus que se reflete em nossa vida, tornando-nos agradáveis a muitos.

Se no Éden perdemos essa imagem, em Cristo ela foi plenamente restaurada e ainda nem fomos chamados à sua plena glória.


2.2 Ser amados pelo Pai.

Novamente nos deparamos com um pensamento que determinados grupos não aceitam: 

Diz o autor: “O processo de adoção pelo qual passamos ao aceitar  a obra de salvação de Cristo é a prova do grande amor de Deus por nós, seus filhos”. (grifo meu).

Dizem eles que nós fomos aceitos, pois estávamos mortos, porém esquecem que não estávamos aniquilados nem incapazes de pensar, aceitando ou rejeitando qualquer proposta do Evangelho, basta examinar a escritura para perceber isto.

A parábola do semeador. Mt. 13:3.
As bodas do filho do Rei. Mt. 22:2.


2.3 Os direitos e os deveres na adoção.

Direitos e deveres é a linguagem mais comum no meio jurídico e por extensão a todos os cidadãos e ninguém pode alegar ignorância diante da lei.

O autor cita na questão dos direitos, tudo o que recebemos de Deus pelo Evangelho, como o  direito de entrar a esta graça, de desfrutar de todas as benesses decorrentes da fé cristã onde se inclui o Batismos com o Espírito Santo e os dons espirituais inerentes. Tudo isto é inquestionável.

No campo dos deveres, o autor fala dos compromissos e responsabilidades cristãs para que o nome do Senhor não seja blasfemado.

Onde entram os deveres para com a igreja local, a dedicação aos momentos de oração, as contribuições financeiras, a participação nos cultos e etc.?

Muitos deveres cristãos, são relegados a segundo plano e entra a lei das conveniências; tem que ser bom para “mim”.

Há muito por fazer e é bom lembrar do galardão e do salário que vem com o Senhor.


III – A ADOÇÃO PLENA NO FUTURO.


3.1 Filhos eternos.

A eternidade não é um sofisma, nem um sonho. Muito esforço os inimigos da cruz de Cristo tem feito para desqualificar o evangelho. Vejo vídeos estonteantes onde pessoas se apropriam de textos isolados da Bíblia para tentar mostrar que o Evangelho é uma fraude.

JESUS VEM BREVE!

O que Deus em preparado para os seus filhos é algo inimaginável à mente humana.

(IICor. 5:1-5) “Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus. e por isso também gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação, que é do céu; se, todavia, estando vestidos, não formos achados nus. Porque também nós, os que estamos neste tabernáculo, gememos carregados; não porque queremos ser despidos, mas revestidos, para que o mortal seja absorvido pela vida. Ora, quem para isto mesmo nos preparou foi Deus, o qual nos deu também o penhor do Espírito.”.


3.2 Esperando a adoção completa.

Tivemos exemplo da veracidade dos fatos pela:
Ressurreição de Lázaro.
Ressurreição do filho da viúva de Naim.
Ressurreição dos santos na morte do Senhor.
A própria ressurreição do Senhor e a próxima, será de todos os que dormiram em Cristo pela morte física, na esperança eterna; assim seremos ressuscitados literalmente para conhecermos o brilho total da glória do Senhor e com ele, a nossa.


3.3 A casa do Pai.

Disse Jesus que na casa do Pai há muitas moradas e Deus não em filhos prediletos. A sua vontade é que todos se arrependam e que venham ao conhecimento da verdade.

(Fl.3:18-21) “Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas, mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas.”.

Não há dúvidas em nossos corações. Por isso devemos ter um viver honesto enquanto estivermos nesta casa.




Reações:

0 Comentários:

Postar um comentário

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios - Salmos 90.12.

▬▬▬▬▬▬▬

Seu comentário é muito importante para nós da UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Portanto, comente com responsabilidade.

Atenção: Não serão aceitos comentários:

1) Ofensivos
2) Anônimos
3) Em CAIXA ALTA.

Administração UBE Blogs

Postagens populares nos últimos 7 dias

Postagens mais acessadas

Conexão de amizades

Google+ Followers

Categorias

abaixo-assinado Aborto ação coletiva Aconselhamento Pastoral Acordo Ortográfico Adoração Africa alerta Altair Germano ANAJURE ansiedade Antonio Flávio Pierucci Apologética Arminismo e Calvinimo Arrecadação de Impostos artte assuntos atuais Ateísmo atitudes audio-books barbárie Belverede Bíblia Bíblia de Estudo Bibliotecas virtuais biografia Blog do Momento Blogagem Coletiva blogagem profética Blogger Blogosfera Cristã blogueiros Boicote Brasil Cadastro Campanhas Caramuru Afonso Francisco Carla Ribas Carlos Eduardo B. Calvani Carlos Nejar Carlos Roberto Silva Carnaval cartunista cristão casamento cenas da vida CGADB charge Charles Péguy cidadania Cinema Cintia Kaneshigue clamor Como criar e editar um blog? comportamento Comunicados Concurso no blog Concursos conectados em oração Consciência Cristã conscientização Contribuição conversão copa 2014 corporativismo corrupção cosmovisão cristã CPAD CPAD News Creative Commons crianças crianças desaparecidas crime criminalidade Cristofobia Culto de Missões debate Denúncias dependência de Deus Desafiando Limites Desaparecidos Desarmamento Desastres Naturais Descriminalização da maconha Deus. devocional Dia da Bíblia dia da mulher Dia das Mães Dia de Missões Dia dos Namorados Dia dos Pais Dicas dinheiro direitos humanos discurso Divulgação Domingo da Igreja Perseguida dons espirituais Dr. Luis Pianowski Drogas DVD e-book EBD Ecologia e Natureza Editorial educação Eleições Eleições 2014 Eliseu Antonio Gomes ENBLOGUE Enquete ensino Entrevistas Escatologia Escola Dominical Escrita Esdras Costa Bentho Esperança Esportes estatísticas Estudos Etica Etica no Blogar Evangelho Evangelismo Evento exegese bíblica Facebook Família família Cristã Felipe M Nascimento Fidelidade e Infidelidade conjugal filhos filme Filosofia fim do mundo formação de opinião frases e citações Frida Vingren futebol Game Geisa Iwamoto Genivaldo Tavares de Melo George Soros Geremias do Couto Geziel Gomes gif Google Friend Connect Google Plus (G+) governo Graça Guerra Cultural Gutierres Siqueira Haiti Hinários História Holocausto homilética HQ Humor idosos igreja Igreja Perseguida Imagens Cristãs inspiração Integridade Moral e Espiritual Intelectualidade Interatividade intercessão internet Internet Evangélica intolerância Islamofobia Izaldil Tavares de Castro J.T.Parreira Jairo de Oliveira Japão jejum Jesus: O Homem Perfeito Jesus. João Cruzué jogos eletrônicos Johann Sebastian Bach José Wellington Bezerra da Costa Judeus judiciário Júlio Severo Jurgen Moltmann justiça juventude Kelem Gaspar legislação LGBTS liberdade de expressão liberdade de imprensa lição de vida Lições Bíblicas Adulto Lições Bíblicas Jovens liderança literatura livro digital Livros Louvor Lucas Santos Luis Ribeiro Luiz Sayão maconha Magno Malta manifestações copa manisfestação Mantenedores UBE Blogs Manual da UBE Marco Feliciano maridos Marina Silva Mark Carpenter Marl Virkler Marta Suplicy Martinho Lutero mártires Maya Felix Meios de comunicação mensagem mentira Missão Missão Integral missiologia missões morte Motivação mulheres música namoro Natal Nazismo Nietzsche Notícias objetivos opinião oração orientação Orkut ortodoxia Pablo Massolar papel de parede parábola páscoa passatempos pastores Paul Tripp Paul Washer pecado pecaminosidade pena de morte perdão Perseguição política Perseguição religiosa Pinterest PL 122/2006 Plágio planejamento planejar PNDH - 3 poder de Deus Poesia polêmicas Política Pornografia portas abertas Português pregação e pregadores Primavera de Sara profecia profecias maias profeta Promoção Protestantes protesto Rankings Recursos Redes Sociais Reflexão Reforma Protestante remissão Repúdio ressurreição Retrospectiva Revista Cristã REVISTA FORBES Robin Willians Ronaldo Côrrea Sammis Reachers Saúde Pública SBB Selos Senado Federal SENAMI Sentido da vida Sidnei Moura Silas Daniel Silas Malafaia sociologia Sorteios STF suborno super-crente Teatro Tecnologias Televisão Templates teologia Teologia Brasileira teologia da prosperidade testemunho Tim Keller trabalho escravo tradução Tráfico Humano tráfico sexual tragédias tribulações triunfalismo tutoriais Twitter UBE UBE 2007 UBE 2008 UBE 2009 UBE 2010 UBE 2011 UBE 2012 UBE 2013 UBE 2014 UBE 2015 UBE 2016 UBE 2017 UBE NA MÍDIA UBEbooks UOL utilidade pública Uziel Santana vaidade Valmir Nascimento Milomen viagem missionária vício Victor Leonardo Vida Cristã vida eterna vida real vídeo Viktor Frankl VINACC Vinicius Pimentel voto voto evangélico Wagner Santos Wallace Sousa wallpaper Wellykem Marinho Wesleianismo Wilma Rejane Wordpress Yosef Nadarkhani Zip Net